close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Greta Thunberg

Greta Thunberg é uma jovem sueca que ganhou renome por seus protestos exigindo que a comunidade internacional tomasse medidas para evitar as mudanças climáticas.

Greta Thunberg com expressão séria e braço apoiando o rosto.
Greta Thunberg é uma jovem sueca que ganhou renome internacional por protestar contra o aquecimento global. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Greta Thunberg é uma jovem estudante sueca conhecida internacionalmente por ser uma ativista que exige ações da comunidade internacional para reverter os efeitos das mudanças climáticas em curso por conta do aquecimento global. Ela tomou conhecimento da causa em 2011 e desde sua adolescência se engajou em protestos.

Ela obteve grande repercussão quando começou a faltar aulas para protestar na frente do Parlamento sueco, exigindo dos políticos locais medidas em defesa do meio ambiente. Recentemente, Greta participou de inúmeros eventos internacionais que debatem a importância da questão climática, discursando diversas vezes.

Leia também: Malala Yousafzai — a garota paquistanesa conhecida por defender o direito das mulheres de estudarem

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Greta Thunberg

  • Greta Thunberg é uma jovem sueca que nasceu em 2003.

  • Ela foi diagnosticada com síndrome de Asperger, condição que se relaciona com o espectro do autismo.

  • Teve conhecimento sobre as mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global em 2011.

  • Engajou-se em protestos exigindo que medidas sejam tomadas para evitar as mudanças climáticas durante a sua adolescência.

  • Foi convidada a participar de diversos eventos de renome internacional, discursando até mesmo na ONU.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Origem de Greta Thunberg

Greta Tintin Eleonora Ernman Thunberg nasceu em Estocolmo, capital da Suécia, no dia 3 de janeiro de 2003. Ela é filha de Malena Ernman, conhecida por ter tido uma carreira de sucesso como cantora de ópera, e de Svante Thunberg, um ator. Greta tem uma irmã mais nova chamada Beata.

Greta foi diagnosticada com a síndrome de Asperger, uma condição que está relacionada com o espectro do autismo. Essa condição é marcada por afetar a capacidade do indivíduo de se sociabilizar e de se comunicar, mas não atrapalha no desenvolvimento intelectual. A síndrome de Asperger causa hiperfoco, que permite que o indivíduo desenvolva uma atenção muito grande em um assunto específico.

Ativismo de Greta Thunberg

Greta Thunberg é conhecida internacionalmente por seu ativismo contra o aquecimento global, sendo enérgica na defesa de medidas radicais que combatam as mudanças climáticas em andamento. Ela teve contato com esse assunto pela primeira vez em 2011, quando possuía apenas oito anos de idade.

O assunto causou grande impacto em Greta Thunberg, e desde então ela procurou adaptar sua vida para evitar realizar ações que contribuam com as mudanças climáticas. A grande atenção que ela deu à problemática colaborou para ela desenvolver depressão, motivada pela angústia que sentia ao ver tão poucas ações sendo tomadas para reverter as mudanças no clima.

Foi durante o processo de tratamento da depressão que ela e sua família descobriram a síndrome de Asperger. Na sua adolescência, ela procurou adequar suas práticas para tentar torná-las mais sustentáveis. Greta tornou-se vegana, passou a reciclar objetos e decidiu parar de se locomover de avião porque esse meio de transporte emite muito carbono na atmosfera.

Greta estendeu suas ações contra as mudanças climáticas e tentou convencer os seus pais a que eles também adotassem algumas práticas para reduzir o impacto das mudanças climáticas. Depois de algum tempo, ela conseguiu convencer a sua família a realizar mudanças em seus hábitos, e logo os seus pais se tornaram veganos.

A mãe de Greta ainda precisou abandonar sua carreira como cantora internacional de ópera, pois parou de se locomover de avião. Atualmente, seus pais militam pela causa ambientalista, que defende que ações contra as mudanças climáticas sejam tomadas para evitar maiores tragédias no futuro.

→ Protestos de Greta Thunberg no Parlamento sueco

Greta Thunberg manifestando-se em Estocolmo segurando uma placa que diz “Greve escolar pelo clima”.
Em 2018, Greta passou a faltar aulas para protestar na frente do Parlamento sueco. [2]

Em 2018, Greta Thunberg deu um novo passo no seu ativismo pelo meio ambiente e passou a faltar suas aulas às sextas-feiras para ir à porta do Parlamento sueco exigir dos parlamentares medidas mais efetivas contra as mudanças climáticas. Ela nomeou seus protestos como Skolstrejk för klimatet, o que pode ser traduzido como “Greve escolar pelo clima”.

Os protestos de Greta iniciaram em agosto de 2018 e se estenderiam até o começo de setembro do mesmo ano, quando aconteceria uma eleição geral na Suécia. Ela tentou mobilizar outros colegas de escola a se juntarem a ela, mas como ninguém se interessou nisso, Greta decidiu realizar os protestos sozinha.

Leia também: Rosa Parks — a mulher negra que lutou contra a segregação racial nos Estados Unidos

Atuação internacional de Greta Thunberg

Os protestos na frente do Parlamento sueco deram projeção a Greta Thunberg, principalmente pela repercussão de suas ações nas redes sociais. Os protestos de Greta continuaram a ser realizados todas as sextas na frente do Parlamento sueco, e milhares de estudantes copiaram suas ações em diferentes partes do planeta.

Greta se transformou em uma personalidade internacional e passou a ser convidada a participar de diversos eventos ambientalistas em vários países. Um dos eventos mais importantes dos quais ela participou foi a Conferência das Nações Unidas pelas Mudanças Climáticas, a COP24, realizada em dezembro de 2018. Nesse evento, ela discursou no plenário da assembleia.

Ela ainda participou de outros eventos e esteve em lugares importantes, como:

  • Fórum Econômico Mundial;

  • Comitê Econômico e Social Europeu;

  • Parlamento Europeu;

  • Parlamento Britânico;

  • Cúpula do Clima da ONU;

  • COP25.

Thunberg discursou ainda em muitos outros eventos, participou de protestos de movimentos ambientalistas, já foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz em duas ocasiões e foi eleita uma das 100 personalidades mais influentes do mundo no ano de 2019 pela revista Time. Os protestos conduzidos por Greta incomodaram diversos políticos pelo planeta, que teceram críticas a ela, como Donald Trump e Jair Bolsonaro.

Greta segue promovendo seus protestos na frente do Parlamento sueco às sextas-feiras, os quais são chamados atualmente de Fridays for Future, expressão que pode ser traduzida como “Sextas-feiras pelo Futuro”. Esses protestos fazem parte de um movimento internacional que mobiliza jovens pela causa ambientalista e pelo combate às mudanças climáticas.

Crédito de imagem

[1] Liv Oeian / Shutterstock

[2] Per Grunditz / Shutterstock

 

Por Daniel Neves Silva
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Greta Thunberg"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/greta-thunberg.htm. Acesso em 25 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Estude agora


Tempos verbais

Pretérito, presente ou futuro são tempos verbais que exprimem uma variação que indica o momento em que se dá o...

Bons dias, de Machado de Assis

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais sobre o livro de crônicas Bons dias, do escritor Machado de...