Topo
pesquisar

Tiroxina e Tri-iodotironina

Biologia

PUBLICIDADE

A tiroxina (T4) e a tri-iodotironina (T3) são hormônios sintetizados pela glândula endócrina tireoidea, localizada na região anterior do pescoço lateralmente à laringe e à traqueia, tendo secreção regulada por estímulos tireoideoprópico (tireotrofina), produzida pela hipófise.

A disfunção na produção destas substâncias, além de manifestar deficiência visual, com projeção dos olhos saltando da órbita ocular (situação onde os olhos ficam arregalados), condição caracterizada por exoftalmia, também pode provocar a dilatação da glândula tireoidea, formando um “papo” no pescoço (bócio).

Quando em excesso, expressa um quadro clínico denominado de hipertireoidismo, apresentando os seguintes sintomas: ansiedade, cansaço ou insônia, tremores, aumento da sudação, falta de ar, diminuição de peso.

Quando insuficiente às necessidades metabólicas, configura um quadro de hipotireoidismo, sendo os sintomas: aparência apática, tendência a engordar, pele seca e escamosa, intolerância ao frio e cansaço excessivo.

Durante a infância, caso não seja detectada essa deficiência, o organismo pode apresentar um estado de retardo do crescimento e debilidade mental, condição conhecida por cretinismo.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk Da Fonseca. "Tiroxina e Tri-iodotironina"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/tiroxina-triiodotironina.htm>. Acesso em 26 de setembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA