Pronombres indefinidos

Espanhol

PUBLICIDADE

Os pronomes indefinidos em espanhol, pronombres indefinidos, fazem parte da extensa classe de pronomes, que são palavras que cumprem uma função semelhante à de um substantivo, considerados como “nomes”, ou sintagma nominal. Recordemos que um sintagma nominal é uma palavra ou conjunto de palavras que se articulam em torno de um núcleo nominal e que pode exercer alguma função sintática, com exceção da função de verbo.

Os pronomes indefinidos, especificamente, dão uma informação não concreta, indefinida ou indeterminada sobre a realidade a que se referem. São considerados também como pronomes “quantitativos”, porque indicam um número indeterminado de objetos.

Leia também: Las conjunciones – elementos indispensáveis para a coesão de textos em espanhol

Quais são os pronombres indefinidos?

Na tabela abaixo temos uma lista extensa e completa dos pronomes indefinidos usados em espanhol:

SINGULAR

PLURAL

masculino

femenino

masculino

femenino

uno

una

unos

unas

alguno

alguna

algunos

algunas

ninguno

ninguna

=

=

poco

poca

pocos

pocas

escaso

escasa

escasos

escasas

mucho

mucha

muchos

muchas

demasiado

demasiada

demasiados

demasiadas

todo

toda

todos

todas

=

=

varios

varias

otro

otra

otros

otras

tan, tanto

tanta

tantos

tantas

NEUTROS

singular

plural

algo

=

nada

=

bastante

bastantes

alguien

=

nadie

=

cualquiera

cualesquiera

tal

tales

demás

=


Vejamos alguns exemplos de orações que empregam os pronomes indefinidos:

- Tengo unos libros en el salón.
(Tenho uns livros na sala.)

- ¿Hay alguna diferencia entre las dos opciones?
(Há alguma diferença entre as duas opções?)

- No me queda ninguna plata.
(Não me sobrou nenhum centavo.)

- Al cabo de pocos segundos oyó una fuerte explosión.
(Ao fim de poucos segundos ouviu uma forte explosão.)

- Hay escasas naranjas en la nevera.
(Há escassas laranjas na geladeira.)

- El plástico tarda muchos años en descomponerse.
(O plástico demora muitos anos para se decompor.)

Esta es una excusa demasiado sencilla.
(Esta é uma desculpa demasiadamente simples.)

- De la mesa me gustan todas las comidas.
(Gosto de todas as comidas que estão na mesa.)

- Existen varias teorías evolutivas.
(Existem várias teorias evolutivas.)

- ¿Por qué crees que se utilizan aquellos materiales y no otros?
(Por que você acha que se utilizam aqueles materiais, e não outros?)

- Era tan feo que su aspecto espantaba.
(Era tão feio que sua aparência espantava.)

- Festejar algo es reconocer su valor y mostrar agradecimiento.
(Festejar algo é reconhecer seu valor e demonstrar gratidão.)

- Cuando se va la luz, no funciona nada.
(Quando acaba a luz, nada funciona.)

- La estructura del programa es bastante compleja.
(A estrutura do programa é bastante complexa.)

- ¿Conoces a alguien que tenga problemas de hipertensión?
(Você conhece alguém que tenha problemas de hipertensão?)

Nadie puede decidir tu futuro en tu lugar.
(Ninguém pode decidir seu futuro por você.)

- Escoge cualquier celular que te guste.
(Escolha qualquer celular de que você goste.)

Tales cuestiones aparecen en todas las culturas.
(Tais questões aparecem em todas as culturas.)

A partir de estas construcciones científicas se elaboran las demás.
(A partir destas construções científicas, elaboram-se as demais.)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Apócopes em pronomes indefinidos

Uma “apócope” é um fenômeno linguístico que suprime um som ao final de uma palavra. Entre os pronomes indefinidos, temos dois deles que sofrem influência desse fenômeno, a saber, alguno e ninguno.

Pronomes indefinidos expressam coisas indefinidas.
Pronomes indefinidos expressam coisas indefinidas.

Em espanhol, quando um desses dois pronomes antecede um substantivo masculino, existe uma regra segundo a qual devemos reduzi-los às formas algún e ningún. Perceba a diferença entre eles nos seguintes exemplos.

- ¿Me puedes recomendar algún restaurante de comida china? ¿Conoces alguno?
(Você pode me recomendar algum restaurante de comida chinesa? Conhece algum?)

- Este sábado no tengo ningún evento adonde ir, ¡ninguno!
(Neste sábado não tenho nenhum evento para ir, nenhum!)

Veja também: Los adverbios – classe gramatical que determina as circunstâncias em espanhol

Exercícios resolvidos

Questão 01 - Assinale a alternativa em que o pronome indefinido está incorreto:

a) En la vida, nunca hay demasiado amor.

b) No tengo nada en los bolsillos.

c) Estoy escuchando a alguien.

d) Entre todos los que leí, ninguno libro me ha interesado.

e) Los demás miembros están de acuerdo.

Resolução

Alternativa D, pois o pronome está antecedendo um substantivo masculino, dessa forma, deve sofrer apócope, formando, assim, a forma ningún.

Questão 2 - Elige la opción correta:

a) No me dejaré influenciar por ningún/ninguno político.

b) Mi moto ha tenido mismas/bastantes averías últimamente.

c) Hay escasas/cualesquiera opciones de vencer.

d) En el amor y en la guerra todo/ninguno vale.

e) Hubo poca/toda participación pública en la votación.

Respostas:

a) ningún

b) bastantes

c) escasas

d) todo

e) poca

 

Por Diego Guimarães Gontijo
Professor de Espanhol

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GONTIJO, Diego Guimarães. "Pronombres indefinidos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/pronombres-indefinidos.htm. Acesso em 04 de agosto de 2020.