close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Arte rupestre

A arte rupestre é a produção artística feita pelos hominídeos durante a Pré-História e se apresenta por meio de pinturas e gravuras nas cavernas e nos utensílios domésticos.

Arte rupestre em parede de caverna no Vale de Vezere, na França.[1]
Arte rupestre em parede de caverna no Vale de Vezere, na França.[1]
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A arte rupestre é a produção artística feita pelos hominídeos durante a Pré-História. Esse tipo de arte se encontra em pinturas nas paredes das cavernas e na parte externa dos utensílios domésticos utilizados durante a Pré-História. Essa produção artística se tornou fonte histórica para os pesquisadores aprofundarem seu conhecimento sobre o surgimento dos primeiros seres humanos, seus costumes e crenças.

Leia também: Arte pré-histórica — uma fonte histórica importante para os historiadores

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a arte rupestre

  • A arte rupestre surgiu na Pré-História e representa as primeiras produções artísticas da humanidade, feitas em cavernas e objetos domésticos.

  • As gravuras e as pinturas rupestres são dois tipos de arte rupestre.

  • A produção artística, segundo estudiosos, se refere aos costumes e às primeiras crenças dos hominídeos.

  • Tanto no Brasil como no mundo, existem várias maneiras de expressão artística ligadas à arte rupestre.

O que é arte rupestre?

A arte rupestre é a produção artística feita pelos hominídeos durante a Pré-História. Essa produção se tornou fonte histórica para o estudo sobre os costumes e as primeiras crenças das tribos pré-históricas.

Acredita-se que essa arte foi desenvolvida entre os anos de 40 mil a.C. e 8 mil a.C., provavelmente entre o Paleolítico Superior e o Neolítico. A forma de fazer as pinturas e gravuras variavam de região para região.

Significado da arte rupestre

Os estudiosos não afirmam com precisão se as pinturas e as gravuras feitas nas cavernas e rochas são produções artísticas, por causa da imprecisão dos registros obtidos. Além disso, sua autenticidade foi questionada no final do século XIX. Os estudos desse período foram influenciados pelo pensamento darwiniano, ou seja, a ideia de evolução das espécies, e os homens primitivos, de acordo com essa visão, não teriam evoluído o suficiente para pintar e desenhar.

Mesmo assim, a arte rupestre foi reconhecida se tornou fonte histórica para o estudo sobre a Pré-História. O significado dessa arte está no registro do cotidiano vivido pelos hominídeos. O elemento memória se tornou importante para esses grupos, pois sentiam a necessidade de registrar eventos importantes ou notáveis de sua vivência.

Como os hominídeos viviam em grupos, acredita-se que laços de proximidade entre os integrantes eram fortalecidos ao registrar seus feitos, seus desejos, suas vontades. Certamente, também, havia uma identificação com aquilo que era registrado.

Nota-se que a evolução humana influenciou a produção artística, promovendo a variação de um tipo para outro, bem como de suas especificidades.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características da arte rupestre

As características da arte rupestre são:

  • imagens feitas nas paredes de cavernas;

  • uso de linhas, traços e formas geométricas;

  • homens, animais e cenas do dia a dia retratados nas imagens;

  • uso dos dedos para pintar e desenhar;

  • carvão, sangue e clara de ovo como material de pintura ou desenho.

Tipos de arte rupestre

Os tipos de arte rupestre são:

a) Pintura rupestre: consiste na aplicação de pigmentos sobre as superfícies, sendo comumente encontrada nas paredes das cavernas onde os hominídeos se abrigavam e em outros lugares por onde passavam.

b) Gravura rupestre: baseia-se na gravação de figuras nas rochas e em utensílios.

Leia também: Idade dos Metais — período que abriu caminho para o surgimento das primeiras civilizações

Objetivos da arte rupestre

Com a arte rupestre, os hominídeos tinham como principal objetivo, de acordo com historiadores e antropólogos, registrar seu cotidiano, como os animais que caçavam ou desejavam caçar, bem como os primeiros ritos religiosos e outras cerimônias praticadas pelas tribos. Porém, ainda existem incertezas se alguns registros são, de fato, expressões artísticas dos primeiros grupos humanos.

Temáticas da arte rupestre

A temática característica da arte rupestre se refere basicamente à rotina vivida pelos hominídeos. Não havia uma produção aprofundada e complexa. Outra temática usual eram os registros abstratos, que, segundo estudiosos, acredita-se serem imagens ritualísticas e mágicas. Entretanto, novamente, esses registros despertam discussões sobre sua autenticidade e o seu real significado.

Pintura rupestre em parede de caverna
As paredes das cavernas foram usadas pelos hominídeos para fazer pinturas que retratavam o cotidiano dos primeiros agrupamentos humanos da História.

Arte rupestre no Brasil

No Brasil, a arte rupestre está presente em gravuras feitas em pedras datando de 3 mil a 10 mil anos atrás. São produções artísticas dos primeiros habitantes do território brasileiro, registradas muito antes da chegada dos portugueses, em 1500.

O Nordeste brasileiro é o local onde há maior concentração de arte rupestre em todo o mundo. Por conta da vegetação intransponível e das dificuldades de ocupação humana, a produção artística pré-histórica foi preservada nesses locais.

Os temas retratados na arte rupestre brasileira são o cotidiano dos hominídeos, a fertilidade, e os objetos utilizados no dia a dia. Além disso, há registros que os estudiosos acreditam expressar vivências místicas.

Abaixo, estão listadas algumas localizações contendo arte rupestre no Brasil:

  • Parque Nacional da Serra da Capivara (Piauí);

  • Parque Nacional do Catimbau (Pernambuco);

  • Lajedo de Soledade (Rio Grande do Norte);

  • Parque Nacional Sete Cidades (Piauí);

  • Cariris Velhos (Paraíba);

  • Lagoa Santa (Minas Gerais);

  • Rondonópolis (Mato Grosso);

  • Peruaçu (Minas Gerais).

Videoaula sobre a Pré-História no Brasil

Arte rupestre no mundo

Em vários países, a arte rupestre foi expressa nas paredes das cavernas e em gravuras feitas em pedras. A produção apresenta pinturas de animais (como cavalos, bisões e outros) que conviviam no mesmo ambiente que os hominídeos. Além disso, eram registradas mãos humanas e outros símbolos.

A seguir, confira alguns locais onde se encontra arte rupestre no mundo:

  • Caverna de Altamira (Espanha);

  • Caverna de Chavet (França);

  • Vale do Rio Côa (Portugal).

Descoberta da arte rupestre

A arte rupestre foi descoberta pelo arqueólogo espanhol Marcelino Sanz De Sautuola, na caverna de Altamira, na Espanha, no século XIX. Àquela época, a teoria evolucionista de Charles Darwin estava em evidência na Europa, e a descoberta de Sautuola foi considerada por muitos estudiosos como uma fraude.

A justificativa para o descrédito é que se acreditava que os hominídeos não teriam capacidade para realizar determinadas produções artísticas. Somente no século XX as pinturas e gravuras rupestres foram reconhecidas como arte feita pelos primeiros agrupamentos humanos.

Créditos da imagem

[1] thipjang / Shutterstock.com

 

Por Carlos César Higa
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

HIGA, Carlos César. "Arte rupestre"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/a-arte-rupestre.htm. Acesso em 20 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Umas das principais características da tentativa de explicação das origens do homem é o embate entre ciência e religião. Explique como se da esse conflito

Por Rayssa Oliveira
Responder
Ver respostas

qual atividade faz aumentar a venda de produtos industrializados na europa?

Por Maria Rosylene Guedes Alves
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

(UFPE) Alguns historiadores afirmam que a História iniciou quando a humanidade inventou a escrita. Nessa perspectiva, o período anterior à criação da escrita é denominado Pré-História. Sobre esse assunto assinale a alternativa correta.

a) A história e a Pré-História só podem se diferenciar pelo critério da escrita. Logo, aqueles historiadores que não concordam com esse critério estão presos a uma visão teológica da História.

b) Esta afirmação não encontra qualquer contestação dos verdadeiros historiadores, pois ela é uma prova irrefutável de que todas as culturas evoluem para a escrita.

c) Os historiadores que defendem a escrita como único critério que diferencia a História da Pré-História reafirmam a tradição positivista da História.

d) A escrita não pode ser vista como critério para distinguir a História da Pré-História, pois o aspecto econômico é considerado um critério muito mais importante.

e) Os únicos historiadores que defendem a escrita como critério são os franceses, em razão da influência da filosofia iluminista.

Exercício 2

(UFRGS-RS) Foi fator decisivo para a sobrevivência dos povos do período Neolítico:

a) a utilização de metais como cobre e bronze.

b) o nomadismo típico dos povos caçadores e coletores.

c) a revolução agrícola.

d) a revolução urbana e a formação dos impérios tecnocráticos.

e) a formação de religiões monoteístas.

Estude agora


Pré-Enem | Pilhas

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...

Regionalização do mundo

Assista à videoaula sobre regionalização do mundo e entenda como é possível classificar os países em conjuntos....