Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Pretérito perfeito composto do subjuntivo em espanhol

Espanhol

“Pretérito perfecto compuesto de subjuntivo” é um tempo verbal utilizado em ações terminadas no passado ou no futuro, mas que são de realização hipotética.
O “pretérito perfecto compuesto de subjuntivo” é um tempo verbal importante para nos comunicarmos em espanhol.
O “pretérito perfecto compuesto de subjuntivo” é um tempo verbal importante para nos comunicarmos em espanhol.
PUBLICIDADE

O pretérito perfecto compuesto de subjuntivo (pretérito perfeito composto do subjuntivo em espanhol) é usado para expressar ações acabadas de realização hipotética tanto no passado como no futuro. Esse fato se dá devido às características inerentes ao modo subjuntivo, que é o modo das possibilidades. Além dessa função, esse tempo verbal é usado em orações subordinadas, exclamativas, dubitativas e reduplicativas.

Leia também: Infinitivo, gerúndio e particípio em espanhol

Resumo sobre o pretérito perfecto compuesto de subjuntivo

  • É usado para falar de ações de realização hipotética, tanto no passado quanto no futuro.

  • É um tempo verbal composto, formado pelo presente do subjuntivo do verbo haber e o particípio do verbo principal.

Videoaula sobre pretérito perfeito composto em espanhol

Estrutura do pretérito perfecto compuesto de subjuntivo

O pretérito perfecto compuesto de subjuntivo é formado pelo verbo haber conjugado no presente do subjuntivo e o particípio do verbo principal.

Pronomes

Verbo haber no presente do subjuntivo

Verbo principal no particípio

yo

haya

limpiado

comido

pedido

tú / vos

hayas

él / ella / usted

haya

nosotras(os)

hayamos

vosotras(os)

hayáis

ellos(as) / ustedes

hayan

Uso do pretérito perfecto compuesto de subjuntivo

I- Orações exclamativas, aquelas em que expressamos nossos desejos:

  • ¡Ojalá hayan llegado temprano!
    (Tomara/Oxalá que tenham chegado cedo!)

  • Carolina salió temprano, que no le haya agarrado la lluvia.
    (Carolina saiu cedo, tomara que a chuva não a tenha pegado.)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

II- Orações dubitativas, ou seja, aquelas que expressam dúvidas ou probabilidades – quizá(s), tal vez, posiblemente, problablemente:

María no llegó, quizás se haya quedado con sus amigos.

(Maria não chegou, talvez tenha ficado com seus amigos.)

III- Orações reduplicativas:

Yo la perdonaré, haya dicho lo que haya dicho.

(Eu a perdoarei, não importa o que ela tenha dito.)

IV- Orações subordinadas:

Geralmente, o verbo no modo subjuntivo aparece na oração subordinada em casos em que o período consta de duas orações com sujeitos distintos.

No creo que Raúl se haya ido sin despedirse.

(Não acredito/acho que Raul tenha ido embora sem se despedir.)

Por outro lado, há usos específicos do modo subjuntivo com advérbios e conjunções.

Veja também: Pretérito indefinido em espanhol (pretérito perfecto simple)

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (Enem 2014.2)

Retomando la inquietud propia y de tanta gente contraria a la denominación racista y xenófoba “Día de la Raza” usada para el feriado 12 de octubre, donde se recuerda el arribo de los primeros europeos a tierras posteriormente nombradas América, reforzamos la idea sumando agrupaciones e independientes de la militancia ciudadana motivados por lo mismo. Puede parecer menor, pero un nombre dice mucho. Es un símbolo, una representación, un código que resume infinidad de cosas desde lo objetivo y desde lo subjetivo. Y lamentablemente no hubo “descubrimiento” sino despojo y apropiación. No hubo “encuentro” sino saqueo y masacre. La propuesta es que la sociedad uruguaya logre una frase sustantiva que guarde memoria de los hechos, apostando a un presente y futuro fraternal e igualitario, y a una convivencia sin hegemonías ni predominios culturales aunque así haya sido el origen de nuestra historia.

(ANDRADE, S. No más Día de la Raza. América Latina en movimiento. Disponível em: http://alainet.org.)

Com a expressão “Día de la Raza”, faz-se referência à chegada dos primeiros europeus em território americano e denomina-se a comemoração desse dia. A autora do texto sugere o fim dessa denominação no Uruguai, acreditando que

A) a nomenclatura adotada será esquecida, porque é de conhecimento geral que não houve descoberta.

B) a reivindicação convencerá outros grupos e adeptos, porque muitos desconhecem esse nome.

C) a sociedade deve encontrar uma frase significativa para a preservação da lembrança dos fatos.

D) o convívio permitirá o esquecimento dos massacres, porque não houve encontro no passado.

E) o presente e o futuro são e serão fraternais e igualitários para o estímulo do predomínio cultural.

Resolução

Alternativa C. A resolução dessa questão está condicionada à leitura do último parágrafo do texto, no qual a autora expressa que a sociedade uruguaia deve encontrar uma frase que “guarde memoria de los hechos apostando a un presente y futuro fraternal e igualitario, y a una convivencia sin hegemonías ni predominios culturales aunque así haya sido el origen de nuestra historia”. Desse modo, o começo da história uruguaia não foi igualitário, mas o futuro poderá sê-lo.

Questão 2 - Completa los espacio con la correcta conjugación del pretérito perfecto compuesto de subjuntivo:

A) Espero que Ana ________ (llegar) bien a su destino.

B) Alejandro no cree que Elena le _________ (mentir).

C) Aunque _____________ (pasar, nosotros) por muchos problemas, seguimos juntos.

D) Ojalá las niñas ________ (terminar) los exámenes,

E) Hoy es la entrega del trabajo, te recomiendo que ya lo __________ (escribir).

Resolução

A) haya llegado

B) haya mentido

C) hayamos pasado

D) hayan terminado

E) hayas escrito

 

Por Renata Martins Gornattes
Professora de Espanhol

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GORNATTES, Renata Martins. "Pretérito perfeito composto do subjuntivo em espanhol"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/preterito-perfeito-composto-do-subjuntivo-em-espanhol.htm. Acesso em 21 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Entenda o imperativo em espanhol. Descubra quais são as funções desse modo verbal na língua espanhola, assim como suas conjugações, regularidades e irregularidades.
Conheça as principais perífrasis verbales (locuções verbais) em espanhol e pratique o que aprendeu com exercícios contextualizados.
Conheça o presente do subjuntivo em espanhol para usá-lo corretamente e reconhecer suas funções. Resolva os exercícios propostos sobre esse tema.
Aprenda quais são os usos do pretérito indefinido em espanhol. Veja como esse tempo verbal se diferencia do “pretérito perfecto compuesto”.
Aprenda sobre os verbos de “cambio”, verbos de mudança em espanhol. Conheça quais os tipos de mudanças que eles expressam e as diferenças entre elas.
Conheça os verbos reflexivos em espanhol, os pronomes que os acompanham e as regras de colocação desses pronomes.