Uretra

Biologia

PUBLICIDADE

A uretra é um canal que conecta a bexiga ao meio externo, sendo considerada o último segmento das vias urinárias. Essa estrutura é responsável pela micção tanto em homens quanto em mulheres, entretanto, no homem, também serve de passagem para o sêmen, sendo, portanto, um órgão que também faz parte do sistema reprodutor masculino. Outra diferença entre a uretra masculina e feminina está no tamanho, sendo a uretra masculina muito maior que a feminina.

Inflamações na uretra são conhecidas como uretrites e podem provocar dor ao urinar e aumento da frequência urinária. Uma das causas da uretrite são as infecções sexualmente transmissíveis, como gonorreia e clamídia.

A uretra é a porção final das vias urinárias.
A uretra é a porção final das vias urinárias.

Uretra masculina

A uretra masculina é um canal comum para a micção e ejaculação e se estende da bexiga até o óstio externo da uretra, seguindo um caminho de cerca de 20 cm. A uretra masculina pode ser dividida em três porções:

  • uretra prostática;

  • uretra membranosa;

  • uretra esponjosa.

A uretra prostática, como o nome indica, atravessa a próstata. Ela possui um comprimento de cerca de 3 cm e é nela que os ductos que transportam a secreção produzida pela próstata desembocam.

Quando a próstata aumenta de tamanho, como no caso da hiperplasia prostática benigna, pode ocorrer a compressão da uretra, o que leva a problemas como redução do fluxo urinário, vontade de urinar frequentemente e sensação de que a bexiga não foi totalmente esvaziada. Nessa estrutura também é possível observar duas saliências, denominadas colículos seminais, que são os locais onde os ductos ejaculatórios desembocam.

A uretra membranosa, por sua vez, atravessa o assoalho da pelve e apresenta cerca de 1 cm. Nessa região está presente o esfíncter externo da uretra, que atua controlando a micção. Por fim, a uretra esponjosa apresenta cerca de 15 cm de comprimento e atravessa o pênis. Na região adjacente ao óstio externo da uretra, está localizada uma porção dilatada denominada fossa navicular da uretra.

O aumento da próstata pode comprimir a uretra, provocando problemas ao urinar.
O aumento da próstata pode comprimir a uretra, provocando problemas ao urinar.

A uretra prostática é revestida por epitélio de transição. Já a membranosa é revestida por epitélio pseudoestratificado colunar. A esponjosa, por sua vez, é revestida por epitélio pseudoestratificado colunar, com regiões de epitélio estratificado pavimentoso. Glândulas do tipo mucoso, denominadas glândulas de Littré, estão presentes por toda a uretra, sendo predominantes na uretra esponjosa.

Leia também: Câncer de próstata — o segundo tipo de câncer mais comum em homens

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Uretra feminina

A uretra feminina é um órgão exclusivo do sistema urinário. Diferentemente da uretra masculina, a feminina é um tubo curto, apresentando entre 4 cm e 5 cm de comprimento. A uretra mais curta e a proximidade do ânus e vagina favorecem o desenvolvimento de bactérias na região, o que faz com que mulheres apresentem mais casos de infecção urinária do que os homens.

Ela é revestida por epitélio plano estratificado, apresentando regiões onde está presente epitélio pseudoestratificado colunar. Na porção final da uretra feminina, está presente o esfíncter externo da uretra, que controla a micção.

Leia também: Infecção urinária — sintomas, causas, tratamento e mais

Uretrite

Uretrite é uma inflamação da região da uretra. Pode ter diferentes causas, como infecção por bactérias e vírus, uso de substâncias que podem causar irritações, como espermicidas, e até mesmo causas traumáticas, como cirurgias. Uma das causas que merecem destaque são as infecções sexualmente transmissíveis, como a gonorreia e a clamídia. Essas causas podem ser prevenidas com uso de preservativo.

Bactérias podem invadir a uretra e provocar uretrite.
Bactérias podem invadir a uretra e provocar uretrite.

A uretrite pode causar sintomas como:

  • dor ao urinar;

  • aumento da frequência urinária;

  • vontade urgente e frequente de esvaziar a bexiga;

  • eliminação de secreção pela uretra.

O tratamento depende da causa da uretrite. Em uretrites causadas por bactérias, por exemplo, antibióticos são prescritos. Anti-inflamatórios podem também ser usados. É importante salientar que a uretrite, quando tratada incorretamente, pode afetar outras estruturas do sistema urinário, tais como bexiga, ureteres e rins. Não podemos deixar de citar também os danos causados ao sistema reprodutor, podendo até mesmo desencadear infertilidade.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Uretra"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/uretra.htm. Acesso em 19 de janeiro de 2021.

Artigos Relacionados
Amplie seus conhecimentos a respeito do sistema urinário, um sistema importante para o controle do equilíbrio interno do nosso corpo.
Clique aqui e descubra mais a respeito do sistema reprodutor e sua importância! Aprenda quais os órgãos que compõem os sistemas reprodutores masculino e feminino.
Saiba mais sobre o pênis, sua anatomia, como ocorre o processo de ereção e entenda os fatores que podem levar ao desenvolvimento de câncer de pênis.
Saiba tudo sobre o câncer de próstata clicando aqui! Entenda aqui o que é esse câncer, seus sintomas, tratamento e formas de prevenção.
Você já ouviu falar a respeito da infecção urinária? Clique aqui para saber mais sobre esse problema, que afeta principalmente mulheres.