Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Entalpia de Combustão

Química

A reação entre uma substância e o gás oxigênio é uma reação de combustão. A energia liberada na combustão de 1 mol de substância é chamada de entalpia de combustão.
A entalpia de combustão é sempre negativa porque as reações de combustão liberam calor
A entalpia de combustão é sempre negativa porque as reações de combustão liberam calor
PUBLICIDADE

A entalpia (H) corresponde ao conteúdo de energia de uma substância. Mas até o momento só é possível determinar o valor da variação da entalpia (∆H) dos processos químicos. Isso é feito diminuindo-se a entalpia final (dos produtos) pela entalpia inicial (dos reagentes).

 

 

 

∆H = HFINAL – HINICIAL      ou          ∆H = HPRODUTOS – HREAGENTES

Costuma-se relacionar o tipo de variação de entalpia com o fenômeno químico envolvido no processo. Por exemplo, quando ocorre a queima de algum composto, calculamos a variação da entalpia de combustão (Hcombustão).

Quando a entalpia é medida para 1 mol da substância em condições-padrão (1 atm e 25ºC) dizemos que temos uma entalpia-padrão, simbolizada por HO. Assim, temos:

Conceito de entalpia-padrão de combustão

As reações de combustão sempre envolvem um combustível, que são substâncias inflamáveis que podem estar em qualquer um dos três estados físicos, e envolvem também um comburente, que é o gás oxigênio.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A combustão pode ocorrer de forma completa ou incompleta. A variação da entalpia-padrão é determinada apenas para combustões completas. Quando o combustível é uma substância formada somente por carbono, hidrogênio e/ou oxigênio a combustão completa irá produzir somente gás carbônico e água, como mostram os exemplos abaixo:

  • Combustão completa do metano, CH4(g)

CH4(g) + ½ O2 → 1 CO2(g) + 2 H2O(ℓ)                                  ∆H0combustão = -890,4 kJ/mol

  • Combustão completa do etanol, C2H6O(l)

1 C2H6O(ℓ)+ 3O2 → 2 CO2(g) + 3 H2O(ℓ)                              ∆H0combustão = -1366,1 kJ/mol

  • Combustão completa do butano, C4H10(g)

2 C4H10(g)+  13O2 → 8 CO2(g) + 10 H2O(ℓ)                          ∆H0combustão = -2878,6 kJ/mol

Combustão do butano

Observe que em todos os casos os valores de ∆H0combustão são negativos (∆H0combustão = < 0), isso ocorre porque as reações de combustão liberam energia (são exotérmicas), assim, o valor da entalpia final será menor que a inicial.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Entalpia de Combustão"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/entalpia-combustao.htm. Acesso em 29 de novembro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Artigos Relacionados
Para que uma reação de combustão completa ou incompleta ocorra é necessário um combustível, um comburente (o oxigênio) e a fonte de ignição.
Verifique como a energia livre de Gibbs pode ser usada para prever se um processo é espontâneo ou não.
Conheça mais sobre a entalpia. Aprenda qual é a sua definição e história. Veja seus diferentes tipos. Resolva exercícios sobre esse tema.
A entalpia de formação é o calor liberado ou absorvido na formação de 1 mol de uma substância a partir de substâncias simples, no estado padrão.
Entenda do que se trata a entalpia de neutralização estudada na termoquímica.
Variação de entalpia na fusão e vaporização.
Entenda o que é a entalpia-padrão estudada em Termoquímica e como ela pode ser usada para se descobrir as entalpias desconhecidas de outras substâncias.
Clique e aprenda a diferenciar um processo endotérmico de um processo exotérmico por meio de exemplos práticos do cotidiano.
Nas reações exotérmicas há liberação de calor, por isso a entalpia dos reagentes é maior que a entalpia dos produtos, sendo a variação da entalpia negativa.
A variação de entalpia de solução será exotérmica se a soma da entalpia reticular com a entalpia de hidratação der negativa; e será endotérmica, se der positiva.