Topo
pesquisar

Óleo diesel

Química

Óleo diesel é um combustível fóssil obtido a partir da destilação do petróleo. Apresenta uma grande quantidade de enxofre e é bastante utilizado para o transporte de cargas.
PUBLICIDADE

Óleo diesel é um combustível de aspecto oleoso (como o nome sugere) obtido a partir da destilação fracionada (refino) do petróleo. Sua composição é considerada complexa porque possui substâncias como hidrocarbonetos (em maior quantidade) e compostos orgânicos com nitrogênio, oxigênio e enxofre.

De todos os produtos derivados do petróleo (como a gasolina, óleo lubrificante e querosene), o óleo diesel é mais abundante, ou seja, é a fração em maior quantidade no petróleo.

1. Características do óleo diesel

  • Aspecto límpido;
  • Toxicidade considerada média;
  • Não apresenta material em suspensão (resíduos sólidos);
  • Possui cheiro forte e característico;
  • É um líquido pouco volátil;
  • É inflamável.
Diesel
Visualização do aspecto límpido do óleo diesel

2. Utilizações do óleo diesel

O óleo diesel, de forma geral, tem grandes aplicações nos setores rodoviário (quando utilizado em carros, ônibus, furgões e caminhões) e industrial (quando utilizado em geradores elétricos ou para manter o aquecimento em caldeiras). Vale ressaltar que pequenas embarcações também fazem uso desse combustível.

No Brasil, a utilização do óleo diesel está bastante direcionada para o transporte de cargas, principalmente nos motores de caminhões, pois grande parte da distribuição de produtos pelo país é feita por rodovias.

Escoando a produção
O óleo diesel é muito utilizado no transporte de cargas

3. Forma de obtenção do óleo diesel

Por ser um derivado direto do petróleo, a obtenção do óleo diesel ocorre pelo método de separação de misturas homogêneas denominado destilação fracionada (utilizado quando a mistura apresenta mais de um líquido, como o caso do petróleo).

A destilação fracionada, ou refino do petróleo, baseia-se na diferença do ponto de ebulição entre os componentes da mistura. No caso do óleo diesel, sua separação ocorre quando a temperatura atinge valores entre 220ºC e 380ºC. Os outros componentes do petróleo são separados em outras faixas de ebulição.

Torre de destilação
Esquema das temperaturas de ebulição de alguns componentes do petróleo

4. Tipos de óleo diesel

No Brasil, a Agência Nacional de Petróleo (ANP), a partir da resolução no65, de 2011, determinou que dois tipos de óleo diesel podem ser comercializados para o uso em veículos. São eles:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Diesel tipo A: proveniente de processos de refino de petróleo sem a adição de biodiesel;
Diesel tipo B: é o diesel tipo A que recebe a adição de biodiesel;

A mesma resolução da ANP de 2011 ainda classifica esses combustíveis, de acordo com os níveis de enxofre que eles apresentam, em:

  • S10: diesel que apresenta 10 mg de enxofre por kg de óleo;
  • S50: diesel que apresenta 50 mg de enxofre por kg de óleo;
  • S500: diesel que apresenta 500 mg de enxofre por kg de óleo;
  • S1800: diesel que apresenta 1800 mg de enxofre por kg de óleo.


A partir de 2014, apenas o S10 e o S50 estão sendo comercializados, pois é necessário promover a redução dos níveis de gases de enxofre no ar.

5. Malefícios da utilização do óleo diesel

a) Presença de enxofre

No óleo diesel, há a presença de enxofre, o qual, durante a combustão, forma os gases tóxicos dióxido de enxofre e trióxido de enxofre. Esses gases são eliminados na atmosfera e contribuem para o aumento da poluição do ar e para a formação da chuva ácida.

Se o gás trióxido de enxofre formado reagir com a água no veículo, ocorrerá a formação de ácido sulfúrico, o que causará a corrosão de peças metálicas, principalmente no motor.

b) Não é renovável

Como o óleo diesel é um derivado direto do petróleo, sua fonte é finita, já que as reservas de petróleo estão diminuindo cada vez mais.

6. Alternativas para a não utilização do óleo diesel

a) Produção do biodiesel

Biodiesel é similar ao óleo diesel, mas de origem animal ou vegetal, por meio da reação de esterificação de óleos ou gorduras com alguns catalizadores.

Além de ser biodegradável, o biodiesel não apresenta teor de enxofre algum, possuindo queima livre da produção de dióxido e trióxido de enxofre.

b) Energia solar

O Brasil apresenta grande incidência de radiação solar. Logo, possui um grande potencial de geração desse tipo de energia.

Além disso, se os próprios veículos produzissem sua energia solar, haveria uma diminuição pela demanda dos combustíveis fósseis, como o óleo diesel.

Aspecto físico de um dos combustíveis mais utilizados no Brasil: o óleo diesel
Aspecto físico de um dos combustíveis mais utilizados no Brasil: o óleo diesel

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Óleo diesel"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/oleo-diesel.htm. Acesso em 14 de dezembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola