Whatsapp

Processos de formação de palavras

Gramática

Podemos citar como exemplos de processos de formação de palavras a composição e a derivação.
PUBLICIDADE

Há em Português palavras primitivas, palavras derivadas, palavras simples e palavras compostas.

  • Palavras primitivas: aquelas que, na língua portuguesa, não provêm de outra palavra. Ex.: pedra, flor.
  • Palavras derivadas: aquelas que, na língua portuguesa, provêm de outra palavra. Ex.: pedreiro, floricultura.
  • Palavras simples: aquelas que possuem um só radical. Ex.: azeite, cavalo.
  • Palavras compostas: aquelas que possuem mais de um radical. Ex.: couve-flor, planalto.

As palavras compostas podem ou não ter seus elementos ligados por hífen.
 

Processos de formação de palavras

Como processos de formação de palavras, podemos citar:

Haverá composição quando se juntarem dois ou mais radicais para formar nova palavra. Há dois tipos de composição: justaposição e aglutinação.

⇒ Justaposição: ocorre quando os elementos que formam o composto são postos lado a lado, ou seja, justapostos:

para-raios

corre-corre

guarda-roupa

segunda-feira

girassol

⇒ Composição por aglutinação: ocorre quando os elementos que formam o composto aglutinam-se e pelo menos um deles perde sua integridade sonora:

Aguardente (água + ardente), planalto (plano + alto)

Pernalta (perna + alta), vinagre (vinho + acre)

  • Derivação por acréscimo de afixos


É o processo pelo qual se obtêm palavras novas (derivadas) pela anexação de afixos à palavra primitiva. A derivação pode ser: prefixal, sufixal e parassintética.

⇒  Prefixal (ou prefixação): a palavra nova é obtida por acréscimo de prefixo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

In--------feliz       des----------leal
prefixo + radical  prefixo + radical

⇒  Sufixal (ou sufixação): a palavra nova é obtida por acréscimo de sufixo.

Feliz----mente   leal------dade
radical + sufixo   radical + sufixo

Parassintética: a palavra nova é obtida pelo acréscimo simultâneo de prefixo e sufixo. Por parassíntese formam-se principalmente verbos.

En-------trist-----ecer
prefixo + radical + sufixo

en--------tard-----ecer 
prefixo + radical + sufixo

  • Outros tipos de derivação:


Há dois casos em que a palavra derivada é formada sem que haja a presença de afixos. São eles: a derivação regressiva e a derivação imprópria.

Derivação regressiva: a palavra nova é obtida por redução da palavra primitiva. Ocorre, sobretudo, na formação de substantivos derivados de verbos.

Derivação imprópria: a palavra nova (derivada) é obtida pela mudança de categoria gramatical da palavra primitiva. Não ocorre, pois, alteração na forma, mas tão somente na classe gramatical.

Observe:

jantar (substantivo) deriva de jantar (verbo)
mulher aranha (o adjetivo aranha deriva do substantivo aranha)
Não entendi o porquê da briga. (o substantivo porquê deriva da conjunção porque)

 

Outros processos de formação de palavras:

Hibridismo: é a palavra formada com elementos oriundos de línguas diferentes.

automóvel (auto: grego; móvel: latim)
sociologia (socio: latim; logia: grego)
sambódromo (samba: dialeto africano; dromo: grego)

Por Marina Cabral
Especialista em Língua Portuguesa e Literatura
 

Alguns processos são responsáveis pela formação de novas palavras em Português.
Alguns processos são responsáveis pela formação de novas palavras em Português.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Marina Cabral da. "Processos de formação de palavras"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/estrutura-e-formacao-de-palavras-ii.htm. Acesso em 13 de abril de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Analise atentamente o poema a seguir, atentando-se para as questões pertinentes ao mesmo:

                                                    F o r m a
                                                  R e f o r m a
                                                  D i s f o r m a
                                                 T r a n s f o r m a
                                                   C o n f o r m a
                                                      I n f o r m a
                                                        F o r m a

a – Estamos diante de um poema concreto de autoria de José Lino Grünewald. De acordo com o processo ligado à formação de palavras, conceitue-o, levando em consideração o radical.


b – Indique a classe gramatical a que pertence o radical e as demais palavras que dele se originaram.

Questão 2

José Paulo Paes utiliza também de um recurso linguístico relacionado à estrutura das palavras. Veja:

       Seu metaléxico
          economiopia
          desenvolvimentir
          utopiada
          consumidoidos
          patriotários
          suicidadãos
        (Os melhores poemas de José Paulo Paes)

a – O poeta, usufruindo-se de sua habilidade artística, cria um jogo de palavras a partir de outras já existentes na língua. Analise cada verso indicando as palavras de origem.

b – Explicite seus conhecimentos relatando qual foi o processo a que se deve a  tal ocorrência.
 

Mais Questões
Artigos Relacionados
Leia sobre a composição, um dos processos de formação de novas palavras, a qual nos auxilia a ampliar nosso vocabulário.
Entenda o que é neologismo e conheça quais são os tipos existentes. Veja também a diferença entre ele e o estrangeirismo e leia exemplos de ambos os fenômenos.
Você já se perguntou acerca do não como prefixo, no sentido de descobrir se ele se escreve com hífen ou sem hífen? Descubra em um só clique se houve alguma mudança!
O uso ou não do hífen no prefixo “pré” se encontra relacionado a pressupostos específicos. Torne-se então um (a) conhecedor (a) desse caso ao clicar aqui!
Leia este texto sobre vogal temática e amplie seus conhecimentos a respeito da estrutura e da formação de palavras da Língua Portuguesa.