Verbos defectivos em espanhol

Espanhol

PUBLICIDADE

Os verbos defectivos em espanhol são caracterizados por possuírem uma conjugação incompleta. Isso significa que eles não podem ser conjugados em todos os tempos, modos e pessoas, como os verbos regulares, mas sua conjugação limita-se a apenas algumas dessas flexões do verbo.

Muitos dos verbos defectivos em espanhol referem-se a fenômenos da natureza, o que permite terem apenas um tipo de flexão, na terceira pessoa do singular, classificados como verbos unipersonales; mas há também os verbos defectivos que possuem sentido de acontecimentos e ideias abstratas, flexionados só nas terceiras pessoas, tanto no plural como no singular, por isso denominados verbos terciopersonales.

Leia também: Verbos reflexivos em espanhol: estrutura, usos, exemplos

Lista de verbos defectivos em espanhol

De forma geral, os verbos defectivos são escassos em espanhol. Os principais, com suas respectivas traduções para o português, são os seguintes:

Espanhol

Português

haber

haver

llover

chover

nevar

nevar

tronar

trovejar

relampaguear

relampejar

amanecer

amanhecer

atardecer

entardecer

anochecer

anoitecer

acostumbrar

acostumar

soler

costumar

concernir

concernir

acontecer

acontecer

atañer

tanger

ocurrir

ocorrer

Verbos unipersonales

Os verbos defectivos unipersonales têm como principal característica o fato de que não têm sujeito, razão pela qual são conjugados exclusivamente na terceira pessoa do singular, em todos os tempos e modos gramaticais. Muitos deles descrevem fenômenos meteorológicos, que não são realizados por um sujeito específico, por isso não podem ser atribuídos a nenhuma pessoa verbal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Da tabela apresentada, destacamos os verbos haber, llover, nevar, amanecer, atardecer e anochecer. Exemplos:

  • Cada día hay más alternativas en el mercado.
    (A cada dia há mais alternativas no mercado.)

  • Necesitamos que llueva, sino vamos a perder la cosecha de este año.
    (Precisamos que chova, senão vamos perder a colheita deste ano.)

  • En esta época del año siempre nieva, así que vamos a poder esquiar seguramente.
    (Nesta época do ano sempre neva, então certamente vamos poder esquiar.)

  • Cuando salimos estaba amaneciendo. Era demasiado temprano.
    (Quando saímos estava amanhecendo. Era muito cedo.)

  • Está por atardecer. Podríamos sacar algunas fotos.
    (Está quase entardecendo. Poderíamos tirar algumas fotos.)

  • Nos quedamos en la playa hasta que anocheció. La temperatura estaba ideal.
    (Ficamos na praia até anoitecer. A temperatura estava ideal.)

Em relação ao verbo haber, quando usado como verbo auxiliar de outras formas verbais, tais como os pretéritos perfecto compuesto e pluscuamperfecto, ele já não é considerado defectivo, mas regular. Exemplos:

  • Todos los periódicos han publicado la misma noticia.
    (Todos os jornais publicaram a mesma notícia.)

  • Estaban agotados porque habían caminhado mucho.
    (Estavam esgotados, porque tinham caminhado muito.)

No tocante aos verbos “da natureza”, quando eles assumem significados não relacionados a fenômenos atmosféricos, a língua espanhola permite sua conjugação em outras pessoas verbais. Tais usos podem ser exemplificados nas seguintes orações:

  • Llueven los rumores acerca de su vida privada.
    (Chovem os rumores acerca de sua vida privada.)

  • Amanecimos en Córdoba y luego nos fuimos a Rosario.
    (Amanhecemos em Córdoba e depois fomos para Rosario.)

Veja também: Verbo gustar: como esse verbo é utilizado?

Verbos terciopersonales

Os verbos terciopersonales, ao contrário dos unipersonales, estão sim dotados de sujeito, mas são conjugados exclusivamente nas terceiras pessoas do singular e do plural ou nas formas nominais do verbo (infinitivo, gerúndio e particípio). A razão para isso é que esses verbos são aplicados a acontecimentos e ideias abstratas, não a pessoas. Da tabela de verbos no início deste artigo, destacamos acontecer, atañer e ocurrir. Exemplos:

  • En esta ciudad siempre acontecen cosas extrañas. Parece una película.
    (Nesta cidade acontecem coisas estranhas. Parece um filme.)

  • Me parece que este problema atañe a otras personas, no a nosotros.
    (Eu acho que este problema tange a outras pessoas, não a nós.)

  • Lo que ocurre es que no tenemos el dinero suficiente para organizar el evento.
    (O que ocorre é que não temos dinheiro suficiente para organizar o evento.)

Os verbos defectivos têm um defeito: não são conjugados em todas as pessoas.
Os verbos defectivos têm um defeito: não são conjugados em todas as pessoas.

Exercício resolvido

Questão 1 - Todas as orações seguintes referem-se a verbos defectivos unipersonales, exceto:

a) Es preferible estar preparado, siempre hay que contemplar nuevas posibilidades.

b) Está tronando desde hace unos minutos. Debe estar por llover.

c) Cuando suceden este tipo de circunstancias, lo mejor es esperar y no tomar ninguna decisión apresurada.

d) Está comenzando a relampaguear, mejor entremos la ropa que quedó en el patio o se va a mojar.

Resolução

Alternativa C. O verbo suceder é classificado como terciopersonal, pois pode ser conjugado tanto em singular quanto em plural.


Por Diego Guimarães Gontijo
Professor de Espanhol  

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GONTIJO, Diego Guimarães. "Verbos defectivos em espanhol"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/verbos-defectivos-em-espanhol.htm. Acesso em 09 de agosto de 2020.