Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cálculo do volume de chuvas

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A matemática é utilizada em diversas áreas do conhecimento e, onde menos se espera, lá está ela para tentar explicar e compreender os fenômenos físicos, químicos, ambientais e sociais. A criação de modelos matemáticos para explicar esses fenômenos é de fundamental importância para tomada de decisões e criação de estratégias para lidar com as mais variadas situações.

Diariamente somos informados sobre a previsão do tempo nos mais diversos meios de comunicação. Uma série de variáveis é responsável pela determinação de uma boa previsão do tempo, dentre elas podemos destacar: a pressão atmosférica, a temperatura, a umidade e a precipitação, que é a quantidade de chuva em um determinado período de tempo. Muitas vezes nem damos a atenção devida a essas previsões, mas elas são de grande valia para o setor agropecuário e para a prevenção de tragédias relacionadas a deslizamentos e enchentes.

Saber o volume de chuva de uma determinada região também é muito importante e o método para calcular esse volume é desconhecido de grande parte da população. O cálculo desse volume envolve apenas conceitos de geometria espacial e plana.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O pluviômetro é um aparelho meteorológico destinado a medir, em milímetros, a altura da lâmina de água gerada pela chuva que caiu numa área de 1m2.

Dizer que em uma região choveu 100 mm significa dizer que em uma área de 1 m2, a lâmina de água formada pela chuva que caiu apresenta uma altura de 100 milímetros. Esse volume pode ser obtido calculando o volume do paralelepípedo de 1 m2 de área da base e altura de 100 mm = 0,1 metros.

Assim, o volume da chuva será dado por:
V = (área da base) x altura
V = 1 x 0,1 = 0,1 m3

Esse volume pode ser determinado em litros, lembrando que 1 m3 = 1000 litros.

Assim, uma chuva de 100 mm equivale a um volume, em litros, de:
V = 0,1 x 1000 = 100 litros

Isso implica dizer que, para cada metro quadrado da região, houve uma precipitação de 100 litros.

Por Marcelo Rigonatto
Especialista em Estatística e Modelagem Matemática
Equipe Brasil Escola

Geometria Espacial - Matemática - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIGONATTO, Marcelo. "Cálculo do volume de chuvas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/matematica/calculo-volume-chuvas.htm. Acesso em 12 de agosto de 2022.

De estudante para estudante


Qual a diferença entre regra de três simples e composta?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Como transformar fração em porcentagem?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Videoaulas


PUBLICIDADE

Estude agora


Murilo Mendes

Nesta videoaula, você conhecerá um pouco mais sobre a vida e a obra de Murilo Mendes, um importante poeta do...

Relativismo moral

Uma posição relativista é aquela que entende que não há um padrão certo e seguro para determinar-se o valor de...