Topo
pesquisar

Charges

Redação

Gênero textual relacionado com o humor, as charges constroem seus significados a partir da relação entre linguagem verbal e não verbal.
PUBLICIDADE

Você sabe o que é charge?

A charge é um tipo de ilustração que geralmente apresenta um discurso humorístico e está presente em revistas e principalmente jornais. Trata-se de desenhos elaborados por cartunistas que captam de maneira perspicaz as diversas situações do cotidiano, transpondo para o desenho algum tipo de crítica, geralmente permeada por fina ironia.

Mas o que tem a charge a ver com a linguagem? A resposta para essa pergunta é: Tudo! A charge não se resume a uma imagem, engana-se quem acha que ela nada mais é do que uma piada gráfica. Não é por acaso que elas são normalmente publicadas em meio a artigos de opinião e cartas de leitores. A charge constitui um gênero textual interessante, que combina a linguagem verbal e a não verbal, e pode indicar opiniões e juízos de valores por parte de quem enuncia (o chargista). Também não é por acaso que cada vez mais as charges estejam presentes nos diversos vestibulares como objeto de análise.

Ao analisarmos uma charge, podemos perceber que nela estão inscritas diversas informações construídas a partir de um interessante processo intertextual que obriga o interlocutor a fazer inferências e a construir analogias, elementos sem os quais a compreensão textual ficaria comprometida. Observe alguns exemplos de charges que foram utilizadas como texto-fonte para o Enem e para a Fuvest:

Charge do cartunista Angeli, publicada na Folha de São Paulo em 14 de maio de 2000 e texto-base para questão do Enem do mesmo ano
Charge do cartunista Angeli, publicada na Folha de São Paulo em 14 de maio de 2000 e texto-base para questão do Enem do mesmo ano

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Charge do cartunista Angeli, publicada na Folha de São Paulo em 23 de março de 2007 e texto-base para questão do Enem do mesmo ano
Charge do cartunista Angeli, publicada na Folha de São Paulo em 23 de março de 2007 e texto-base para questão do Enem do mesmo ano

Charge do cartunista Henfil, texto-base para questão da prova de Geografia da Fuvest em 2012
Charge do cartunista Henfil, texto-base para questão da prova de Geografia da Fuvest em 2012

Em um primeiro contato, o leitor pode até pensar que a charge é apenas um texto engraçado e inocente, mas basta uma leitura mais cuidadosa para perceber que estamos diante de um gênero textual riquíssimo, que critica personalidades, política, sociedade, entre outros temas relevantes. Seu principal objetivo é estabelecer uma opinião crítica e, através dos elementos visuais e verbais, persuadir o leitor, influenciando-o ideologicamente.


Por Luana Castro
Graduada em Letras

Gênero textual cada vez mais cobrado nos vestibulares, as charges são permeadas por refinadas críticas sociais aliadas ao humor
Gênero textual cada vez mais cobrado nos vestibulares, as charges são permeadas por refinadas críticas sociais aliadas ao humor

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Charges"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/redacao/charges.htm. Acesso em 22 de setembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

Analise a charge abaixo para responder à questão:

A charge de Duke utiliza as linguagens verbal e não verbal para tecer uma crítica social e política. Disponível em http://dukechargista.com.br/
A charge de Duke utiliza as linguagens verbal e não verbal para tecer uma crítica social e política. Disponível em http://dukechargista.com.br/

As charges utilizam os recursos do desenho e do humor para tecer algum tipo de crítica a diversas situações do cotidiano. Sobre a charge do chargista Duke, analise as seguintes afirmações e julgue aquelas que são verdadeiras:

I. Através da expressão do torcedor, podemos notar que ele se encontra entusiasmado com a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil;

II. Através da gradação na mudança de expressão do torcedor, podemos perceber que ele possui uma visão crítica sobre a realização da Copa no Brasil;

III. Não podemos afirmar que exista qualquer tipo de comentário crítico nas entrelinhas da charge, pois essa tem apenas a função de divertir o leitor;

IV. Podemos inferir que o entusiamo inicial pela realização dos jogos no Brasil foi substituído por uma postura pessimista por parte da personagem retratada.

São verdadeiras:

a) I e III.

b) I, IV e III.

c) II e IV.

d) I, II e IV.

Questão 2

A charge de Nani faz uma crítica severa através da linguagem não verbal. Disponível em http://www.chargeonline.com.br/doano.htm
A charge de Nani faz uma crítica severa através da linguagem não verbal. Disponível em http://www.chargeonline.com.br/doano.htm

Através do uso da linguagem não verbal, que pode muitas vezes surgir como principal recurso de comunicação em uma charge, o chargista Nani faz referência ao seguinte evento:

a) Guerra no Afeganistão.

b) Ataques de 11 de setembro nos Estados Unidos.

c) Violência nas cidades do Brasil.

d) Conflito entre Israel e Palestina.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola