Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Causas da Segunda Guerra Mundial

As causas da Segunda Guerra Mundial foram o revanchismo alemão, a expansão nazifascista e a invasão da Polônia. Adolf Hitler teve importante papel nesse conflito.

Reunião do Partido Nazista em alusão às causas da Segunda Guerra Mundial.
As principais causas da Segunda Guerra Mundial foram a busca da Alemanha por revanche e a ascensão de Hitler e do nazismo.[1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

As causas da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) foram as tensões não resolvidas e catalisadas pela Primeira Guerra Mundial: a assinatura do Tratado de Versalhes impôs à Alemanha a responsabilidade pela guerra, além de pesadas indenizações. Aliado a isso, a ascensão do nazismo organizou o Estado alemão para uma nova guerra, em busca de revanche.

Leia também: Quais as principais causas da Primeira Guerra Mundial?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre as causas da Segunda Guerra Mundial

  • A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) foi causada pelas tensões não resolvidas e catalisadas pela Primeira Guerra Mundial.
  • Os antecedentes históricos da Segunda Guerra Mundial estavam ligados intimamente à Primeira Guerra Mundial, sobretudo ao Tratado de Versalhes (1919).
  • Contrastes na Europa: os países vitoriosos da Primeira Guerra prosperavam sob regimes democráticos; por outro lado, na Alemanha ascendia o nazismo.
  • A origem da Segunda Guerra Mundial remonta às consequências da Primeira Guerra Mundial. Isso significa que as principais causas da Segunda Guerra foram gestadas ao final da Primeira.
  • A República de Weimar, organizada na Alemanha pós-Primeira Guerra, fracassou em aplicar a democracia liberal parlamentar e deu lugar ao nazismo.
  • O Partido Nazista, liderado por Adolf Hitler, difundiu ideias nacionalistas e racistas, perseguindo minorias, como os judeus, e chegando ao controle do país em 1933.
  • O evento inaugural da Segunda Guerra Mundial foi a invasão alemã da Polônia em 1º de setembro de 1939.
  • A Alemanha Nazista constituiu, com a Itália Fascista e o Japão, uma aliança conhecida como Eixo, que lutou contra os Aliados na Segunda Guerra Mundial.

Antecedentes históricos da Segunda Guerra Mundial

Os antecedentes históricos da Segunda Guerra Mundial estiveram ligados intimamente à Primeira Guerra Mundial, sobretudo a suas consequências:

  • a humilhação da Alemanha com a imposição do Tratado de Versalhes (1919);
  • o surgimento e desenvolvimento do fascismo italiano e do nazismo alemão — ambos regimes autocráticos totalitários — como resposta à crise do pós-Primeira Guerra;
  • o desenvolvimento econômico das democracias liberais europeias e americanas, sobretudo Inglaterra, França e Estados Unidos;
  • o desenvolvimento do regime soviético sob a liderança de Joseph Stalin.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Diante de todos esses eventos, o cenário europeu era de contrastes: de um lado, os países que saíram vitoriosos da Primeira Guerra prosperavam sob regimes democráticos com economias capitalistas; de outro, os países a quem se impuseram as consequências da derrota na guerra, sobretudo a Alemanha, fracassaram em organizar regimes de governo democráticos e sistemas parlamentaristas, caminhando para a autocracia, na forma das ditaduras totalitárias nazifascistas.

Junto a essa modificação na estrutura política do Estado, vieram o amplo controle estatal da economia, que causou um intenso desenvolvimento industrial e econômico, e as perseguições étnicas contra grupos considerados “traidores da nação” pelos nazifascistas, como os judeus.

Veja também: Como os nazistas planejaram exterminar os judeus na Europa

Principais causas da Segunda Guerra Mundial

Hitler e os nazistas representam uma das causas da Segunda Guerra Mundial.
Hitler e membros do Partido Nazista em 1930. A Alemanha buscava se reerguer econômica e politicamente.[2]

O historiador britânico Eric Hobsbawm, na obra A Era dos Extremos, afirmou categoricamente que a causa da Segunda Guerra Mundial pode ser explicada em duas palavras: Adolf Hitler. Para entender essa análise tão direta, é necessário compreender o contexto do período entre guerras de 1918 a 1939.

A origem da Segunda Guerra Mundial remonta às consequências da Primeira Guerra Mundial. Isso significa que as principais causas da Segunda Guerra foram gestadas ao final da Primeira, em tensões internacionais não resolvidas ou mal resolvidas. Entre elas, destaca-se a questão da Alemanha e o fracasso dos tratados de paz da Primeira Guerra.

→ A situação da Alemanha após a Primeira Guerra

Após a Primeira Guerra Mundial, o Império Alemão foi dissolvido e em seu lugar nasceu uma nação chamada República Alemã. A transição da forma de governo monárquica para a republicana trouxe diversos desafios: era necessário reorganizar por completo a estrutura política do país e, com ela, a mentalidade política de seus cidadãos.

Com essa finalidade, entre fevereiro e agosto de 1919, reuniu-se na cidade de Weimar uma assembleia nacional constituinte, a qual produziu a primeira constituição republicana da história alemã: a Constituição de Weimar. Nela, estabeleceu-se como sistema de governo a democracia representativa semipresidencial: no centro do sistema político estava o Parlamento federal (chamado de Reichtag), que exercia o Poder Legislativo. Além disso, havia o presidente da república, que era eleito pela população e, sendo chefe de Estado, escolhia o chanceler, que exercia o Poder Executivo, sendo o chefe de governo.

A República de Weimar (1918-1933), nome dado a esse período da história alemã, em pouco tempo demonstrou sinais de fracasso: com as limitações econômicas e consequências impostas pelo Tratado de Versalhes (1919), o governo do primeiro presidente Friedrich Ebert e do primeiro chanceler Philipp Scheidemann, entre 1919 e 1925, não foi capaz de reerguer economicamente o país, realizar as diversas reformas necessárias, manter a democracia e equilibrar as tensões políticas entre os movimentos autoritários e comunistas que se desenvolviam.

Assim, o contexto das eleições que levaram Paul von Hindenburg à presidência em 1925 já demonstravam a guinada autoritária por parte de diversos setores da política e sociedade alemã, sobretudo pela massiva adesão ao Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães, conhecido também como Partido Nazista.

O Parlamento a essa altura já tinha maioria nazista, fato que motivou o presidente a escolher Adolf Hitler, líder do Partido Nazista, para o cargo de chanceler em 1933. Com isso, Hitler chegou ao poder e, em pouco tempo, converteu a República Alemã em uma autocracia totalitária: o Terceiro Reich (1933-1945).

→ O fracasso do Tratado de Versalhes

Capa do Tratado de Versalhes, em inglês, que representou uma das causas da Segunda Guerra Mundial.
Capa do Tratado de Versalhes com a inscrição: “O Tratado de Paz entre as Potências Aliadas e Associadas e a Alemanha”.

O fim da Primeira Guerra Mundial pode ser relacionado aos trabalhos da Conferência de Paris (1919-1920), na qual foi concebido e assinado o Tratado de Versalhes. Esse tratado significou a humilhação da Alemanha, pois, segundo ele:

  • o país foi o único culpado pela guerra (a “cláusula de culpa”, que consta no artigo 231 do tratado) e foi obrigado a pagar uma indenização de 269 bilhões de marcos;
  • diversos territórios, como a Alsácia-Lorena, foram devolvidos à França, que também exigiu a desmilitarização completa de suas fronteiras;
  • o país foi proibido de ter um exército maior do que 100 mil homens e o serviço militar não seria mais obrigatório;
  • ficou proibida a importação e fabricação de carros blindados, tanques e qualquer equipamento militar; foi determinada a perda de territórios ricos em carvão (importantes para a indústria) em favor da França.

As condições impostas pelo Tratado de Versalhes condenaram a República de Weimar ao fracasso: o governo, endividado, imprimiu trilhões de marcos (sua moeda na época), gerando uma imensa inflação, o que deteriorou a economia alemã e ressoou no ambiente político, culminando com a ascensão do nazismo.

→ Invasão da Polônia pelos nazistas

Formalmente, porém, o evento causador da Segunda Guerra Mundial foi a invasão alemã da Polônia em 1º de setembro de 1939. Durante o ápice da política expansionista nazista, a Polônia foi invadida após a assinatura de um tratado secreto com a União Soviética (que foi conivente com a invasão e dividiu com os nazistas o território) chamado Pacto Ribbentrop-Molotov (1939) ou Pacto de Não Agressão Germano-Soviético.

Inglaterra e França haviam avisado a Hitler que qualquer ação sobre a Polônia significaria guerra. Por essa razão, em 3 de setembro de 1939, essas nações declararam guerra à Alemanha.

    • Videoaula sobre a invasão da Polônia

Curiosidades sobre a Segunda Guerra Mundial

  • A Alemanha Nazista constituiu, com a Itália Fascista e o Japão, uma aliança conhecida como Eixo. É comum que a história da Segunda Guerra seja contada considerando-se apenas os eventos ocidentais, mas é importante ressaltar que o Japão atuou ativamente no Oriente, sobretudo na região do oceano Pacífico, e foi o último país do Eixo a ser derrotado, rendendo-se apenas após o ataque americano com bombas atômicas a Hiroshima e Nagasaki, em 1945.
  • A atividade expansionista japonesa teve início em 1937, quando o país invadiu a China e ocupou sua capital imperial, Pequim. Em 1938, os japoneses travaram muitas batalhas contra a União Soviética e a Mongólia pelo controle de territórios na região do oceano Pacífico. Diante da vitória soviética nas batalhas, o Japão mudou seu foco para territórios americanos no Pacífico, o que levou à adesão dos Estados Unidos à guerra como membro dos Aliados.
  • É curioso observar que, mesmo após o fim da guerra, e até os dias atuais, seus efeitos ainda estão presentes: a dívida imposta à Alemanha no Tratado de Versalhes, referente à indenização pela causa da Primeira Guerra Mundial e que foi uma das razões para as tensões que causaram a Segunda Guerra Mundial, teve sua última parcela paga apenas em 3 de outubro de 2010, ou seja, 92 anos após o fim da guerra!

