Topo
pesquisar

Uso da expressão “um e outro”

Gramática

O uso da expressão “um e outro” requer uma modificação do termo determinado e do verbo da oração.
No uso de “um e outro”, o termo determinado fica no singular e o verbo pode ir para o singular ou plural
No uso de “um e outro”, o termo determinado fica no singular e o verbo pode ir para o singular ou plural
PUBLICIDADE

Como você já deve saber, a concordância nominal é aquela na qual os adjeitvos, pronomes adjetivos, artigos, numerais e particípios concordam em gênero e número com o núcleo do sintagma nominal que determinam. No entanto, existem algumas expressões que exigem uma observação especial quanto a sua concordância, entre elas está “um e outro”, que possui as seguintes regras:

a) Quando a expressão “um e outro” for o sujeito da oração, põe-se no singular o determinado (substantivo) e, geralmente, o verbo, embora o plural seja possível e preferível:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Um e outro participante declararam-se contra a medida.

Um e outro participante declarou-se contra a medida.

Olhando para um e outro lado, atravessou a avenida movimentada.

b) Quando a expressão “um e outro” for relacionada a nomes com gêneros diferentes, deve concordar com a forma masculina:

Deitaram ao lado um do outro a menina e o cão.

Diante do constrangimento, ele e ela olharam-se e acabaram amigos um do outro.

Por Mariana Rigonatto
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIGONATTO, Mariana. "Uso da expressão “um e outro”"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/uso-expressao-um-outro.htm>. Acesso em 21 de setembro de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA