close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Carta de reclamação

Carta de reclamação é um gênero correspondência, aplicado em diferentes contextos, e que serve para transmitir uma mensagem de insatisfação a algum destinatário de poder.

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A carta de reclamação é um gênero textual de correspondência, utilizado para manifestar alguma insatisfação, para algum destinatário que tenha poder ou responsabilidade sobre o problema. Essa carta apresenta elementos da estrutura padrão dos gêneros de correspondência, como local, data, destinatário e remetente. Além disso, esse texto apresenta uma linguagem concisa e argumentativa bem como subjetiva, na medida em que expressa e defende uma insatisfação pessoal.

Leia também: Carta aberta – gênero textual de caráter argumentativo e público

Tópicos deste artigo

O que é carta de reclamação?

A carta de reclamação é um subgênero do gênero textual carta. Ela se define por transmitir uma informação que indica uma insatisfação, um problema ou uma injustiça sofrida pelo remetente. O destinatário é quem pode intervir ou solucionar o problema, geralmente por estar em uma posição hierárquica superior.

Em diversas circunstâncias, esse gênero pode ser utilizado para manifestar alguma indignação que se sinta, e sobre a qual possa ser feito algo a respeito. Desse modo, por meio desse documento, o autor consegue se expressar e solicitar um auxílio.

É possível encontrar a carta de reclamação:

  • em situações pessoais, como circunstâncias de moradia, condomínio, compra de produtor;

  • em situações profissionais, como direitos negligenciados, demora de algum serviço ou solicitação; e

  • em situações políticas, quando se utiliza o gênero para reclamar, a algum servidor público, sobre algum problema identificado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características e estrutura de uma carta de reclamação

A carta de reclamação, sendo um gênero de correspondência, apresenta aspectos comuns a todos os gêneros de tal categoria, como:

  • Identificação do destinatário: nesse caso, o nome pode ser acompanhado do cargo ocupado pelo destinatário e/ou o nome da instituição da qual faz parte.

  • Marcação de local e data: em diferentes locais, a marcação de local e data sempre se fará presente. Pode ser apresentada no canto superior da página, ao final, junto à assinatura, ou nos dois locais.

  • Vocativo: apresenta-se destacado ou acoplado ao corpo do texto. A depender do nível de proximidade e da diferença hierárquica entre os interlocutores, pode ser necessário o uso de pronomes de tratamento adequados ao cargo do destinatário.

  • Corpo do texto: é a parte em que o remetente de fato expressa seu problema bem como apresenta seus argumentos em defesa de uma solução. O corpo do texto pode variar de tamanho a depender da complexidade do assunto.

  • Despedida: toda carta apresenta uma despedida final que serve para marcar a finalização da mensagem.

  • Assinatura: ao final da carta, o remetente deve assiná-la e indicar seu cargo ou função (quando necessário).

Além dessa estrutura, outras características compõem a carta de reclamação. Ela deve apresentar uma linguagem clara e concisa. Toda informação apresentada deve ser pertinente à reclamação que está sendo feita. O autor também pode inserir anexos que auxiliem na argumentação.

Passo a passo de como se faz uma carta de reclamação

A carta de reclamação pode ser utilizada quando um serviço ou produto não atende as expectativas.
A carta de reclamação pode ser utilizada quando um serviço ou produto não atende as expectativas.

Para fazer uma carta de reclamação, o autor deve selecionar, previamente, todas as informações necessárias ao gênero e ao problema que será relatado. Sendo assim, é necessário identificar o destinatário adequado para receber a mensagem, localizar nome, função e instituição. Em seguida, é necessário avaliar todos os argumentos pertinentes para o texto bem como os anexos que possam ser utilizados.

Na hora da produção textual, o autor deve:

  • Começar o texto com a marcação de local e data (opcional) e nome da instituição (se houver).

  • Inserir o nome do destinatário e as informações adicionais sobre ele, como o cargo ocupado e/ou o nome da instituição ou departamento em que trabalha.

  • Usar um vocativo adequado à circunstância e à posição hierárquica do destinatário.

  • Iniciar o corpo do texto se apresentando e apresentando a situação que gerou a insatisfação.

  • Dar seguimento, aprofundando os argumentos e detalhes que expressem o desconforto e indignação do autor.

  • Concluir com um desfecho e uma solicitação de ajuda (opcional).

  • Inserir uma despedida cordial.

  • Assinar com próprio punho.

  • Marcação de local e data.

Veja também: Carta argumentativa — gênero que busca defender um ponto de vista sobre algo

Exemplo de carta de reclamação

Como mencionado, a carta de reclamação pode ser utilizada em diferentes circunstâncias. A seguir, um modelo de carta de reclamação:

São Paulo, 18 de novembro de 2019

À empresa “x”,

Eu, Lúcia, comprei um notebook da marca “tal” e do modelo “z”, no dia 18 de novembro deste ano, no site oficial da loja. O computador apresentava, entre outras qualidades, o rápido funcionamento, ampla memória e praticidade, este último tendo em vista que o produto deveria ter pouco peso, facilitando seu carregamento.

Ao receber o produto em casa, assustei-me logo de início com o peso da caixa, que julguei estar alto demais, mas refleti que podia ser devido ao isopor e aos acessórios. Abri o pacote e, para minha surpresa, o peso da caixa era realmente do computador.

Ainda duvidando do meu julgamento, pesei os dois notebooks, o meu antigo e o novo, para testar a diferença. O produto antigo pesou 1.650 kg, e o produto novo (propaganda de leveza) pesou 1.800 kg. Reitero que, entre as frases de propaganda, constava a afirmação “produto mais leve da história e presente no mercado”, algo que, nitidamente, não é real, pois, além de não possuir o menor peso, meu antigo modelo ainda está disponível em mercado, logo, são duas mentiras em uma frase só.

Estou decepcionada. Comprei um produto considerando o peso, afinal, minha profissão exige muita mobilidade acompanhada do computador. No entanto, fui enganada e acabei ficando pior do que já estava.

Portanto, envio essa carta formalizando a reclamação e solicitando um posicionamento da empresa quanto ao meu problema. Caso não seja tomada nenhuma atitude, tentarei resolvê-lo por vias legais e jurídicas.

Atenciosamente,
Lúcia Silva e Silva

 

Como é possível observar, o exemplo apresenta a correspondência de uma cliente (Lúcia) para determinada empresa (empresa “x”). A carta apresenta uma reclamação de compra. No início, a autora narra como fez a compra do produto e destaca os elementos que a fizeram tomar a escolha final.

Na sequência, ela apresenta o problema relatando a diferença entre as afirmações da propaganda e as características do produto. Para reforçar seus argumentos, ela cita trechos da propaganda, características do seu trabalho, além do próprio peso, comparado ao do computador antigo. Por fim, a autora faz seu desfecho reafirmando que, se necessário, recorrerá judicialmente, despedindo-se, ao final, com sua assinatura.

 

Por Talliandre Matos
Professora de Redação

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MATOS, Talliandre. "Carta de reclamação"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/redacao/carta-reclamacao.htm. Acesso em 28 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Videoaulas


Estude agora


Genética no Enem: leis de Mendel

Genética é sempre um desafio entre os estudantes, seja pela necessidade de noções de probabilidade, seja pela...

Ludwig von mises

Membro da escola austríaca de economia, Mises foi um dos pilares do liberalismo no século XX. Não foi um filósofo...