Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Torre de Babel

História Geral

Torre de Babel foi mencionada em um mito bíblico que explicou o surgimento da diversidade linguística presente na humanidade.
A Torre de Babel é mencionada no livro bíblico Gênesis.
A Torre de Babel é mencionada no livro bíblico Gênesis.
PUBLICIDADE

A Torre de Babel foi uma construção mencionada em uma narrativa mítica encontrada no livro de Gênesis, na Bíblia. Esse mito foi usado para explicar o surgimento da diversidade linguística da humanidade e a dispersão dos seres humanos pela Terra. Os historiadores afirmam que a Torre de Babel se tratava de um zigurate, sendo associado a um exemplar construído na Babilônia.

Acesse também: Código de Hamurábi — importante código de leis da Babilônia

Resumo sobre a Torre de Babel

  • A Torre de Babel foi um mito narrado na Bíblia, mais especificamente em Gênesis.

  • Esse mito foi utilizado para explicar a dispersão dos grupos humanos pela Terra e a grande variedade linguística existente.

  • Os historiadores acreditam que a Torre de Babel foi um zigurate, construção muito comum na Mesopotâmia.

  • Alguns historiadores acreditam que a Torre de Babel pode ter sido o Etemenanki, construído na Babilônia.

O que foi a Torre de Babel?

A Torre de Babel foi uma construção mencionada em Gênesis, livro da Bíblia. Essa narrativa é entendida pelos historiadores como um mito e, portanto, não como um evento factual. Os historiadores consideram esse um mito fundador, isto é, que é usado para explicar a origem de algo. No contexto do mito, podemos identificar que a narrativa procura dar uma origem para a variedade linguística da humanidade e sua dispersão pela Terra.

A história se inicia com um grupo de pessoas que decide, tempos depois do dilúvio, construir uma cidade, e nela, uma torre que alcançasse os céus, com o intuito de trazer fama àquela cidade e, com isso, evitar a dispersão dos homens pela Terra. Acontece que, durante a construção, Deus decidiu intervir.

A intervenção divina se deu ao ser lançado o desentendimento entre os seres humanos, e isso aconteceu porque, de repente, eles já não falavam a mesma língua. O surgimento de diversas línguas fez com que a construção da torre fosse interrompida e forçou a dispersão dos humanos pela Terra. O mito da Torre de Babel pode ser encontrado em Gênesis 11:1-9.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Torre de Babel na história

Ilustração em preto e branco de um zigurate.
Modelo de um zigurate, tipo de construção desenvolvida pelos sumérios.

Como mencionado, a história da Torre de Babel não é entendida como um fato, isto é, como um acontecimento histórico concreto. Os historiadores consideram essa narrativa um mito de fundação dos hebreus, como era comum em diferentes povos da Antiguidade.

O ponto de partida quando falamos da Torre de Babel é que os historiadores sabem que, se ela existiu, tratou-se de um zigurate, construção bastante importante na Mesopotâmia. O zigurate era uma espécie de palácio desenvolvido pelos sumérios, a partir de 3000 a.C., e adotado por outros povos mesopotâmicos.

Atualmente, por meio da arqueologia, temos conhecimento da existência de dezenas de zigurates. A função dessa construção ainda é alvo de estudos entre os historiadores, que acreditam que ela poderia centralizar a administração de onde fora construída, mas que também teria funções religiosas ao possuir templos em seu interior.

Esses templos, naturalmente, eram construídos em homenagem a diferentes deuses (os povos mesopotâmicos eram politeístas), e sua construção no zigurate cumpriria o propósito de afastar o povo dos templos. Por fim, acredita-se que os zigurates teriam uma função cosmológica dentro da cultura mesopotâmica.

Isso porque os povos mesopotâmicos acreditavam que os zigurates eram um local de conexão do céu com a Terra. O historiador Paul Kriwaczek, por exemplo, afirmou que os zigurates para os sumérios foram planejados a fim de “permitir que a escala humana e a divina se tocassem momentaneamente”.|1|

Alguns historiadores afirmam que a Torre de Babel pode ter correspondido a Etemenanki, um zigurate construído na cidade da Babilônia, em algum momento entre o século XIV a.C. e o século IX a.C. Ele foi construído pelos babilônicos em homenagem a Marduk, considerado o deus criador.

O historiador grego Heródoto descreveu o Etemenanki da seguinte maneira:

Uma torre de sólidas pedras talhadas, de duzentos metros de comprimento e de largura, sobre a qual se erguia uma segunda torre, e neste, uma terceira, e assim sucessivamente, até chegar a oito. A subida para o topo é feita pelo lado de fora, por um caminho que circunda todas as torres. Mais ou menos a meio caminho da subida, encontram-se um local para repouso e assentos, onde as pessoas costumam sentar-se um pouco na subida até o cume. Na torre mais alta há um templo espaçoso e, em seu interior, um divã de tamanho inusitado, ricamente adornado, tendo ao lado uma mesa de ouro.|2|

O termo etemenanki foi traduzido como “casa que é o alicerce do céu e da Terra”, e essa construção tinha cerca de 90 metros de altura, mas não resistiu ao tempo. Sua associação com a Torre de Babel, no entanto, é apenas uma hipótese levantada por um grupo de historiadores.

Outro fato curioso é que os sumérios tinham um mito com um episódio parecido com o da Torre de Babel. Essa história era chamada de Enmercar e o Senhor de Arata, e nela o deus Enki realizou uma intervenção mudando o idioma falado pelos humanos e, com isso, causando um grande desentendimento entre eles.

Notas

|1| KRIWACZEK, Paul. Babilônia: a Mesopotâmia e o nascimento da civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 2018. p. 199.

|2| Idem, p. 329.

 

Por Daniel Neves
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Torre de Babel"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/torre-de-babel.htm. Acesso em 29 de janeiro de 2022.

Artigos Relacionados
Guerras da Antigüidade, Mundo Antigo, Crescente Fértil, Babilônicos, Assírios, Caldeus, Elamitas, Tiglat Falasar III, Sargão II, Senaqueribe, Assaradon, Assur, Nínive, Império Babilônico, Império Persa.
Conheça a Civilização Assíria, constituída por um povo mesopotâmico que formou um grandioso império na região até o século VII a.C.
Conheça mais sobre a Civilização Hitita, formada por um povo indo-europeu que conquistou a Anatólia em 1700 a.C.
Neste link você terá acesso a informações sobre os povos da Mesopotâmia, desde a fixação dos sumérios na região até a conquista dos caldeus.
Conheça mais sobre os primeiros povos que habitaram a Mesopotâmia: os sumérios e os acádios.