Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Hormônios

Biologia

Os hormônios são substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que são lançadas na corrente sanguínea para atuar em tecidos-alvo.
Os hormônios atuam apenas em tecidos-alvo
Os hormônios atuam apenas em tecidos-alvo
PUBLICIDADE

No corpo humano existem estruturas, denominadas de glândulas, que produzem importantes secreções. Essas secreções podem ser lançadas na luz dos órgãos e na superfície externa do corpo (no caso das glândulas exócrinas) ou, ainda, no sangue – como é o caso das glândulas endócrinas. A secreção produzida pelas glândulas endócrinas é chamada de hormônio e atua nas mais variadas funções dos organismos.

Definição e mecanismo de atuação dos hormônios

Os hormônios são substâncias químicas secretadas pelas glândulas endócrinas que são lançadas na corrente sanguínea em pequenas quantidades, mas que são suficientes para desencadear uma resposta em um determinado tecido, chamado de tecido-alvo. Cada hormônio é específico e, portanto, incapaz de desencadear resposta em outros tecidos que não o seu alvo.

No tecido-alvo, existem células com receptores específicos ancorados na sua membrana plasmática ou no núcleo celular. No primeiro caso, ao se ligar aos receptores, os hormônios provocam modificações nessas estruturas. São essas modificações que fazem com que mensageiros localizados no interior da célula promovam as reações. Quando os receptores estão no núcleo, os hormônios atravessam a membrana e partem em direção à região nuclear. Nesse mecanismo, o hormônio causa alteração na transcrição de genes.

Vale frisar que algumas substâncias são chamadas de hormônios, mas não obedecem à definição, uma vez que não são produzidos por órgãos endócrinos definidos. Um exemplo disso é a vitamina D, produzida na pele a partir de precursores exógenos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A secreção hormonal pode obedecer a ciclos, havendo, assim, uma maior liberação em alguns horários do dia ou em algumas fases do mês, por exemplo. Normalmente a secreção é regulada por um mecanismo de feedback, que pode ser negativo ou positivo. A produção de paratormônio, por exemplo, ocorre por feedback negativo, pois sua quantidade é aumentada quando ocorre a queda do Ca2+ plasmático. Já a insulina é produzida por meio do feedback positivo, pois quando os níveis de glicose aumentam, ocorre um aumento da síntese do hormônio.

Funções dos hormônios

Os hormônios atuam nas mais variadas funções do organismo, sendo responsáveis por manter o equilíbrio interno do corpo (homeostase). Entre as atividades realizadas pelos hormônios, podemos citar o crescimento, a regulação e o funcionamento de determinadas estruturas do corpo; o desenvolvimento de caracteres secundários; controle da quantidade de glicose e cálcio no corpo; regulação do sono; atuação no metabolismo celular; preparação do nosso corpo para reações de perigo, entre várias outras funções.

Dica: Para conhecer especificamente a função dos principais hormônios das glândulas endócrinas, clique aqui e acesse um texto sobre o assunto!


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Hormônios"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/hormonios.htm. Acesso em 25 de setembro de 2021.

Lista de Exercícios
Questão 1

Os hormônios são substâncias químicas normalmente produzidas por glândulas endócrinas e lançadas na corrente sanguínea. A secreção hormonal obedece a alguns ciclos, como é o caso da insulina, que é produzida à medida que os níveis de glicose aumentam em nosso sangue. Esse tipo de regulação é denominado de:

a) apoptose.

b) secreção celular.

c) feedback negativo.

d) feedback positivo.

e) respiração celular.

Questão 2

Algumas substâncias que atuam como hormônios não são produzidas por glândulas endócrinas, sendo consideradas uma exceção à definição. Marque a alternativa abaixo que indica corretamente o nome de uma substância que funciona como hormônio, mas não é produzida em uma glândula endócrina.

a) Ocitocina.

b) Vitamina D.

c) Insulina.

d) Hormônio do crescimento.

e) Tiroxina.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Entenda o que é colesterol e a sua importância, aprenda a diferença entre HDL e LDL, e conheça os valores de referência para o colesterol clicando aqui!
Conheça as principais diferenças biológicas entre homens e mulheres!
Aprenda mais sobre a hipófise, clicando aqui. Neste texto exploraremos um pouco mais sobre essa glândula e os hormônios que ela produz.
Aprenda mais sobre o hormônio antidiurético clicando aqui! Neste texto explicaremos o que é esse hormônio, onde é produzido e seu papel no organismo.
Clique aqui e veja quais são os hormônios do sistema genital masculino.
Veja aqui o que é e como ocorre o ciclo menstrual.
Saiba mais sobre os hormônios masculinos que são produzidos pelas gônadas masculinas.
Saiba mais sobre a noradrenalina clicando aqui. Entenda a sua função, seu uso terapêutico e sua relação com a depressão.
Hormônio que influi no ciclo menstrual, menstruar no mesmo período, odores corporais, feromônio, mensageiros entre seres da mesma espécie, respostas fisiológicas, comunicação química, esteróide 5-a-androst-16-en-3-alfa-ol, ovulação.
A ocitocina é realmente o hormônio do amor? Clique aqui e descubra as diferentes funções que são atribuídas a esse hormônio e por que ele recebe a denominação de hormônio do amor. Além disso, veja onde esse hormônio é produzido e seu papel no momento do parto e amamentação.