Topo
pesquisar

Ventos alísios

Geografia

Os ventos alísios são, por definição, deslocamentos de massas de ar em direção à Zona de Convergência Intertropical do globo terrestre.
Os ventos alísios, em convergência, interferem no clima da Amazônia e de outras áreas equatoriais
Os ventos alísios, em convergência, interferem no clima da Amazônia e de outras áreas equatoriais
PUBLICIDADE

No âmbito do sistema de circulação atmosférica global, um dos mais importantes movimentos realizados pelas massas de ar são os ventos alísios, que atuam na modificação climática cíclica de algumas regiões do planeta. Nesse sentido, a compreensão sobre como eles funcionam é importante no sentido de conhecermos um pouco mais sobre a dinâmica climática global.

Por definição, podemos dizer que os ventos alísios são deslocamentos de massas de ar quente e úmido que se realizam de forma concêntrica em direção às áreas de menor pressão atmosférica das zonas equatoriais do globo terrestre.

Para entender o movimento dos ventos alíseos, é preciso levar em consideração o fato de a pressão atmosférica ser menor em áreas onde a radiação solar incide de maneira mais intensa, isto é, onde as temperaturas são maiores. Isso ocorre porque o ar nessas áreas fica mais aquecido e emerge para as partes mais altas da atmosfera, provocando uma maior movimentação do fluxo de ar.

Outra informação importante, nesse ínterim, é a de que as áreas equatoriais recebem mais radiação solar ao longo do ano do que as demais áreas do globo terrestre, de modo que elas tendem a apresentar maiores temperaturas e, portanto, uma menor pressão atmosférica (exceto quando outros fatores climáticos interferem, a exemplo da altitude). Por isso, temos que os ventos alíseos movimentam-se do norte e do sul em direção às zonas próximas à Linha do Equador, caracterizando, dessa forma, uma das várias manifestações da circulação atmosférica do planeta.

Observe o esquema ilustrativo do movimento dos ventos alísios:


Esquema ilustrativo simplificado dos ventos alísios

A zona de baixa pressão atmosférica que recebe um grande fluxo de ventos alísios durante todo o ano possui o nome de Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Esses ventos deslocam-se em obediência ao efeito coriólis (força inercial causada pelo movimento de rotação), que faz com que os ventos do norte desloquem-se no sentido leste-oeste e os ventos do sul, no sentido oeste-leste, conforme ilustrado no esquema acima.

Da mesma maneira em que se manifestam os ventos alíseos, ocorrem também a dinâmica de dispersão dos ventos contra-alísios, que são mais secos e sopram do equador para os trópicos, posicionando-se em altitudes mais elevadas.

Essa dinâmica dos ventos alíseos e contra-alíseos integra o sistema de distribuição do calor da Terra pelas massas de ar e que se completa com a dispersão das correntes marítimas. As alterações nesse sistema provocam modificações climáticas, o que inclui as anomalias cíclicas do El Niño e do La Niña


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Ventos alísios"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/ventos-alisios.htm>. Acesso em 23 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA