Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Hércules

Hércules foi um herói da mitologia grega que ficou conhecido por sua grande força física e por ter realizado inúmeras missões consideradas impossíveis.

Estátua de Hércules
Hércules é um herói grego conhecido por ser dotado de uma grande força física.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Hércules (nome romano) ou Herácles (nome grego) é um herói presente na mitologia grega que ganhou notoriedade por possuir uma grande força. Ele realizou uma série de trabalhos considerados impossíveis, com destaque para as 12 missões que ele recebeu de um rei chamado Euristeu.

Hércules era filho de Zeus com uma mortal chamada Alcmena e foi perseguido ao longo de sua vida por Hera, esposa de seu pai. Hera levou Hércules à loucura em duas ocasiões, atrasou o seu parto e o tentou assassiná-lo quando ainda era um bebê. Depois da morte do herói, Zeus o imortalizou e permitiu que ele vivesse no Olimpo.

Confira no nosso podcast: 5 coisas que você precisa saber sobre os deuses gregos

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Hércules

  • Hércules ou Herácles foi um herói da mitologia grega conhecido por sua grande força.

  • Era filho de Zeus e de Alcmena.

  • Sua primeira esposa e seus filhos foram assassinados por ele mesmo ao ter um acesso de loucura causado por Hera.

  • Hera foi sua grande inimiga.

  • Morreu incendiado em uma pira, mas foi imortalizado por Zeus.

Quem é Hércules

Hércules, também conhecido como Herácles, foi um herói da mitologia grega que ficou famoso por ser dotado de força sobre-humana. Há inúmeros relatos que contam seus feitos, e os mais famosos foram os 12 trabalhos, missões de grande dificuldade que foram executadas por ele.

Os historiadores acreditam que seu mito tenha surgido em povos de caçadores do período Neolítico, permanecendo no imaginário dos habitantes da Grécia. Hércules é tradicionalmente conhecido como um herói ou semideus, mas seu mito, como veremos, narra a sua ascensão ao Olimpo, o que sugere sua transformação em um deus.

Hércules era filho de Zeus e de Alcmena. O herói ainda teve um pai adotivo, chamado Anfitrião, marido de sua mãe. Ela engravidou de uma relação que teve com Zeus, depois que ele se disfarçou de Anfitrião para enganá-la.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

No mesmo dia, Anfitrião apareceu e também manteve relações com Alcmena, e ela, ao mesmo tempo, foi fecundada por Zeus e de seu marido. Assim foram gerados Zeus (filho de Zeus) e Íficles (filho de Anfitrião). A força sobre-humana de Hércules, portanto, seria um traço herdado de seu pai.

Esse caso extraconjugal de Zeus desagradou a Hera, sua esposa, que procurou vingar-se de Alcmena e de Hércules. Assim, Hera atrasou o nascimento de Zeus e de seu irmão. Depois ela enviou duas serpentes para o berço do herói para matá-lo. Hércules, apesar dos seus poucos dias de vida, matou as cobras esganando-as.

Os 12 trabalhos de Hércules

Ilustração de Zeus lutando contra a hidra de Lerna
Zeus lutando contra a hidra de Lerna, um dos 12 trabalhos que ele realizou para Euristeu.

Depois de adulto, Hércules casou-se com Mégara, filha de Creonte, o rei de Tebas. A união entre os dois foi feliz, e juntos tiveram cinco filhos, no entanto, ela se encerrou de maneira trágica. Hera continuou perseguindo Hércules e, em determinado momento, lançou sobre ele um feitiço que o levou à loucura.

Momentaneamente Hércules foi tomado por uma fúria que o fez assassinar a própria esposa e os cinco filhos. Após isso, ele sentiu um enorme remorso e então foi até um oráculo em Delfos pedir um conselho para Apolo sobre o que ele deveria fazer. O conselho que ele recebeu foi procurar Euristeu, rei de Micenas, Tirinto e Argos, e oferecer a ele seus serviços.

Mais uma vez, Hera interferiu na situação e manipulou Euristeu para que ele solicitasse somente tarefas impossíveis para Hércules. Ao todo, o rei demandou 12 trabalhos, que foram os seguintes:

  1. matar o leão de Nemeia;

  2. matar a hidra de Lerna;

  3. capturar a corça de Cerineia;

  4. capturar o javali de Erimanto;

  5. limpar os estábulos de Aúgias;

  6. matar as aves do lago Estínfalo;

  7. matar o touro de Creta;

  8. capturar os cavalos de Diomedes;

  9. roubar o cinturão de Hipólita, a rainha das Amazonas;

  10. capturar o gado de Gerião;

  11. capturar os pomos de ouro do Jardim das Hespérides;

  12. capturar o cão de Hades, Cérbero.

A realização dos 12 trabalhos foi uma grande demonstração da força e coragem de Hércules.

Leia mais: Afrodite — foi uma importante deusa grega que surgiu pela influência do culto fenício a Astarte

Outros feitos de Hércules

Depois dos 12 trabalhos, Hércules teve novas jornadas e ficou famoso por outros grandes feitos. Posteriormente, ele foi novamente levado à loucura por Hera, e, dessa vez, matou seu melhor amigo, Ifitus. Como penitência, o herói ofereceu seus serviços, por três anos, para uma rainha chamada Onfale.

Esse período de servidão ficou marcado pela realização de trabalho considerado feminino, e, além disso, Hércules também teve de usar roupas femininas. Passado esse período, Hércules conheceu Dejanira, filha de Eneu, o rei de Calidão, e com ela se casou.

O casamento deles foi bastante feliz, mas também se encerrou de maneira trágica. Em certa ocasião, Hércules viajava com sua esposa, quando chegaram a um rio. A travessia desse rio era feita por Néssus, um centauro que cobrava por esse serviço. Hércules nadou até a outra margem do rio e pagou para que Néssus atravessasse sua esposa.

Néssus, no entanto, tentou raptar Dejanira, e Hércules interveio na situação matando o centauro com uma flecha. Antes de morrer, Néssus enganou Dejanira, orientando-a a guardar um pouco do sangue dele (do centauro), pois ela poderia usá-lo para fazer um feitiço para conservar o amor de Hércules por ela.

Como Hércules morreu

Dejanira guardou um pouco do sangue do centauro com ela sem saber, na verdade, que era venenoso. Seu casamento com Hércules seguiu feliz e harmonioso por anos, mas, eventualmente, ela foi tomada pelos ciúmes quando boatos de que seu marido estaria encantado por Iole, filha de Eurito, rei da Eucália, se espalharam.

Dejanira então banhou uma camisa de Hércules no sangue do centauro. Eventualmente, Hércules colocou a camisa, e logo o efeito do sangue do centauro deixou sua pele em carne viva. Ao perceber o que tinha feito com o próprio marido, Dejanira cometeu suicídio.

Posteriormente, ao ficar sabendo da morte de sua esposa, Hércules preparou uma pira funerária e pediu a Filoctetes, um herói grego e seu amigo, que a acendesse quando fosse solicitado. Assim, Filoctetes ateou fogo na pira em que estava o corpo de Hércules.

Hércules morreu como mortal, mas seu lado divino foi resgatado por ordem de Zeus, e então o herói grego ascendeu ao Monte Olimpo, a morada dos deuses gregos. O relato grego conta o seguinte|1|:

Os próprios deuses sentiram-se perturbados ao verem o fim do herói terrestre, mas Júpiter [Zeus], com fisionomia jovial, assim se dirigiu a eles:

— Sinto-me satisfeito ao ver vossas fisionomias, meus príncipes, e feliz ao perceber que sou rei de súditos leais e que meu filho goza de sua simpatia. Se bem que vosso interesse por ele provenha dos seus nobres feitos, isto não é menos grato para mim. Posso vos dizer, porém, que não há motivos para temor. Aquele que venceu tudo mais não será vencido por aquelas chamas que vedes crepitar no Monte Eta. Apenas pode perecer sua parte materna; o que ele recebeu de mim é imortal. Eu o trarei morto para a terra, até às praias celestes, e peço-vos que o recebais com benevolência. Se algum de vós se sente ofendido pelo fato de ele haver alcançado essa honra, ninguém poderá, porém, negar que ele a merece.

Assim Zeus procedeu com a imortalização de Hércules, que ascendeu ao Monte Olimpo. Isso aconteceu com a autorização dos outros deuses gregos, e, posteriormente, ele se reconciliou com Hera, casando-se com Hebe, filha dessa deusa.

Nota

|1| BULFINCH, Thomas. O livro de ouro da mitologia. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006. p. 151.

 

Por Daniel Neves
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Hércules"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/mitologia/hercules.htm. Acesso em 16 de agosto de 2022.

De estudante para estudante


PUBLICIDADE

Estude agora


Talibã e a retomada do poder no Afeganistão

Assista à videoaula e conheça o grupo radical fundamentalista Talibã. Entenda seu processo de formação e ascensão...

Alguma poesia I Análise literária [Fuvest]

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra “Alguma poesia”, do poeta brasileira Carlos Drummond...