Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Vírus Nipah

O vírus Nipah (NiV) pertence à família Paramyxoviridae e recentemente tem infectado pessoas na Índia.

Nipah / Henipavirus; fundo azul-escuro com representações de vírus.
O vírus Nipah é pertencente à família Paramyxoviridae e ao gênero Henipavirus.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O vírus Nipah é um vírus zoonótico que foi identificado pela primeira vez em 1999, na Malásia, durante um surto do vírus entre criadores de suínos. Nesse sentido, ele é transmitido entre animais não humanos e humanos. Os morcegos do gênero Pteropus podem transmitir o vírus para outros animais, como porcos, e para seres humanos.

Leia também: Ebola — doença de alta letalidade causada por um vírus

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o vírus Nipah

  • O vírus Nipah foi identificado pela primeira vez em 1999, na Malásia.
  • Seu reservatório natural são os morcegos do gênero Pteropus, também conhecidos como “raposas-voadoras”.
  • Pode ser transmitido pelo contato com animais infectados, como porcos e morcegos, comida infectada, ou pelo contato com uma pessoa infectada.
  • Entre os sintomas estão febre, dor de cabeça, dor muscular, fadiga e tontura; em casos mais graves, pode ocorrer encefalite.
  • Até o momento, não existe uma vacina para controlar o vírus Nipah.
  • Entre as estratégias de prevenção, deve-se lavar as mãos com água e sabão e não entrar em contato com animais infectados.
  • A taxa de mortalidade dos infectados pelo vírus Nipah varia entre 40% e 70%.
  • Surtos do vírus já ocorreram em regiões como Malásia, Singapura, Bangladesh e Índia.

Como surgiu o vírus Nipah?

O vírus Nipah (NiV) pertence à família Paramyxoviridae e ao gênero henipavirus. Ele é geneticamente relacionado ao vírus Hendra, outro henipavirus que, assim como o Nipah, é encontrado em morcegos.

O vírus Nipah foi primeiramente identificado em 1999, durante um surto que atingiu porcos e pessoas na Malásia e em Singapura.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
         

Como ocorre a transmissão do vírus Nipah?

O Nipah é um vírus zoonótico, isto é, é transmitido entre animais não humanos e humanos. Seu reservatório natural são os morcegos do gênero Pteropus, também conhecidos como “raposas-voadoras”.

Os morcegos do gênero Pteropus podem transmitir o vírus para outros animais, como porcos, e para seres humanos. As pessoas podem se infectar pelo vírus ao entrarem em contato com animais infectados ou com seus fluidos corporais, como saliva ou urina. Uma vez que uma pessoa está infectada pelo vírus, ela também pode infectar outras pessoas. Ainda, outra forma de se contaminar com o vírus é por meio de alimentos infectados.

Leia também: Doenças que causaram grandes epidemias na história

Sintomas do vírus Nipah

O vírus Nipah afeta o sistema respiratório e o sistema nervoso, gerando sintomas semelhantes à gripe, como febre, dor de cabeça, dor muscular, fadiga e tontura. Ainda, pode gerar dificuldades respiratórias e encefalite, que consiste em uma inflamação do cérebro que pode causar sintomas como confusão, desorientação, sonolência e até convulsões.

Alguns indivíduos também podem apresentar pneumonia e outras complicações respiratórias mais severas. Os sintomas podem variar de leves a severos, muitas vezes levando o infectado a óbito.

Tratamento do vírus Nipah

Até o momento não existem vacinas contra o vírus Nipah. O único tratamento disponível é no sentido de aliviar os sintomas dos pacientes acometidos pelo vírus.

Prevenção do vírus Nipah

A prevenção à contaminação pelo vírus Nipah envolve a adoção de algumas estratégias nas regiões em que ocorreram os surtos (Bangladesh, Malásia, Singapura e Índia):

  • Lavar as mãos regularmente com água e sabão.
  • Não entrar em contato com morcegos e porcos infectados.
  • Evitar áreas onde os morcegos estão presentes.
  • Não comer ou beber alimentos que podem estar contaminados pelos fluidos corporais dos morcegos, como a seiva da tamareira ou frutas encontradas no chão.
  • Evitar o contato com os fluidos corporais de pessoas infectadas.

Leia também: Doenças que acometem tanto seres humanos quanto outros animais

Mortalidade do vírus Nipah

A taxa de mortalidade dos infectados pelo Nipah varia entre 40% e 70%, uma vez que não existem tratamentos nem vacinas para combater esse vírus.

Surtos do vírus Nipah

O vírus Nipah (NiV) foi identificado pela primeira vez em 1999, durante um surto que atingiu porcos e pessoas na Malásia e em Singapura. Nessa ocasião, foram registrados 300 casos de pessoas infectadas e mais de 100 mortes, ainda, mais de um milhão de porcos foram mortos como forma de controlar a dispersão do vírus.

Surtos do vírus Nipah vêm sendo registrados todos os anos em algumas partes da Ásia desde então, principalmente em Bangladesh e na Índia. O surto mais recente acontece na Índia, mais especificamente no estado de Kerala.

Fontes

CDC. Nipah virus (NiV). Centers for Disease Control and Prevention. Disponível em: <https://www.cdc.gov/vhf/nipah/index.html>.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Vírus Nipah. 30 mai. 2018. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/nipah-virus>.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Infecção pelo vírus Nipah - Bangladesh. 17 fev. 2023. Disponível em: <https://www.who.int/emergencies/disease-outbreak-news/item/2023-DON442>.

BBC NEWS BRASIL. Nipah: quais são as chances de vírus mortal chegar ao Brasil ou causar nova pandemia? 15 set. 2023. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/articles/c1r5yp1p14lo>.

BBC NEWS BRASIL. Nipah: como age o vírus que fez Índia fechar escolas e escritórios. 14 set. 2023. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/articles/ce7wplxnygeo>.

Escritor do artigo
Escrito por: Nicole Fernanda Sozza Formada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo. Desde 2021 atua na elaboração e revisão de conteúdos didáticos de Ciências e Biologia. Atualmente se dedica ao estudo de edição e preparação de textos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOZZA, Nicole Fernanda. "Vírus Nipah"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/virus-nipah.htm. Acesso em 28 de maio de 2024.

De estudante para estudante