Whatsapp

Tamisação, ventilação e imantação

Química

PUBLICIDADE

  A tamisação, a ventilação e a imantação são processos de separação muito importantes para o nosso cotidiano. Os métodos de separação são utilizados para separar dois ou mais componentes de uma mistura, que pode ser heterogênea ou homogênea. Esses métodos são empregados tanto em indústrias e laboratórios quanto no nosso cotidiano, quando se trata de misturas mais simples.

A escolha do método passa por uma análise dos componentes da mistura, que vai desde o seu tipo até a natureza das substâncias envolvidas. Entre esses processos de separação, existem os processos de separação mecânica, que não envolvem transformações químicas e nem transformações de estado físicos, que é o caso dos processos abordados a seguir.

Leia também: Tipos de Misturas

Tamisação

Os tamises são bastante utilizados em laboratórios e indústrias farmacêuticas para separação de misturas de materiais particulados.
Os tamises são bastante utilizados em laboratórios e indústrias farmacêuticas para separação de misturas de materiais particulados.

A tamisação ou peneiração é um método bastante comum no nosso cotidiano. Esse processo é utilizado para separar dois sólidos que possuem tamanhos diferentes, por meio de uma peneira. Os sólidos menores passam pela peneira e os maiores ficam retidos na malha dela. O nome desse processo é derivado de tamises, que são peneiras muito finas utilizadas em laboratório e indústrias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Tamisação na indústria farmacêutica

Na indústria farmacêutica, a tamisação tem uma importante aplicação, uma vez que é necessária uma separação de porções mais precisa dos componentes de uma mistura granulada. Para esse fim, existem vários tipos de tamises, que são divididos pelo tamanho dos espaços das malhas e cada um possui um emprego diferente.

Esses espaços vazios variam de 2,8 mm (muito grosso) até 0,15 mm (muito fino). Geralmente, os mais grossos são utilizados para granulados efervescentes, e os mais finos são utilizados para medicamentos encapsulados e comprimidos.

Leia também: Conheça o processo de sedimentação fracionada

Ventilação

A ventilação é um processo que separa os sólidos por meio de arraste de uma corrente de ar. Para isso, é necessário que os dois tenham diferença de densidade, para que o menos denso seja deslocado pelo jato de ar.

Esse processo é utilizado, geralmente, em atividades agrícolas, para separar as folhas e as cascas dos grãos, durante a colheita de café, arroz, cereais, entre outros. É importante que se conheça a mistura para que se aplique uma corrente de ar com intensidade adequada para cada tipo de separação que se queira fazer.

Acesse também: Conheça mais o processo de destilação simples

Imantação

A imantação ou separação magnética é o método usado para separar dois sólidos. Um deles precisa sofrer atração de um ímã, ou seja, um dos dois componentes da mistura deve ser um material magnético.

A imantação é feita aproximando-se um ímã da mistura em questão e atraindo o material magnético, separando-o do outro componente. A imagem a seguir pode representar o processo de separação magnética entre a areia e raspas de ferro:

O componente magnético da mistura, no caso o ferro, é atraído pelo ímã.
O componente magnético da mistura, no caso o ferro, é atraído pelo ímã.

Com a aproximação de um ímã, o ferro é atraíd,o e a areia permanece no recipiente. Esse método é aplicado também em escalas maiores, em indústrias de alimentos e em cooperativas de reciclagem.

  • Processos de imantação

Durante o processo de separação de misturas por imantação, pode-se utilizar ímãs ou ainda eletroímãs, que são utilizados na reciclagem e em ferros-velhos.

- Por contato: o material desmagnetizado ao entrar em contato com um ímã, por um determinado tempo, passa a se comportar momentaneamente com um ímã.

- Por atrito: quando o material a ser magnetizado é atritado a um ímã, sofre a ação do campo magnético se tornando um ímã momentâneo.

- Por corrente elétrica: se um material a ser magnetizado for enrolado por um fio condutor ligado a uma fonte de energia, a corrente elétrica criará um campo magnético que tornará o material um ímã. Esse processo é bastante utilizado para criar eletroímãs muito fortes usados em ferros-velhos.

 

Por Victor Ricardo
Professor de Química  

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FERREIRA, Victor Ricardo. "Tamisação, ventilação e imantação"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/tamisacao-ventilacao-imantacao.htm. Acesso em 01 de março de 2021.

Artigos Relacionados
Conheça a catação, a flotação e a levigação, métodos de separação de misturas heterogêneas que estão muito presentes em seu cotidiano.
Clique aqui e saiba em que tipos de misturas podemos utilizar os métodos: dissolução fracionada, filtração e decantação.
Clique aqui e aprenda em que tipos de misturas usamos a separação magnética, a destilação simples e a evaporação, e os equipamentos utilizados em cada processo.
Separação de misturas homogêneas, destilação fracionada, destilação simples, condensador, balão de destilação, indústrias petroquímicas, derivados do petróleo, alambique.
Métodos especiais para separar misturas heterogêneas, sifonação, centrifugação, flotação, levigação, plasma sanguíneo, decantação, sedimentação, sifonagem.
A filtração é um método de separação de misturas heterogêneas. Veja como ela é feita e qual é a diferença entre a filtração comum e a vácuo.
Veja como é realizada a separação de misturas com funil de bromo, processo feito em misturas heterogêneas de líquidos imiscíveis.
Clique e conheça os princípios do método de separação de misturas heterogêneas denominado de sedimentação fracionada ou flotação.