Topo
pesquisar

Plural dos verbos nas locuções verbais

Gramática

O plural dos verbos nas locuções verbais integra uma das particularidades gramaticais determinadas por fatos específicos, nos quais o verbo pode ou não ser flexionado.
PUBLICIDADE

Ao fazermos referência às locuções verbais, logo temos a ideia da junção de dois verbos: um que concentra em si mesmo o sentido mais significativo da ação expressa pelo sujeito – denominado de principal; e outro, que apenas acompanha o principal, assumindo, assim, uma ideia acessória – chamado de auxiliar. Dessa forma, ainda que existam outros, podemos afirmar que os auxiliares são representados pelos verbos ser, estar, ter e haver. No sentido de recordá-los, basta acessar os textos “Verbos auxiliares – aspectos relevantes” e “Subjuntivo, imperativo e formas nominais dos auxiliares”. Ainda neles falando, temos a noção de que o núcleo do predicado é sempre o verbo, constatação extremamente plausível. Mas, e em se tratando das locuções verbais? Esse núcleo será, portanto, ambos os verbos: tanto o auxiliar quanto o principal. 

Elucidações efetivamente firmadas, vamos então ao real objetivo que norteia o artigo em questão: apontar acerca da flexão desses verbos, os quais compõem as locuções verbais. Assim, vejamos:

* Nos tempos compostos, integrados pelos auxiliares “ter” e “haver”, o verbo principal, estando no particípio, permanece no masculino singular. Observe alguns exemplos:

Colegas e professores haviam feito tudo para incentivá-lo a permanecer na escola.

Beatriz e Paulo têm trabalhado bastante nestes últimos dias. 

* Em se tratando dos verbos auxiliares “ser” e “estar”, o particípio, ora assumindo a função de adjetivo, concorda em gênero e número com o vocábulo ao qual faz referência – no caso, o sujeito. Assim, perceba alguns casos representativos:

Recursos foram gastos com estas obras inacabadas.

Ao cair da tarde, as luzes estão acesas.

* No caso de o verbo estar na forma infinitiva (original), ele permanece sempre invariável. Constate os casos a seguir:

Alguns alunos continuam a falar acerca do ocorrido.

Deveríamos estar contentes com a chegada deles.   

* Nos casos em que o verbo principal é impessoal, o auxiliar também assim se torna, permanecendo, portanto, invariável (terceira pessoa do singular). Veja:

Deveria haver mais funcionários especializados.

Apesar do que possa ter havido, estarei sempre ao lado dela.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria Do Nascimento. "Plural dos verbos nas locuções verbais"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/gramatica/plural-dos-verbos-nas-locucoes-verbais.htm>. Acesso em 06 de fevereiro de 2016.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Vanessaquinta-feira | 13/03/2014 14:59Hs
    Boa tarde, se possível me esclareça uma dúvida. na frase não podem os terceiros SER prejudicados o correto é SER ou SEREM prejudicados. Se possível gostaria de saber o motivo de uma das assertivas estar correta Grata
    • Alison Varjolosexta-feira | 16/10/2015 03:32Hs
      o correto é SER prejudicados. Para facilitar, coloque a frase na ordem direta: Os terceiros não podem ser prejudicados. No caso, "podem" e "ser" são auxiliares e quando os verbos auxiliares possuem o mesmo sujeito (os terceiros), o segundo auxiliar não se flexiona.
      2 0
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA