Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é aminoácido?

O que é Química?

O que é aminoácido? Essa unidade estrutural apresenta um grupo amino e um grupo carboxila, fundamentais na formação das proteínas.
Alimentos que apresentam proteínas em sua constituição, que é a forma como são encontrados os aminoácidos
Alimentos que apresentam proteínas em sua constituição, que é a forma como são encontrados os aminoácidos
PUBLICIDADE

Aminoácidos são substâncias orgânicas que apresentam em sua constituição dois grupos funcionais diferentes: uma carboxila (referente aos ácidos carboxílicos) e um amino (referente à amina).

Grupos funcionais carboxila e amino
Grupos funcionais carboxila e amino

Na estrutura de um aminoácido, o grupo amino e a carboxila não estão ligados diretamente. Na realidade, eles estão ligados de forma indireta, pois o grupo amino está sempre ligado ao carbono de número 2 da cadeia.

Fórmula estrutural geral de um aminoácido
Fórmula estrutural geral de um aminoácido

De uma forma geral, um aminoácido é referido como α-aminoácido. O termo alfa indica que o grupo amino, em qualquer aminoácido, está ligado no carbono 2, a partir da carboxila.

A união de dois ou mais α-aminoácidos leva à formação das proteínas, macromoléculas que apresentam diversas funções importantes para um organismo. Entre as funções das proteínas, podemos citar:

  • Estrutural: construção de tecidos no organismo, como o muscular;

  • Enzimática: formação de enzimas que atuam em reações químicas;

  • Defesa: na formação de anticorpos;

  • Transporte: transporte de triglicerídeos e colesterol, por exemplo;

  • Hormonal: produção de hormônios.

Tipos de aminoácidos

Existem 20 α-aminoácido comuns: alanina, arginina, aspartato, asparagina, cisteína, fenilalanina, glicina, glutamato, glutamina, histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, prolina, serina, tirosina, treonina, triptofano e valina.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fórmulas estruturais dos aminoácidos essenciais
Fórmulas estruturais dos aminoácidos essenciais

No entanto, desses aminoácidos, o organismo humano não consegue sintetizar (produzir) nove deles: histidina, lisina, leucina, metionina, isoleucina, fenilalanina, treonina, triptofano e valina. Por essa razão, eles são chamados de aminoácidos essenciais e devem ser são obtidos obrigatoriamente na alimentação. Já os outros 11 são produzidos pelo próprio organismo e são chamados de aminoácidos não essenciais.

Fórmulas estruturais dos aminoácidos não essenciais
Fórmulas estruturais dos aminoácidos não essenciais

Nos alimentos, os aminoácidos estão presentes na forma de proteínas. Quando consumidas, nosso organismo quebra as moléculas das proteínas na digestão, favorecendo, assim, a utilização dos aminoácidos de forma específica.

Fontes de aminoácidos

Confira a seguir uma lista de alimentos que apresentam em sua constituição proteínas, ou seja, sequências de aminoácidos:

  • Carne bovina;

  • Carne suína;

  • Aves;

  • Peixes;

  • Ovos;

  • Arroz;

  • Trigo;

  • Milho;

  • Lentilha;

  • Castanhas (amêndoas, amendoim, do Brasil, de caju, etc.);

  • Leite e seus derivados (iogurte, queijos, etc).

Importância dos aminoácidos

Especificamente, os aminoácidos essenciais são importantes para o nosso organismo porque participam da:

  • Produção de células vermelhas do sangue;

  • Produção de anticorpos;

  • Produção de hormônios importantes, como a serotonina;

  • Regeneração celular (da pele, por exemplo);

  • Promoção da sensação de saciedade no cérebro após a alimentação.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que é aminoácido?"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-e-aminoacido.htm>. Acesso em 20 de maio de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola