Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Fatores bióticos e abióticos

Fatores bióticos e abióticos são, respectivamente, componentes vivos e componentes sem vida que interagem entre si formando um ecossistema.

Pequena planta na terra recebendo a luz solar, que é um fator abiótico.
A luz é um fator abiótico fundamental para a fotossíntese dos vegetais.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Fatores bióticos e abióticos interagem de modo a formar o que chamamos de ecossistema. Por fatores bióticos entendemos todos os seres vivos que vivem em determinada região, incluindo desde bactérias até animais, passando por protozoários, algas, fungos e plantas. Já os fatores abióticos são componentes sem vida de um ecossistema, como a água, gases atmosféricos e radiação solar. Tanto os fatores bióticos como os abióticos são fundamentais para o equilíbrio do ecossistema.

Leia também: Conceitos básicos de Ecologia que você precisa conhecer

Tópicos deste artigo

Resumo sobre fatores bióticos e abióticos

  • Fatores bióticos são os componentes vivos de um ecossistema.

  • São exemplos de fatores bióticos as bactérias, algas, protozoários, fungos, plantas e animais.

  • Fatores abióticos são os componentes não vivos do ecossistema.

  • São exemplos de fatores abióticos os gases atmosféricos, radiação solar, sais minerais e água.

O que são fatores bióticos e abióticos de um ecossistema?

De maneira simplificada, podemos definir um ecossistema como o conjunto de todos os seres vivos que ocorrem em determinado local, junto ao ambiente com o qual esses seres interagem, ou seja, a interação entre fatores bióticos e abióticos. Fatores bióticos e abióticos são componentes que interagem de modo a formar o ecossistema.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Diferença entre fatores bióticos e abióticos

Os fatores bióticos correspondem aos seres vivos que compõem determinado ecossistema. Nesse grupo estão incluídos desde indivíduos microscópicos a seres macroscópicos, das bactérias a grandes mamíferos e angiospermas. Desse modo, entre os fatores bióticos temos seres vivos ocupando diferentes níveis tróficos.

os fatores abióticos são componentes não vivos de um ambiente, sendo estes físicos ou químicos. Dentre esses componentes podemos citar a radiação solar, temperatura, sais minerais, oxigênio, água e solo.

Apesar de não apresentarem vida, os fatores abióticos são fundamentais para o equilíbrio de um ecossistema, uma vez que cada espécie é encontrada em locais específicos que apresentam as condições físicas e químicas necessárias para sua sobrevivência e reprodução.

Veja também: Biodiversidade — o que é e por que é tão importante?

Como os fatores bióticos e abióticos se relacionam em um ecossistema?

Todos os ecossistemas do planeta são constituídos por fatores bióticos e abióticos que interagem entre si. Os seres vivos estão a todo momento interagindo uns com os outros por meio das relações ecológicas.

Em um recife de coral, por exemplo, diferentes seres vivos estão presentes, e diferentes relações ecológicas podem ser observadas. Tubarões alimentam-se de outros animais, realizando a chamada predação. A rêmora interage com o tubarão alimentando-se dos restos que ele deixa, sem lhe causar nenhum prejuízo, em uma relação conhecida como comensalismo.

Recife de coral com espécies de várias cores e luz solar refletindo na água, fatores bióticos e abióticos.
Fatores bióticos e abióticos interagem em diferentes ecossistemas de modo a garantir o equilíbrio local.

Outra relação que pode ser observada é o mutualismo, que ocorre entre o peixe-palhaço e a anêmona, por exemplo. As anêmonas se alimentam dos restos de alimentos deixados pelo peixe e, em troca, fornecem proteção ao animal contra predadores.

Qual a importância dos fatores bióticos e abióticos para o ecossistema?

Além da interação que ocorre entre os fatores bióticos, os fatores abióticos também se fazem presentes e são fundamentais para o equilíbrio do ecossistema. A luz, por exemplo, é essencial para a sobrevivência dos seres fotossintetizantes, os quais a utilizam no processo de fotossíntese.

A temperatura é outro componente abiótico essencial, uma vez que algumas células podem até mesmo se romper em temperaturas baixas, e muitas proteínas se desnaturam em altas temperaturas. Sem quantidades adequadas de água e oxigênio, muitas espécies também desapareceriam.

Podemos perceber, portanto, que todas as espécies vivas do planeta necessitam de outras espécies e também de fatores sem vida para que ocorram. Alterações em qualquer um desses componentes impactam diretamente o ecossistema.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Fatores bióticos e abióticos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/fatores-bioticos-e-abioticos.htm. Acesso em 21 de maio de 2024.

De estudante para estudante