Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Sexta-Feira Santa

A Sexta-Feira Santa é uma data importante na tradição cristã, pois é considerada o dia em que Jesus Cristo foi crucificado. Acontece dois dias antes do Domingo de Páscoa.

Soldados, três homens crucificados e figurantes em uma encenação da crucificação de Jesus, que ocorre na Sexta-Feira Santa.
Encenações conhecidas como Paixão de Cristo costumam ser realizadas na Sexta-Feira Santa. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

  Sexta-Feira Santa é um dia de grande importância para o cristianismo, pois é considerado, na tradição cristã, o dia em que Jesus Cristo foi crucificado e morreu. A Sexta-Feira antecede em dois dias o Domingo da Páscoa, além de ser parte também da Semana Santa, que presta homenagem aos últimos dias de Jesus e sua ressurreição.

Esse dia é encarado como um dia de grande devoção a Jesus, celebrando o seu sacrifício, mas também de luto e respeito por sua crucificação. Na tradição católica, não há missas nesse dia, mas uma cerimônia chamada Celebração da Paixão de Cristo é realizada. Muitas pessoas decidem abster-se do consumo de carne vermelha.

Leia também: Corpus Christi — celebração católica em homenagem à Última Ceia de Cristo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a Sexta-Feira Santa

  • A Sexta-Feira Santa é parte da celebração da Páscoa.

  • Nesse dia, é relembrada a crucificação e morte de Jesus Cristo.

  • A Sexta-Feira Santa é parte da Semana Santa, acontecendo dois dias antes do Domingo de Páscoa.

  • Nesse dia, a tradição católica orienta que os fiéis abram mão do consumo de carne, especialmente da vermelha.

  • Não ocorrem missas na Sexta-Feira Santa, mas uma cerimônia chamada Celebração da Paixão de Cristo.

O que significa a Sexta-Feira Santa?

A Sexta-Feira Santa é uma data que está presente no calendário litúrgico do cristianismo, sendo celebrada especialmente pelos católicos. Essa data é parte da Semana Santa e é conhecida como o dia no qual Jesus teria sido crucificado. Esse dia também é conhecido como a Sexta-Feira da Paixão, dentro da crença cristã.

Essa data antecede o Domingo de Páscoa, que, segundo a tradição cristã, é o dia que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Esse dia também é parte do Tríduo Pascal, um conjunto de três dias que antecedem a Páscoa e que são um momento de grande devoção, pois relembram o sacrifício de Jesus Cristo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O Tríduo Pascal é formado pela Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa e Sábado de Aleluia. Cada um desses dias é marcado por celebrações religiosas, cada qual com seu significado específico. No caso da Sexta-Feira Santa, é costume cobrir as imagens de todos os santos, pois o foco deve ser a adoração a Deus.

A Sexta-Feira Santa é marcada pelo jejum de carne, destacadamente carne vermelha e de frango, como parte de uma penitência que deve ser realizada pelos fiéis. Entende-se que a abstenção de carne nesse dia é uma demonstração de respeito dos fiéis com o derramamento de sangue por parte de Jesus.

Veja também: Quaresma — como os cristãos se preparam para a celebração da Páscoa

O que se faz na Sexta-Feira Santa?

Entre as práticas mais comuns da Sexta-Feira Santa, estão:

  • Encenações da crucificação de Jesus: peças teatrais conhecidas como Paixão de Cristo.

  • Abstenção de carnes: em especial a vermelha e a de frango. Muitos fiéis substituem o consumo desses tipos de carne pela de peixe.

Na Igreja Católica, também é realizada uma cerimônia conhecida como Celebração da Paixão de Cristo, que tradicionalmente acontece às 15 horas. Essa cerimônia é marcada pela liturgia da palavra, adoração da cruz e comunhão da eucaristia. Essa cerimônia não é considerada uma missa — esse é o único dia no ano no qual não são realizadas missas.

Muitos locais também fazem procissões do Enterro, em que o velório de Jesus Cristo é encenado. As cores predominantes na liturgia católica nesse dia são o vermelho e o preto. Além disso, os fiéis são orientados a dedicar o dia para oração e meditação no texto bíblico.

Saiba mais: Quais são os símbolos da Páscoa?

Sexta-Feira Santa é feriado?

Segundo a legislação brasileira, nos termos da Lei nº 10.607, de 16 de dezembro de 2002, existem sete feriados nacionais, e a Sexta-Feira Santa não é considerado um deles. Esse dia, no entanto, é entendido como um feriado religioso, portanto pode ser considerado feriado caso haja uma lei estadual ou municipal que estabeleça esse dia como tal. Esse critério foi estabelecido na Lei nº 9.093, de 12 de setembro de 1995.

Porém, todos os anos, o governo brasileiro emite uma portaria que determina, para os órgãos públicos, um balanço que determina quais datas serão feriados nacionais e quais serão pontos facultativos. No caso da Sexta-Feira Santa para o ano de 2023, por exemplo, o dia foi estabelecido como feriado nacional.

Sexta-Feira Santa 2024

A Sexta-Feira Santa é uma data vinculada à Páscoa, portanto possui data móvel, e todo ano essa celebração religiosa acontece em um dia específico. Uma vez definida a data da Páscoa, podemos saber quando a Sexta-Feira Santa acontecerá. A definição da data da Páscoa, no entanto, é importante para determinar uma série de outras datas importantes, como o dia em que começa a Semana Santa, a Terça-Feira de Carnaval, a Quarta-Feira de Cinzas e, consequentemente, o início e término da Quaresma.

O critério que estabelece a data da Páscoa foi instituído no século IV, durante o Concílio de Niceia. O critério adotado determinou que a data da Páscoa será estabelecida no primeiro domingo que acontece após a primeira Lua cheia que ocorre depois do equinócio da primavera, no Hemisfério Norte, ou equinócio de outono, no Hemisfério Sul.

No caso de 2024, a Páscoa foi designada para acontecer em 31 de março. Sendo assim, a Sexta-Feira Santa acontecerá dois dias antes, em 29 de março. Com isso, a Semana Santa tem início em 24 de março, dia conhecido como Domingo de Ramos.

Créditos da imagem

[1] Nelson Antoine / Shutterstock

 

 

Escritor do artigo
Escrito por: Daniel Neves Silva Formado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Sexta-Feira Santa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/pascoa/sexta-feira-santa.htm. Acesso em 20 de abril de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Corpus Christi

Clique neste link e tenha acesso a informações sobre o Corpus Christi. Veja o significado dessa importante data comemorativa para o calendário da Igreja Católica.
Datas Comemorativas - 2024

Dia da Páscoa

Afinal, qual é o verdadeiro dia da Páscoa? Você sabe por que essa data muda tanto? Clique e veja qual é o critério utilizado para definir o dia dessa celebração.
Páscoa

História da Páscoa

Clique no link para saber mais detalhes sobre a história da Páscoa. Veja elementos das celebrações cristã e judaica e quais foram as influências da cultura germânica.
Páscoa

Por que Quarta-Feira de Cinzas?

Clique no link e acesse este texto para saber mais sobre a Quarta-Feira de Cinzas, dia que marca o início da Quaresma. Veja curiosidades sobre esse dia.
Religião

Por que não pode comer carne na Sexta-Feira Santa?

Clique no link e acesse este texto para conhecer a origem da tradição de abster-se de carne vermelha durante a Sexta-Feira Santa. Saiba o que a tradição representa.
Páscoa

Páscoa Cristã

Clique no link e saiba mais sobre a Páscoa Cristã, celebração importante do cristianismo que relembra a crucificação, morte e ressurreição de Jesus Cristo.
Páscoa

Quaresma

Clique no link para saber mais detalhes sobre a Quaresma, uma tradição do cristianismo. Entenda o que representa e quando surgiu.
Páscoa

Símbolos da Páscoa

Conheça o significado dos símbolos da Páscoa e a importância que eles têm para esse dia em que se celebra a Ressurreição de Cristo.
Páscoa