Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bursite

A bursite é uma inflamação na Bursa que causa dor e dificuldade de movimentação da área atingida.

Movimentos repetitivos podem ocasionar a bursite
Movimentos repetitivos podem ocasionar a bursite
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A bursite é uma inflamação da Bursa (bolsa sinovial) – uma bolsa que contém líquidos que facilitam o deslizamento de músculos ou tendões sobre ossos. A inflamação ocorre graças a lesões que podem ser traumáticas, infecciosas ou até mesmo tumorais. Normalmente essa inflamação ocorre em ombros, cotovelos e joelhos, mas pode ocorrer em qualquer bolsa sinovial.

 A mais comum é a bursite no ombro, que pode ser desencadeada por diversos motivos, estando geralmente associada a movimentos repetitivos. É comum acometer esportistas, como tenistas que fazem movimentos bruscos durante o jogo. Também pode acometer professores que passam grande parte do dia escrevendo no quadro. Ela pode ocorrer até mesmo em pessoas que não fazem exercícios corretamente em academias.

Uma pessoa com bursite normalmente sente uma dor local e, algumas vezes, pode ser percebido certo inchaço na área. Vale destacar que diversas funções rotineiras podem ser prejudicadas, uma vez que a dor provoca dificuldade de movimento. Quando ocorre em ombros, por exemplo, atividades que necessitam do levantamento do braço tornam-se extremamente dolorosas.

O diagnóstico é feito através do relato do paciente e pode ser complementado com exames como ultrassom e ressonância. Após o diagnóstico, o primeiro passo é descobrir o que causou a bursite e tomar providências a respeito da atividade desencadeadora do problema.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para o tratamento da bursite, normalmente são indicadas aos pacientes compressas de gelo no local, pois elas diminuem o inchaço. Alguns médicos indicam analgésicos, anti-inflamatórios e até acupuntura para aliviar a dor. É importante também que o paciente fique em repouso, evitando movimentos que possam atingir a área afetada. A fisioterapia também é indicada.

Para se prevenir a bursite é importante que antes de toda e qualquer atividade física sejam realizados aquecimento e alongamento. Além disso, é importante que, ao realizar atividades repetitivas, sejam feitos intervalos. Caso a dor apareça, é necessário diminuir o ritmo ou até mesmo parar tal atividade.

Lembre-se de seguir todas as recomendações médicas e só retornar as atividades quando estiver completamente curado. A bursite não tratada pode levar a lesões sérias, podendo levar à rigidez do local acometido.


Por Vanessa dos Santos
Graduada em Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Bursite"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/bursite.htm. Acesso em 17 de junho de 2024.

De estudante para estudante