close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Tipos de sintagmas

Os sintagmas são unidades mínimas que possuem uma relação de determinação entre si. Entre seus tipos, estão o nominal, o verbal, o adjetival, o preposicional e o adverbial.

Os sintagmas são unidades da língua que possuem uma relação de determinação
Os sintagmas são unidades da língua que possuem uma relação de determinação
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

As unidades mínimas que possuem uma relação de determinação são chamadas de sintagmas. Elas podem ser:

a) Sintagma nominal: tem como núcleo o substantivo e exerce a função de núcleo do sujeito, do objeto direto, do objeto indireto, do predicativo do sujeito, do predicativo do objeto, do complemento nominal, do adjunto adnominal, do adjunto adverbial, do agente da passiva, do aposto e do vocativo.

Exemplos:

Núcleo do sujeito

João está calado.

Núcleo do predicativo do sujeito

Eles eram amigos.

Núcleo do predicativo do objeto

Tenho saudades da mamãe.

Núcleo do objeto direto

Chamei João várias vezes.

Núcleo do objeto indireto

Dei uma nova chance à Maria.

Núcleo do complemento nominal

A saudade da mamãe é insuportável.

Núcleo do adjunto adverbial

João convivia com a mentira.

Núcleo do adjunto adnominal

Isto é brincadeira de criança.

Núcleo do agente da passiva

A menina foi derrubada pelo cachorro.

Núcleo do aposto

Seu amor, presente dos céus, me preenchia.

Núcleo do vocativo

Senhores deputados, honrem nossos votos!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 

b) Sintagma verbal: tem como núcleo um verbo e é o núcleo do predicado verbal.

Exemplo:

Choveu a noite toda.

Ele chegou na hora marcada.

c) Sintagma adjetival – tem como núcleo um adjetivo e pode ser núcleo do adjunto adnominal, do predicativo do sujeito e do predicativo do objeto.

Exemplos:

Núcleo do adjunto adnominal

Por trás de um grande homem, existe sempre uma grande mulher.

Núcleo do predicativo do sujeito

Aquele jogador é habilidoso.

Núcleo do predicativo do objeto.

O juiz considerou o réu culpado da acusação.

 

d) Sintagma adverbial – tem como núcleo um advérbio e é núcleo do adjunto adverbial.

Exemplos:

Maria resolveu assistir ao filme em casa.

Só viajaremos depois de amanhã.

Os alunos certamente estudarão para a prova.

e) Sintagma preposicional – tem como núcleo uma preposição.

Exemplo:

Leia para aprender mais.

Eles passaram pela cidade.

Veja como ficaria uma análise sintagmática:

Pedro acompanhava silenciosamente a reunião daquela empresa.

Pedro = sintagma nominal

acompanhava = sintagma verbal

silenciosamente = sintagma adverbial

reunião = sintagma nominal

daquela empresa= sintagma preposicional

 

Por Mariana Rigonatto
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIGONATTO, Mariana. "Tipos de sintagmas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/tipos-sintagmas.htm. Acesso em 22 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Na oração: Cabe aos envolvidos no processo de escolarização questionar: Quais são suas histórias, seus saberes, seus sonhos? A pronome QUAIS deve ser com "q" maiúsculo ou minúsculo?

Por KARLA Ventura
Responder
Ver respostas

Estude agora


Relativismo moral

Uma posição relativista é aquela que entende que não há um padrão certo e seguro para determinar-se o valor de...

Diva

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra Diva, romance urbano do escritor José de Alencar....