Topo
pesquisar

Proliferar e Sobressair: dois verbos não pronominais

Gramática

Os verbos proliferar e sobressair, ainda que concebidos como pronominais, assim não se concebem, pois se classificam como intransitivos.
PUBLICIDADE

Acerca destes enunciados, iniciemos nossa discussão analisando-os:

O aluno se sobressaiu entre os demais.

Combata o mosquito da dengue, caso contrário ele pode se proliferar.

Em ambos constatamos os verbos sobressair e proliferar acompanhados do pronome se, fato esse que nos remete à noção de que eles, segundo os postulados gramaticais, apresentam-se como pronominais, ou seja, aqueles verbos que requerem para junto de si o uso de tal pronome.  Contudo, cabe a nós, usuários da língua, verificarmos, atestarmos se realmente tal ocorrência linguística procede ou não.

Pois bem, respondendo a essa indagação levantada, cabe afirmar que em se tratando da predicação, tanto o verbo sobressair, quanto o verbo proliferar, são concebidos como intransitivos, dispensando, portanto, o uso do pronome oblíquo (se). Nesse sentido, voltando à noção primeira – demarcada pelo fato de eles, supostamente, serem concebidos como pronominais, vale ressaltar que assim não o são. Logo, retifiquemos os enunciados linguísticos que nos serviram de exemplo:

O aluno sobressaiu entre os demais.

Combata o mosquito da dengue, caso contrário ele pode proliferar.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria Do Nascimento. "Proliferar e Sobressair: dois verbos não pronominais"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/gramatica/proliferar-sobressair-dois-verbos-nao-pronominais.htm>. Acesso em 25 de julho de 2016.

A revisão de texto funciona como um importante procedimento, indispensável a uma boa escrita
Redação Revisão de texto
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA