Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Maçonaria

A maçonaria surgiu na Idade Média, na Europa, a partir de reuniões de pedreiros.

“O olho que tudo vê”, símbolo associado à maçonaria, em nota de dólar.
“O olho que tudo vê”, símbolo associado à maçonaria, em nota de dólar.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A maçonaria é uma instituição filosófica, filantrópica, educativa e progressista. Embora seja atrelada constantemente a crenças espirituais, a maçonaria em si não é uma religião.

Entre os seus princípios, destacam-se a liberdade, igualdade e fraternidade. Além disso, a maçonaria tem como objetivo a verdade, exame da moral e a prática das virtudes.

Leia também: Diferença entre religião e seita

Tópicos deste artigo

Como funciona a maçonaria?

Para se tornar maçom, é preciso cumprir alguns critérios. O principal deles é de gênero, já que apenas homens são permitidos na maçonaria.

Esse homem precisa ser livre e de bons costumes, ter consciência de sua pátria, de seus semelhantes e de si mesmo. Também é preciso ter uma profissão ou ofício lícito e honrado que lhe permita prover a sua família e a instituição.

Além disso, embora não seja uma religião, é preciso ter uma crença em Deus, independentemente da religião.

Os maçons se reúnem em templos, oficinas ou lojas de forma periódica para praticar as cerimônias ritualísticas. Entre os ritos praticados pela maçonaria, estão:

  • Rito Adonhiramita

  • Rito Brasileiro

  • Rito Escocês Antigo e Aceito

  • Rito Moderno

  • Rito Schröder

  • Rito de York

  • Rito Escocês Retificado (RER)

A maçonaria possui uma hierarquia dentro de sua organização, com membros, secretários e o Grão-Mestre, o cargo mais alto dentro da instituição.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Origem da maçonaria

A maçonaria surgiu na Idade Média, por meio de encontros de fraternidades de pedreiros. Os seus membros usavam palavras e símbolos secretos para que pudessem reconhecer uns aos outros sem que fossem percebidos.

Após esse período, a maçonaria passou a aceitar outros membros, transformando-se em uma entidade dedicada à liberdade de pensamento e expressão política e religiosa. Os novos aceitos geralmente eram das classes burguesas ou nobres.

No seu surgimento, a maçonaria era uma entidade secreta, porém, atualmente, a sua existência já é de conhecimento amplo na sociedade.

Ao longo da história, a maçonaria assumiu um papel importante em diversas partes do mundo ocidental, em especial na Europa. Em 1717, por exemplo, foi fundada a primeira Grande Loja de Maçonaria na Inglaterra.

Especula-se que as entidades e poderes da maçonaria tiveram influência na Revolução Francesa e na independência dos Estados Unidos.

Leia também: Zoroastrismo, a religião dos antigos persas

Símbolos da maçonaria

Esquadro e compasso associados à letra G: um famoso símbolo da maçonaria.
Esquadro e compasso associados à letra G: um famoso símbolo da maçonaria.

Entre os seus símbolos, o esquadro e o compasso são um dos mais famosos. Eles remontam às técnicas utilizadas pelos pedreiros na Idade Média.

O compasso simboliza a busca pela perfeição do homem. A letra G vem de God, "Deus" em inglês. A representação de Deus se dá porque, para os maçons, ele é o grande arquiteto do universo. Os ângulos retos simbolizam a vida ética e honesta que todos os homens devem seguir.

Um outro grande símbolo da maçonaria é o “olho que tudo vê”, que representa o Grande Arquiteto do Universo.

“O olho que tudo vê”, um símbolo da maçonaria.
“O olho que tudo vê”, um símbolo da maçonaria.

Teorias envolvendo a maçonaria

Por se tratar de uma instituição discreta, embora não secreta, e com diversos nomes importantes envolvidos ao longo da história do Ocidente, diversas teorias de conspiração envolvem a maçonaria.

Talvez a principal delas seria seu envolvimento com outra teoria da conspiração sobre os “Illuminati”, uma suposta organização da nova ordem mundial. Essa teoria ganhou força na internet nos últimos anos, principalmente pelo “olho que tudo vê” encontrado na cédula do dólar.

Outra teoria seria a participação secreta da maçonaria em órgãos políticos mundiais. Apesar das diversas teorias na internet, nenhuma delas de fato foi provada.

Maçonaria no Brasil

A maçonaria chegou ao Brasil no ano de 1797, com a Loja Cavaleiros da Luz, na Bahia. Logo após, mais lojas foram criadas no Rio de Janeiro. Entre seus nomes ilustres, está José Bonifácio de Andrada e Silva, cientista e político brasileiro que teve papel destacado no processo de Independência do Brasil.

Famosos na maçonaria

Diversos nomes importantes da história mundial estiveram ligados à maçonaria. Confira alguns:

 

Por Miguel Souza
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Miguel Souza Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Miguel. "Maçonaria"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/maconaria.htm. Acesso em 21 de abril de 2024.

De estudante para estudante