Saiba mais: Afinal, o Brasil participou da Segunda Guerra Mundial?

Exercícios resolvidos sobre as causas da Segunda Guerra Mundial

Questão 1) Depois da Primeira Guerra Mundial, houve a assinatura do Tratado de Versalhes e o desejo de que a paz caminhasse pelo mundo, sem disputas e competições. No entanto, o Tratado de Versalhes:

A) provocou insatisfações no povo alemão, descontente com regras e cobranças dos vencedores.

B) influenciou o poder dos norte-americanos, interessados na fundação do Mercado Comum Europeu.

C) apresentou ideias equilibradas para cessar as intrigas, mas não contou com o apoio dos franceses.

D) foi o único tratado assinado pelos países participantes da guerra, devido à extensão dos seus objetivos.

E) contou com a adesão de todas as nações europeias, deixando pequenas tensões entre ingleses e franceses.

Resolução: letra A. O Tratado de Versalhes humilhou a Alemanha e teve como consequência a insatisfação de sua população.

Questão 2) O nazismo comandou a Alemanha durante boa parte da década de 1930 até a derrota na Segunda Guerra Mundial frente aos Aliados, em 1945. Podemos afirmar que o nazismo consistia em um regime

A) democrático, nacionalista, conservador, militarista, racista e capitalista.

B) autocrático, nacionalista, militarista, antissemita e socialista.

C) autocrático, nacionalista, militarista, racista e capitalista.

D) liberal, nacionalista, militarista, antissemita e socialista.

E) autocrático, nacionalista, liberal, militarista, racista e comunista.

Resolução: letra C. O nazismo foi um regime autocrático, nacionalista, que se baseou em tropas paramilitares, perseguiu minorias raciais (como os judeus) e teve economia capitalista.

Créditos das imagens

[1] Bundesarchiv, Bild 183-1987-0703-507 / Desconhecido / CC-BY-SA 3.0/ Wikimedia Commons

[2] Bundesarchiv, Bild 119-0289 / Desconhecido/ CC-BY-SA 3.0/ Wikimedia Commons

Fontes

HOBSBAWN, Eric. A Era dos Extremos: o breve século XX (1914-1991). São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MASSON, Philippe. A Segunda Guerra Mundial: História e estratégias. São Paulo: Contexto, 2010.

ALMEIDA, Angela Mendes. A República De Weimar E A Ascensão Do Nazismo. São Paulo: Brasiliense, 1990.

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "Causas da Segunda Guerra Mundial"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/os-preparativos-segunda-guerra-mundial.htm. Acesso em 23 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Adolf Hitler

Clique para saber mais detalhes sobre a vida de Adolf Hitler. Conheça detalhes de suas origens familiares, sua juventude e seu papel como líder nazista.
Biografia

Bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki

Entenda por que os Estados Unidos optaram por lançar as bombas atômicas sobre o Japão e quais foram os efeitos desse ato para a população japonesa.
História Geral

Início da Segunda Guerra e invasão da Polônia

Entenda os motivos que levaram a Alemanha a invadir a Polônia em 1939 e que causaram o início da Segunda Guerra Mundial.
História Geral

Nazismo

Você sabe o que é nazismo? Entenda o contexto da Alemanha que permitiu o surgimento do nazismo e de seus ideais. Veja também alguns pontos de sua ideologia.
História Geral

Os tratados do pós-Primeira Guerra

Primeira Guerra Mundial, Tratado de Versalhes, indenizações, Alemanha, Império Austro-Húngaro, Império Turco-Otomano, Tratado de Saint-German, Tratados de Sèvres, Tratado de Lausanne, revanchismo, regimes totalitários, crise de 1929.
Guerras

Primeira Guerra Mundial

Entenda as causas, consequências, combatentes e fases da Primeira Guerra Mundial, além de conferir um resumão do assunto, um mapa mental e uma videoaula. Não perca!
História Geral

Regimes totalitários

Clique e veja mais informações a respeito dos regimes totalitários. Veja características e alguns detalhes sobre nazismo, fascismo e stalinismo.
História Geral

Segunda Guerra Mundial

Acesse para saber mais sobre o maior conflito da história da humanidade: a Segunda Guerra Mundial. Confira também videoaula sobre o tema e um mapa mental!
História Geral

Solução final: o plano nazista de extermínio dos judeus na Europa

Você já ouviu falar na Solução Final? Clique e saiba mais detalhes sobre os planos nazistas implantados durante o Holocausto.
História Geral

Stalinismo

Acesse e saiba mais sobre o stalinismo. Saiba quando Stalin ascendeu ao poder político da União Soviética e entenda as principais ações realizadas por esse regime.
História Geral