Topo
pesquisar

Eletropositividade

Química

A eletropositividade é a tendência que cada átomo tem de perder elétrons, tornando-se um cátion em uma ligação química.
A eletropositividade é uma propriedade que varia em períodos regulares para os elementos na Tabela Periódica
A eletropositividade é uma propriedade que varia em períodos regulares para os elementos na Tabela Periódica
PUBLICIDADE

A eletropositividade indica a tendência que o núcleo do átomo de um elemento químico tem de se afastar de seus elétrons na camada de valência quando forma um composto. É, portanto, o contrário da eletronegatividade, que se refere à tendência que o átomo tem de atrair os elétrons compartilhados em uma ligação.

Por exemplo, o óxido de sódio é um composto formado pela ligação entre dois átomos de sódio e um de oxigênio (Na2O). Se essas ligações fossem rompidas, o oxigênio atrairia os elétrons compartilhados na ligação para si com maior facilidade, pois ele é o mais eletronegativo. Já o sódio possui maior tendência de perder os elétrons, o que significa que ele é mais eletropositivo.

A eletropositividade também é chamada de caráter metálico, pois os metais possuem maior tendência de perder os elétrons da camada de valência quando postos em contato com elementos eletronegativos.

Assim como a eletronegatividade, a eletropositividade é uma propriedade periódica, ou seja, é uma propriedade dos elementos químicos que varia em períodos regulares com o aumento ou com a diminuição do número atômico ao longo da Tabela Periódica.

A eletropositividade aumenta com o aumento do raio atômico, ou seja, na Tabela Periódica, a eletropositividade aumenta da direita para a esquerda e de cima para baixo:

Sentido da eletropositividade na Tabela Periódica

Em uma mesma família da Tabela Periódica, ou seja, em uma mesma coluna, a eletropositividade aumenta de cima para baixo, porque nesse sentido os períodos vão aumentando, o que significa que as camadas eletrônicas vão aumentando e os elétrons da camada de valência (camada mais externa) vão ficando mais distantes do núcleo, logo, a atração entre eles é cada vez menor, isto é, a eletropositividade é cada vez maior.

Por exemplo, considerando os elementos da família 17 ou VII A, temos que o sentido crescente da eletropositividade deles é: F < Cl < Br < I < At.

Agora, quando consideramos os elementos em um mesmo período, que é a mesma linha na horizontal, vemos que a eletropositividade diminui da esquerda para a direita, porque nesse sentido todos eles possuem a mesma quantidade de camadas eletrônicas, mas a cada família que aumenta, a quantidade de elétrons na camada de valência aumenta e, com isso, a atração pelo núcleo é maior.

Por exemplo, considerando todos os elementos do segundo período da Tabela Periódica, temos que o sentido crescente de sua eletropositividade é dado por: Ne < F < O < N < C < B < Be < Li.

Se você observar na Tabela a localização do sódio (Na) e do oxigênio (O), verá realmente que o sódio é mais eletropositivo.

Sódio e oxigênio na tabela periódica


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Eletropositividade"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/quimica/eletropositividade.htm>. Acesso em 25 de abril de 2018.

Teste seus conhecimentos
Questão 1

Considere as distribuições eletrônicas:

A:1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2

B: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5

C: 1s2 2s2 2p6 3s1

A ordem crescente de eletropositividade correta entre esses elementos é:

  1. A < B < C.

  2. B < C < A.

  3. A < C < B.

  4. C < A < B.

  5. C < B < A.

Mais Questões
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA