Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Roma

Roma é uma cidade que fica localizada na região do Lácio, na Itália, sendo a capital do país. Com mais de 2,7 milhões de habitantes, Roma tem sua economia alicerçada no turismo.

Nascer do Sol nas proximidades do Coliseu, um dos principais símbolos históricos e culturais de Roma, capital da Itália.
O Coliseu é um dos principais símbolos históricos e culturais de Roma, capital da Itália.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Roma (ou Roma Capital) é uma comuna localizada na região do Lácio, na Itália, e que desempenha a função de capital nacional. A cidade foi fundada no ano de 753 a.C., e desde então figura entre os principais centros históricos e culturais não somente do continente europeu como também do mundo.

Próxima do mar Mediterrâneo, Roma apresenta clima típico dessa região, sendo marcada ainda por um relevo modesto com altitudes que não ultrapassam 140 metros. A economia de Roma tem como alicerce o setor de comércio e serviços, com destaque para o turismo. A cidade recebe milhões de turistas todos os anos, atraídos pelos registros da Roma Antiga e pelos elementos que expressam seus costumes contemporâneos.

Leia também: Roma Antiga — detalhes sobre uma das maiores civilizações da Antiguidade

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Roma

  • Roma é uma cidade localizada na região do Lácio, no oeste da Itália.

  • É a capital nacional da Itália.

  • Recebe a alcunha de Cidade Eterna.

  • Foi fundada no ano de 753 a.C. por Rômulo, que se tornou o primeiro rei de Roma.

  • Situada próximo do mar Mediterrâneo, apresenta clima tipicamente mediterrâneo e relevo moderado com altitude média de 21 metros. É atravessada pelo rio Tibre.

  • Forma a região metropolitana conhecida como Cidade Metropolitana de Roma Capital.

  • É a cidade mais populosa da Itália, com 2.745.819 habitantes.

  • A economia de Roma gira em torno do turismo e dos serviços, que vão desde as atividades governamentais até os serviços bancários, financeiros e de telecomunicações. A capital italiana abriga as principais empresas de alta tecnologia do país.

  • Seus habitantes dispõem de elevada qualidade de vida, tendo alta renda per capita anual.

  • No quesito infraestrutura, Roma se destaca no setor de transporte, notadamente o transporte rodoviário.

  • A cultura de Roma apresenta elementos tradicionais que remontam aos períodos monárquico e imperial, bem como aspectos contemporâneos que consagram a cidade como um importante centro cultural da Europa e do mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Roma

  • Gentílico: romano.

  • Localização: Província de Roma.

  • País: Itália (Europa).

  • Região: integra a região do Lácio, na Itália Central.

  • Região metropolitana: Cidade Metropolitana de Roma Capital, que é composta por um conjunto de 121 comunas (ou cidades) italianas. A principal comuna dessa região é Roma.

  • Comunas (cidades) limítrofes:

Albano Laziale

Fonte Nuova

Monterotondo

Anguillara Sabazia

Formello

Palestrina

Ardea

Frascati

Poli

Campagnano di Roma

Gallicano nel Lazio

Pomezia

Castel Gandolfo

Grottaferrata

Riano

Castel San Pietro Romano

Guidonia Montecelio

Sacrofano

Ciampino

Marino

San Gregorio da Sassola

Cidade do Vaticano

Mentana

Tivoli

Colonna

Monte Porzio Catone

Trevignano Romano

Fiumicino

Monte Compatri

Zagarolo

Geografia de Roma

  • Área total: 1.287,36 km².

  • População total: 2.745.819 habitantes (est. 2023).

  • Densidade demográfica: 2.132,9 hab./km².

  • Clima: mediterrâneo influenciado pelos ventos quentes (ponentino) e frios (tramontana) que sopram, respectivamente, do oceano e do interior durante as estações quente e fria. As temperaturas na cidade variam entre 24º C e 10º C, ao passo que a precipitação anual é de 750 mm em média.

  • Altitude: 21 metros acima do nível do mar.

  • Ponto mais elevado: Monte Mário, a 139 metros acima do nível do mar.

  • Hidrografia: o principal curso d’água que atravessa Roma é o rio Tibre. A cidade fica no oeste da Itália, próxima do mar Mediterrâneo.

  • Fuso horário: GMT+1.

  • Fundação: 27 de abril de 753 a.C.

Bandeira de Roma

Bandeira de Roma (Itália).
Bandeira bicolor da cidade italiana de Roma.

Mapa de Roma

O mapa da primeira imagem indica a posição da cidade de Roma (ou Rome, como aparece em inglês na figura) no território italiano. Confira:

Mapa mostrando a localização geográfica de Roma na costa oeste da Itália.
Localização geográfica de Roma na costa oeste da Itália.

O segundo mapa mostra a comuna (ou cidade) de Roma circundada pelas comunas vizinhas ou próximas, e que formam, junto dela, a Cidade Metropolitana de Roma Capital.

Mapa mostrando a comuna de Roma e as comunas que, junto dela, formam a Cidade Metropolitana de Roma Capital.
Mapa da comuna de Roma (em vermelho). No centro da comuna de Roma, está o Vaticano (em branco).

Economia de Roma

De acordo com o PIB metropolitano, a cidade de Roma e a sua região metropolitana integram o conjunto de cidades mais ricas do continente europeu. Conforme esse indicador, Roma fica na 13ª colocação com US$ 153,5 bilhões de dólares, que corresponde à renda do ano de 2020. Considerando apenas as regiões metropolitanas italianas, Roma fica em segundo lugar, atrás apenas de Milão, no norte do país.

Em 2018, sabe-se que a economia de Roma representava aproximadamente 10% de toda a economia da Itália. |1| Além do mais, a renda per capita da população supera a marca de 35 mil dólares anuais. No entanto, é interessante notar que embora se trate de uma cidade com elevado nível de desenvolvimento socioeconômico, não se pode dizer que Roma seja uma cidade industrial.

A economia romana não se apoia nas atividades do setor secundário, mas sim nas atividades do setor terciário, segmento que concentra as atividades de comércio e de serviços. Roma, na condição de capital nacional, abriga os principais serviços e instituições da república italiana. Assim, os edifícios do governo italiano, agências oficiais atreladas a organismos internacionais dos quais a Itália é membro, bem como seus respectivos funcionários, vivem em Roma e contribuem para a arrecadação de divisas na cidade.

Roma apresenta fortes laços com a Igreja Católica. Lembremos que a sede dessa instituição fica na Cidade do Vaticano, que consiste em um enclave no interior da capital italiana e que é governada pela Santa Sé, portanto independente de Roma e da Itália. Apesar disso, existem muitos funcionários do Vaticano que vivem no território romano, além dos milhões de turistas que anualmente visitam a sede da Igreja Católica e ficam hospedados na capital italiana.

Os transportes e as comunicações são, igualmente, serviços importantes para a economia romana. A primeira delas, aliás, remonta a períodos mais antigos da história da cidade. Roma concentra, ademais, as principais instituições financeiras e as empresas do setor de tecnologia avançada da Itália, notadamente aquelas dos setores de informática, aeroespacial e de telecomunicações.

Turismo em Roma

O turismo é a principal atividade econômica de Roma, sendo a maior fonte de arrecadação da capital italiana. Estão inclusos nesse setor as despesas que os visitantes têm na cidade, os serviços de hospedagem, de transporte, de alimentação, de recreação, as lojas de lembranças (souvenirs) e todos os demais elementos que fazem parte dessa atividade econômica. A Itália é, hoje, o quinto país mais visitado do mundo, enquanto Roma ocupa a posição de 12ª entre as cidades mais procuradas pelos turistas. Anualmente, a capital italiana recebe 8,7 milhões de pessoas.

Roma abriga centenas de pontos turísticos que recontam a história dessa cidade que foi a capital de um dos maiores impérios e civilizações da Antiguidade. Por conta disso, as estruturas físicas e os espaços que datam desse período fazem parte da paisagem urbana da cidade. Essas construções se misturam com os edifícios modernos e com os espaços culturais contemporâneos, fazendo de Roma um dos principais destinos turísticos da Itália e do mundo.

Pontos turísticos de Roma

A seguir, conheça os principais pontos turísticos de Roma.

  • Coliseu

Vista do interior do Coliseu, principal ponto turístico de Roma. [1]
Vista do interior do Coliseu, principal ponto turístico de Roma. [1]

O Coliseu trata-se de um anfiteatro construído entre os anos de 70 e 72 d.C., durante a dinastia flaviana. A arena tinha capacidade para 50.000 pessoas, e foi muito utilizada para a realização de lutas de gladiadores romanos, encenações e até mesmo execuções públicas.

  • Fontana de Trevi

Fontana di Trevi, um dos pontos turísticos mais visitados de Roma.
Milhares de euros são lançados diariamente na Fontana di Trevi como forma de realização de pedidos.

Fontana de Trevi é uma fonte localizada no rione (bairro) Trevi, em Roma. Ela fica situada em frente ao Palazzo Poli. Esse monumento, formado pela fonte propriamente dita e pela escultura do deus Netuno, foi construído no século XVIII e é, hoje, um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Criou-se a tradição de se jogar moedas na fonte para a realização de pedidos, com a estimativa de que são lançados 3.000 euros diariamente.

  • Panteão

Panteão em Roma, na Itália, edifício mais bem conservado da Roma Antiga.
O Panteão é considerado o edifício mais bem conservado da Roma Antiga.

O Panteão é um edifício que foi construído na época do Império Romano, entre 27 a.C. e 14 d.C., tendo sido restaurado um século mais tarde. Durante o século VII, o Panteão foi transferido para a Igreja Católica. Um fato curioso sobre esse edifício é que algumas figuras importantes da histórica política e cultural italiana foram enterradas no Panteão, como foi o caso do pintor renascentista Rafael, que morreu em 1520.

Acesse também: Vaticano — detalhes sobre o enclave localizado em Roma (Itália) que abriga a sede da Igreja Católica

Infraestrutura de Roma

A cidade de Roma apresenta elevada qualidade de vida em função de vários fatores, sendo um deles a infraestrutura ofertada à sua população. O destaque da rede física da cidade fica com os transportes, uma vez que Roma é o centro de uma enorme rede de deslocamentos que compreende quase toda a Itália. Esse aspecto dos transportes na capital é uma herança do período do Império Romano, quando as estradas interligavam todo o território que integrava os seus domínios.

A rede de transportes em Roma é do tipo radial, e beneficia, sobretudo, os automóveis. Entretanto, o tráfego na cidade pode se tornar lento nos horários de pico, tornando difícil a locomoção eficaz. Os trens e os metrôs são também utilizados para os deslocamentos diários em Roma. No primeiro caso, é possível viajar para outro país europeu partindo da capital italiana. Para essa finalidade existem, ainda, três grandes aeroportos na cidade. Roma conta também com um porto marítimo, chamado Porto Civitavecchia ou Porto de Roma.

Governo de Roma

A comuna de Roma é classificada como uma comuna especial, que recebe o nome de Roma Capital. Ela é governada pelo prefeito, eleito por meio do voto popular em uma eleição de dois turnos, e também pelo comitê comunal e pelo conselho comunal. O comitê comunal é, também, um órgão do Poder Executivo de Roma, enquanto o conselho é responsável pelos serviços urbanos, pela segurança e pela assistência à população da cidade. A sede do governo de Roma fica no Palazzo Senatorio, no Monte Capitolino.

A divisão administrativa da comuna de Roma é feita em 15 municípios ou subcomunas, numerados de I a XV:

Divisão administrativa da comuna de Roma

Centro Histórico (I)

Roma delle Torri (VI)

Arvalia/Portuense (XI)

Parioli (II)

Appio-Latino/Tuscolana/Cinecittà (VII)

Monte Verde (XII)

Monte Sacro (III)

Appia Antica (VIII)

Aurellio (XIII)

Tiburtina (IV)

Eur (IX)

Monte Mario (XIV)

Prenestino/Centocelle (V)

Ostia/Acilia (X)

Milvio (XV)

Cultura de Roma

Sala do Museu Capitolino, um dos mais importantes de Roma.
Sala do Museu Capitolino, um dos mais importantes de Roma.

Roma é um dos principais centros culturais da Itália e do continente europeu. A cidade foi construída há milhares de anos, e por ela passaram povos de diversas origens e nacionalidades que contribuíram, e ainda contribuem, para a sua multiculturalidade. Além disso, existe uma relação muito próxima da cultura romana com a religião e com a Igreja Católica, instituição essa que atrai milhões de turistas e peregrinos para a capital italiana todos os anos.

A paisagem de Roma é repleta de construções que remetem ao período da fundação de Roma e do império que teve início a partir dela, ratificando o seu apelido de Cidade Eterna. A cidade é conhecida, também, como Capital do Mundo, haja vista a sua importância histórica, política e cultural.

A cultura de Roma apresenta elementos que refletem todas as fases de desenvolvimento da arte na Europa, desde o período medieval até a arte contemporânea, com notória influência nos estilos renascentista e barroco. Entre esses elementos se encontram esculturas, igrejas e catedrais, galerias, monumentos, como obeliscos, jardins e as vilas romanas. Outros desses elementos podem ser encontrados nos museus, como o Museu Capitolino.

A literatura, o cinema e a gastronomia tipicamente italiana e mediterrânea são igualmente importantes para a cultura romana. A cidade é, ainda, uma das capitais mundiais da moda.

Etimologia de Roma

Escultura retratando o mito da fundação de Roma.
O mito de fundação de Roma está associado à origem do nome da capital italiana.

A explicação mais difundida sobre a origem do nome “Roma” está associada ao mito de fundação da cidade italiana. O mito diz que os irmãos Rômulo (Romulus) e Remo (Remus), filhos do deus Marte e de Reia Sílvia, foram lançados no rio Tibre como punição à mãe. Entretanto, os bebês foram encontrados por uma loba, depois chamada Capitolina, que os amamentou e não deixou que eles morressem. Rômulo foi, mais tarde, o fundador de Roma e seu primeiro rei, o que explica o nome da cidade.

Existem outras explicações para a atribuição do nome “Roma” à capital da Itália. Uma delas diz que o rio Tibre, que atravessa a cidade, recebia o nome Rumen, de origem grega, antes de receber a sua atual denominação.

História de Roma

A região onde fica localizada a cidade de Roma, no Lácio, passou por um processo de ocupação ainda durante a Idade do Bronze, apesar de que os povoados fixos começaram a aparecer apenas no milênio subsequente ao longo do curso do Tibre. O fato é que se trata de uma área de ocupação muito antiga e pela qual passaram povos de diversas etnias e origens, notadamente os etruscos. A cidade de Roma propriamente dita foi fundada apenas em 753 a.C. pelo seu primeiro rei, Rômulo.

Inicialmente a cidade de Roma era governada por um regime monárquico que perdurou até o ano de 509 a.C. Durante a monarquia, a sociedade romana era dividida em patrícios (classe mais abastada), clientes, plebeus e escravos. O último monarca romano assumiu o poder em 535 a.C., mas foi destituído por meio de um golpe duas décadas mais tarde, o que deu início ao período republicano de Roma. A República Romana se estendeu de 509 a.C. a 27 a.C., intervalo esse que ficou marcado pelas Guerras Púnicas.

A República Romana deu lugar ao Império Romano a partir de 27 a.C., e esse sistema de governo se estendeu até o ano de 476 d.C. O período imperial ficou marcado por uma série de disputas territoriais e pela expansão de Roma, que passou a polarizar o poder político, econômico e militar na Europa e nos domínios conquistados, ou tomados, em outros continentes, como na Ásia e na África. Após um relativo período de estabilidade, uma crise no sistema escravista e as subsequentes crises política e econômica que se instalaram no Império Romano, somadas às invasões germânicas, causaram o seu fim no século X.

Durante a Idade Média a cidade de Roma passou a integrar o Império Bizantino, que teve origem após a queda e a cisão do Império Romano. Nesse período a Igreja Católica ganhou força em Roma e em parte do continente europeu, tornando-se não apenas uma autoridade religiosa como também política. Roma se tornou novamente uma República apenas no ano de 1848, isto é, já no século XIX. A cidade foi uma das últimas a serem incorporadas à Itália unificada, o que aconteceu em 1870. Um ano mais tarde, em 1871, Roma passou a ser considerada oficialmente a capital do país.

É interessante notar que, à época, o território pertencente à Igreja Católica ainda era integrado ao território italiano. O Vaticano apenas se tornou um Estado independente a partir de 1929, com a assinatura do Tratado de Latrão. Com isso, passou a ser um enclave na cidade de Roma.

Entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o início da década de 1990, o governante da cidade de Roma era eleito através do conselho comunal. A primeira eleição direta para prefeito de Roma aconteceu somente em 1993. Desde então, a capital italiana teve apenas seis prefeitos.

Notas

|1| BRONZINI, Raffaello. (Coord.) The economy of Rome in the years two-thousand. Occasional Papers (Questioni di economia e finanza), n. 793, sep. 2023. Disponível em: https://www.bancaditalia.it/pubblicazioni/qef/2023-0793/index.html.

Crédito de imagem

[1] Viacheslav Lopatin / Shutterstock

Fontes

About Rome. Disponível em: https://www.aboutroma.com/index.html.

NATIONAL GEOGRAPHIC. Encyclopedic Entry: The Colosseum. National Geographic, 19 out. 2023. Disponível em: https://education.nationalgeographic.org/resource/colosseum/.

RING, Richard; FOOT, John; EHRLICH, Blake. Rome (national capital, Italy). Encyclopaedia Britannica, [s.d.]. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Rome.

SHAW, Brandon. The Unfathomable History Of The Pantheon In Rome. The Roman Guy, 5 dez. 2022. Disponível em: https://theromanguy.com/italy-travel-blog/italy-travel-blog/rome/pantheon/story-of-the-pantheon-in-rome/.

Visit Rome. Disponível em: https://romesite.com/.

WILDE, Robert. A Brief History of Rome. ThoughtCo., 19 fev. 2019. Disponível em: https://www.thoughtco.com/brief-history-of-rome-1221658.

ZAINIB, Attiya. 40 Most Visited Cities in the World in 2023. Yahoo! Finance, 04 out. 2023. Disponível em: https://finance.yahoo.com/news/40-most-visited-cities-world-193722500.html.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Roma"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/roma.htm. Acesso em 19 de maio de 2024.

De estudante para estudante