Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é anticorpo?

O que é Biologia?

Entender o que é um anticorpo ajuda-nos a compreender melhor como o organismo prepara-se para infecções.
PUBLICIDADE

Anticorpos são glicoproteínas, também chamadas de imunoglobulinas, que possuem como principal função garantir a defesa do organismo. Essas glicoproteínas de defesa atuam de diferentes formas para evitar que uma partícula invasora cause danos à saúde. Elas podem ser encontradas no plasma, em compartimentos citoplasmáticos, na superfície de algumas células, no líquido intersticial e até mesmo no leite materno.

Os anticorpos são produzidos por plasmócitos, que se formam após a diferenciação de um leucócito chamado de linfócito B. A produção de anticorpos ocorre após a estimulação do linfócito por determinado antígeno, como um vírus ou uma bactéria.

Após sua produção, os anticorpos começam a interagir com os antígenos para garantir a defesa do organismo. Vale destacar que normalmente ocorre uma interação maior entre o anticorpo e o antígeno que causou sua produção, entretanto, pode haver a interação com outros antígenos (reações cruzadas).

Estrutura dos anticorpos

Os anticorpos são formados por duas cadeias leves idênticas e duas cadeias pesadas também idênticas. Essas cadeias apresentam uma região aminoterminal variável e uma região constante. Uma cadeia leve liga-se à pesada por ligações dissulfeto.

Nas cadeias pesadas, existem porções carboxílicas terminais constantes denominadas de fragmento Fc, que são responsáveis pelas ações biológicas do anticorpo. Os segmentos presentes na extremidade amínica pertencentes às cadeias leves e às cadeias pesadas são chamados de fragmento Fab, região onde o antígeno liga-se. A sequência de aminoácidos da sequência Fab é variável.

Observe a cadeia leve e a cadeia pesada de um anticorpo.
Observe a cadeia leve e a cadeia pesada de um anticorpo.

O que são isotipos?

Denominamos de isotipos as diferentes classes de moléculas do anticorpo. Essas classes são denominadas de IgA, IgD, IgE, IgG e IgM, sendo o IgG o mais comum no plasma. Entre as funções do IgG, podemos citar a ativação da fagocitose, a neutralização dos antígenos e proteção dos recém-nascidos, uma vez que é o único anticorpo capaz de atravessar a placenta e entrar em contato com o sangue do feto.

De que forma o anticorpo interage com o antígeno?

Ação do anticorpo
Geralmente o anticorpo interage apenas com o antígeno que estimulou sua produção.

Os anticorpos podem interagir com o antígeno de diversas formas. As principais são:

  • Opsonização: O anticorpo liga-se ao antígeno e forma um complexo antígeno-anticorpo, que ajuda a induzir a fagocitose;

  • Neutralização: Processo que torna as moléculas invasoras inofensivas;

  • Ativação do complemento: Ocorre a ativação de proteínas que causam a ruptura da membrana de organismos invasores.

Qual é o mecanismo do soro e da vacina?

A vacina é um agente de imunização que garante proteção ao nosso organismo. Ela promove uma imunização ativa, uma vez que contém antígenos que estimulam a produção de anticorpos pelo corpo. O soro, por sua vez, é uma imunização passiva, pois já apresenta os anticorpos. Sendo assim, nosso corpo não precisa produzi-los. Diferentemente da vacina, que busca a prevenção, o soro é usado no tratamento.

 

Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é anticorpo?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-anticorpo.htm>. Acesso em 20 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA