Topo
pesquisar

Banho ajuda a abaixar a febre?

Saúde na escola

Muitas pessoas perguntam-se se banho ajuda a abaixar a febre e também se o método é realmente eficaz. Fato é que muito ainda se discute sobre o tema.
A febre é um sintoma de que algo não está bem com nosso corpo.
A febre é um sintoma de que algo não está bem com nosso corpo.
PUBLICIDADE

A febre é uma situação temida por muitas pessoas, entretanto, essa condição não se trata de uma doença, e sim de um sintoma de que nosso organismo não está bem. Geralmente a febre está associada a quadros infecciosos e inflamatórios, e há pesquisadores que, inclusive, acreditam que a febre possui um efeito benéfico no organismo, no combate a agentes causadores de doença.

Entretanto, apesar de existir um possível benefício imunológico, a febre normalmente causa desconforto no paciente. Dentre as alterações que ela provoca, destacam-se falta de apetite, irritabilidade, sensação de calor e indisposição.

Leia também: Dicas de como prevenir doenças em crianças em idade escolar

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Medicamento para febre

Para controlar a febre, os médicos recomendam, normalmente, o uso de antitérmicos, como dipirona, ibuprofeno e paracetamol. Esses são usados geralmente para reduzir a temperatura e, consequentemente, as manifestações desagradáveis que a febre pode gerar.

Vale destacar que esses medicamentos não combatem o agente causador da doença, portanto, é fundamental tratar o que está causando a febre, para que esse sintoma não retorne.

A pessoa com febre pode sentir-se indisposta e apresentar falta de apetite.
A pessoa com febre pode sentir-se indisposta e apresentar falta de apetite.

O uso de medicamentos para a febre é um tema muito controverso, e há muito debate a respeito de quando esse sintoma deve ser tratado. É importante destacar que o uso de antitérmicos não deve ser feito de maneira descontrolada.

Na adaptação autorizada do artigo “Uso de antitérmicos: quando e como”, de Danilo Blank, destaca-se, por exemplo, que as drogas antipiréticas não devem ser utilizadas para reduzir temperatura das crianças que estão sentindo-se bem e que o uso desses medicamentos deve ser reservado para aquelas que estão sentindo desconforto.

Veja também: Riscos da automedicação

No artigo “Febre: mitos que determinam condutas”, de Lenita Wannmacher e Maria Beatriz Cardoso Ferreira, as autoras relatam também que evidências atuais sugerem que a febre é uma manifestação de defesa do organismo e não deve prontamente atacar quando há ausência de comprometimento do estado geral do paciente. Elas alertam ainda que o uso de medicamentos antitérmicos não previne as convulsões, condição tão temida por muitos pais, pois essas podem acontecer mesmo com temperaturas baixas.

Leia também: Criança com febre deve ir à escola?

Banho abaixa a febre?

Muitas pessoas perguntam-se se medidas caseiras podem ser utilizadas para o controle da febre. A resposta é sim, porém muitos autores discutem a eficácia desses métodos, que geralmente apresentam efeito de curta duração.

Dentre os métodos físicos para resfriamento do corpo, podemos citar: remoção de roupas, banho com água morna, esponjas mornas e arejamento do corpo.

Alguns métodos físicos podem ajudar na redução da temperatura do corpo.
Alguns métodos físicos podem ajudar na redução da temperatura do corpo.

O banho está entre os métodos mais utilizados, podendo ajudar na redução da temperatura do corpo, por exemplo, enquanto os medicamentos não fazem efeito no organismo. Geralmente os banhos são responsáveis por reduzir a temperatura entre 0,2 °C e 0,4 °C. Essa é uma medida física de resfriamento do corpo que ajuda principalmente a aliviar o mal estar causado pela febre.

Vale salientar, no entanto, que o banho deve ser sempre morno e nunca frio. A utilização de água fria leva à constrição vascular periférica, e isso leva a um aumento da conservação de calor do corpo. Além disso, a pessoa pode ainda começar a tremer de frio em decorrência desse processo, gerando ainda mais desconforto.

Atenção: O uso de álcool para abaixar a febre é completamente contraindicado e pode causar intoxicação.


Leia também: O que é natural não faz mal?

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Banho ajuda a abaixar a febre?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/banho-ajuda-abaixar-febre.htm. Acesso em 24 de agosto de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola