Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Aerodinâmica

A aerodinâmica é um ramo da Física que é aplicado em diversas situações. Relaciona-se à sustentação dos aviões no ar e à adesão dos carros ao chão.

Avião voando no céu como representação de uma dentre as várias situações em que a aerodinâmica é aplicada.
A aerodinâmica consegue explicar como o avião se mantém no ar.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A aerodinâmica é um ramo da Física, mais precisamente um ramo dentro da mecânica dos fluidos, que estuda a interação dos gases, principalmente o ar, com os corpos. Ela se baseia no princípio de Bernoulli e está relacionada aos conceitos de força de arrasto, força de sustentação, força peso e força empuxo.

Leia também: Hidrostática — um ramo da Física que estuda as características dos fluidos em repouso

Tópicos deste artigo

Resumo sobre aerodinâmica

  • A aerodinâmica está relacionada a alguns conceitos físicos, como o princípio de Bernoulli, a força de arrasto, a força de sustentação, a força peso e a força empuxo.

  • A aerodinâmica é dividida em aerodinâmica externa e aerodinâmica interna, dependendo da área de estudo do movimento do ar.

  • Os estudos da aerodinâmica possibilitam práticas usadas para manter os aviões no ar e os carros no chão.

  • A aerodinâmica é empregada na construção de aeroplanos, aeronaves, carros esportivos e de corrida, aerofólios e submarinos.

Conceitos importantes da aerodinâmica

A aerodinâmica está fundamentada em alguns conceitos importantes da Física, como o princípio de Bernoulli, a força de arrasto, a força de sustentação, a força peso e a força empuxo. Veja sobre esses conceitos a seguir.

Princípio de Bernoulli

O princípio de Bernoulli afirma que no interior de um ducto horizontal com diâmetros diferentes haverá pressões mais baixas nos pontos em que o fluido possui uma velocidade maior do que nos pontos em que ele possui uma velocidade menor, contribuindo para a sustentação dos aviões no ar, por exemplo.

Força de arrasto

Também chamada de resistência do ar, a força de arrasto é uma força resistente ao movimento de um corpo imerso em um fluido (gases e líquidos), dificultando a queda ou submersão dos corpos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Força de sustentação

A força de sustentação é uma força que eleva e estabiliza os corpos que estão em movimento, sendo contrária ao deslocamento do corpo.

Essa força está relacionada à força peso, de maneira que se a força de sustentação for maior que a força peso, o corpo se soerguerá. Se a força de sustentação for menor que a força peso, o corpo cairá. Mas se a força de sustentação for igual à força peso, o corpo ficará em equilíbrio.

Força peso

A força peso é uma força atrativa que ocorre sobre todos os corpos que estão no interior de um corpo massivo dotado de campo gravitacional, atraindo-os para o centro do planeta e impedindo que os corpos flutuem.

Força empuxo

A força empuxo é uma força hidrostática, descoberta por Arquimedes (287 a.C. – 212 a.C.), que age sobre os corpos que estão total ou parcialmente imersos em fluidos (gases e líquidos), impedindo que os corpos caiam ou afundem.

Ela está intimamente ligada à força peso, de maneira que quando a força empuxo for maior que a força peso, o corpo flutuará. Quando a força empuxo for menor que a força peso, o corpo afundará. Mas se a força empuxo for equivalente à força peso, o corpo continuará no mesmo lugar.

Veja também: Impulso — uma grandeza física usada para estudar as colisões sofridas por corpos sujeitos à ação de forças variáveis

Tipos de aerodinâmica

A aerodinâmica é tipificada como externa e interna.

  • Aerodinâmica externa: estuda o movimento do ar externo aos objetos, como em volta das asas dos aviões.

  • Aerodinâmica interna: estuda o movimento do ar interno nos objetos, como dentro de um motor a jato.

Aplicações da aerodinâmica

A aerodinâmica possui diversas aplicações, principalmente nas áreas de Engenharia e Arquitetura — na construção e projeção de submarinos, edifícios, aeronaves e automóveis —, já que seus estudos a respeito do movimento dos ventos permitem formular projetos mais seguros e estáveis.

Aerodinâmica nos aviões

A aerodinâmica é sempre levada em consideração em vários aspectos, como na construção de diferentes modelos de aeroplanos e aeronaves, peças para erguer voo, componentes mecânicos e designs adequados.

Além disso, seu mecanismo ocasiona a sustentação dos aviões no ar, já que suas asas são criadas com o intuito de que o movimento do ar na parte inferior seja menor para ocasionar uma variação na pressão e, consequentemente, uma força de sustentação, contrabalanceando a força peso, assim mantendo o avião no ar, como podemos ver na representação abaixo:

Representação artística de todas as forças que atuam sobre a asa de um avião, uma das aplicações da aerodinâmica.
Representação de todas as forças que atuam sobre a asa de um avião. (Créditos: Paulo José Soares Braga | Brasil Escola)

Aerodinâmica nos carros

Além dos aviões, a aerodinâmica é também levada em consideração na projeção de carros esportivos e de corrida e na construção dos aerofólios automobilísticos, responsáveis por reduzir a turbulência do ar e assim obter o máximo de velocidade e estabilidade dos carros.

 

Por Pâmella Raphaella Melo
Professora de Física

Escritor do artigo
Escrito por: Pâmella Raphaella Melo Sou uma autora e professora que preza pela simplificação de conceitos físicos, transportando-os para o cotidiano dos estudantes e entusiastas. Sou formada em Licenciatura Plena em Física pela PUC- GO e atualmente curso Engenharia Ambiental e Sanitária pela UFG.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MELO, Pâmella Raphaella. "Aerodinâmica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/aerodinamica.htm. Acesso em 18 de maio de 2024.

De estudante para estudante