Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Capivara

Capivara é um mamífero que se destaca como o maior do mundo. Trata-se de um animal herbívoro de hábito semiaquático.

Família de capivaras em ambiente de água
Capivaras são mamíferos roedores que vivem em grupos.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Capivara é um mamífero herbívoro que se destaca por ser o maior roedor vivente, podendo atingir até 100 kg. Apresenta hábito semiaquático, sendo encontrada em áreas associadas a cursos de água, onde se protege de predadores e se reproduz. Capivaras são animais sociais que vivem em grupos de até 20 indivíduos. Seus hábitos são diurnos, com pico de atividades no período vespertino e crepuscular.

Leia mais: Porco-espinho — mamífero roedor que apresenta o corpo recoberto por estruturas pontiagudas

Tópicos deste artigo

Resumo sobre capivaras

  • Capivaras são mamíferos roedores encontrados na América do Sul e Central.

  • Levam o título de maior roedor do mundo.

  • São animais herbívoros generalistas.

  • Vivem em grupos que podem atingir 20 indivíduos.

  • Vivem em locais associados a cursos de água.

  • Suas ninhadas variam de um a oito filhotes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características da capivara

A capivara, também chamada de porco d’água, é uma mamífero pertencente à ordem Rodentia. Seu nome científico é Hydrochoerus hydrochaeris, sendo o nome do gênero derivado do grego hydro, “água”, e choerus,porco”. É importante deixar claro, no entanto, que a capivara não é um tipo de porco, apesar de sua aparência.

Destaca-se por ser o maior roedor do mundo, medindo cerca de 1,30 m de comprimento e 0,50-0,60 m de altura, e pesando até 100 kg. Apesar de poder atingir 100 kg, os machos apresentam em média 60 kg e as fêmeas 50 kg quando adultos. Animais em cativeiro tendem a atingir maior peso. Os filhotes, ao nascer, apresentam cerca de dois quilos.

Capivaras possuem pelos com coloração marrom-avermelhada, e o aspecto de sua pelagem está relacionado com a saúde do animal e sua alimentação. O corpo desses animais é arredondado, os membros são curtos e o pescoço é curto e volumoso. As patas anteriores apresentam quatro dedos, enquanto as posteriores possuem três. Os dedos são unidos por membranas que facilitam a natação. Apresentam dentes incisivos compridos, podendo medir de 5 cm a 6 cm em animais adultos.

As capivaras apresentam olhos, orelhas e narinas alinhados de modo que o animal consegue nadar e deixar essas estruturas acima da água. Elas também se destacam por sua capacidade de ficar vários minutos embaixo da água.

As capivaras são animais que vivem em grupos com até 20 indivíduos. Esses grupos são territoriais e têm um macho dominante, várias fêmeas, jovens e subadultos. O macho dominante possui uma glândula na região do focinho que libera uma secreção utilizada para marcar território, esfregando-a na vegetação e em objetos presentes no local. Capivaras apresentam hábitos diurnos, sendo o pico de suas atividades durante os períodos vespertino e crepuscular.

As capivaras podem ser predadas por diferentes animais, como onças, jaguatiricas, serpentes e jacarés. Capivaras vivem entre 15 e 20 anos.

Capivara nadando
Capivaras apresentam olhos, orelhas e narinas alinhados de modo a poderem nadar sem submergir essas estruturas.

Habitat da capivara

A capivara é um animal semiaquático encontrado na América Central e América do Sul, ocorrendo do sul do Panamá ao nordeste da Argentina, não sendo observada na região da cordilheira dos Andes. Capivaras são encontradas, geralmente, em regiões onde há corpos d’água, sendo avistadas, por exemplo, em áreas de matas ciliares e savanas sazonalmente inundáveis. Os ambientes aquáticos, tais como rios e lagos, fornecem proteção contra predadores e são usados para cópula e termorregulação.

Alimentação da capivara

A capivara é um animal herbívoro generalista que se alimenta, por exemplo, de capim e vegetação aquática. É considerada precoce com sua alimentação, uma vez que filhotes podem se alimentar de gramíneas poucos dias após o seu nascimento. Além disso, podem ser tornar independentes do leite de sua mãe em cerca de cinco semanas.

Leia mais: Cadeias alimentares — mostram relações de alimentação existentes entre os organismos de um ecossistema

Reprodução da capivara

As capivaras apresentam um sistema de acasalamento do tipo poligínico e promíscuo. Isso significa que o macho poderá se acasalar com diferentes fêmeas do grupo. A capivara é um animal que se reproduz durante o ano todo e apresenta gestação de 145 a 160 dias. Normalmente, ela dá à luz de um a oito filhotes, destacando-se por sua elevada taxa de fecundidade e fertilidade.

Capivara e transmissão de doenças

As capivaras são animais muito importantes do ponto de vista da saúde pública. Isso porque esse animal está relacionado com a transmissão da febre maculosa, uma doença que provoca febre alta, dores no corpo, dor de cabeça, falta de apetite e pode até mesmo levar ao óbito, caso o tratamento não seja iniciado rapidamente. A febre maculosa é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, transmitida pela picada do carrapato do gênero Amblyomma. Capivaras destacam-se como um dos principais hospedeiros desses carrapatos.

Videoaula sobre mamíferos

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Capivara"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/capivara.htm. Acesso em 04 de julho de 2022.

De estudante para estudante


PUBLICIDADE

Estude agora


Direitos das crianças no Brasil

Veja nesta videoaula o histórico dos direitos das crianças no Brasil, percorrendo o período colonial até a...

Êxodo rural

Assista à nossa aula e descubra o que é o êxodo rural. Conheça as causas e consequências desse fenômeno mundial....