Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Queda da natalidade na Europa

Nas últimas décadas, tem ocorrido uma crescente queda da natalidade na Europa. Essa mudança traz impactos a toda a população.

Diversos fatores desencadearam a queda da natalidade na Europa
Diversos fatores desencadearam a queda da natalidade na Europa
Crédito da Imagem: Shutterstock
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O continente europeu tem experimentado nas últimas décadas uma queda expressiva do número de nascimentos. A queda da natalidade na Europa é resultado de diversos fatores e reflexo das condições socioeconômicas e educacionais da maior parte dos países europeus.

O declínio dos nascimentos fez com que os países europeus alcançassem taxas de natalidade tão baixas que impossibilitaram a manutenção de seu atual nível populacional. As taxas de fecundidade (filhos por mulher em idade fértil) na Europa alcançaram a média de 1,52 filhos. O necessário para manter a população é 2,1 filhos por mulher. Diversos fatores econômicos e culturais são responsáveis pela construção desse quadro. Vejamos algumas das principais causas para o declínio dos nascimentos no continente europeu.

Causas da queda das taxas de natalidade e fecundidade

  • Casamentos tardios: os casais optam por trocar alianças depois de concluir o ensino superior e da estabilização financeira e profissional. Isso faz com que também tenham filhos mais tarde. Como o período reprodutivo feminino é limitado, muitos casais acabam tendo apenas um filho ou optam por não tê-lo.

  • Alto custo de criação dos filhos: as despesas com saúde, educação e lazer têm feito muitos europeus reavaliarem sua vontade de gerar descendentes. A necessidade de diminuir o padrão de vida para custear a criação de um filho tem feito muitas pessoas optarem por não ter mais filhos.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Entrada da mulher no mercado de trabalho: essa ocorrência provocou inúmeras transformações, entre elas a diminuição das taxas de fecundidade. A dificuldade de conciliar a vida profissional com as tarefas domésticas e as atividades familiares tem impactado diretamente o número de nascimentos no continente europeu.

  • Nível de escolaridade: reflete-se diretamente no número de filhos por mulher. Como o continente europeu tem as mais altas taxas de escolarização, as mulheres acabam por ter mais conhecimento sobre anticoncepção e maior acesso aos métodos contraceptivos. Com isso, podem decidir se, quando e quantos filhos terão.

A consequência direta da redução no número de nascimentos na Europa é o agravamento do envelhecimento populacional no continente e a consequente falta de mão de obra para o trabalho. Por isso, muitos países estão buscando superar a xenofobia e encarar como uma solução para ambas as partes a abertura dos países para imigrantes de países da Ásia, América Latina, África e Leste Europeu.


Por Amarolina Ribeiro
Graduado em Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Amarolina Ribeiro Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Amarolina. "Queda da natalidade na Europa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/queda-natalidade-na-europa.htm. Acesso em 27 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


A importância da mulher na sociedade

Entenda qual é a importância da mulher na sociedade, bem como veja a diferença entre os conceitos de sexo e gênero.
Geografia

Brexit: a saída do Reino Unido da União Europeia

Entenda as consequências da saída da Inglaterra da União Europeia para o atual cenário político-econômico da Europa e do mundo.
História Geral

Envelhecimento populacional

Entenda o envelhecimento populacional. Conheça os impactos desse processo no futuro de um país e quais países estão mais inseridos nesse fenômeno demográfico.
Geografia

Envelhecimento populacional da Europa

Clique aqui, saiba quais são as causas e as consequências do envelhecimento da população da Europa e entenda por que esse fenômeno é motivo de preocupação.
Geografia

Fases do feminismo

A história do movimento feminista é dividida em três momentos.
Sociologia

Mulheres no mercado de trabalho

Clique aqui e entenda a importância, a história e a evolução da presença das mulheres no mercado de trabalho.
Sociologia

O IDH dos países europeus

Confira aqui a lista dos países europeus com maior e menor índice de IDH.
Geografia

Taxa de Fecundidade

Entenda o que é a taxa de fecundidade e como esse indicador populacional pode ser útil na análise de uma população.
Geografia

Teorias demográficas

Confira um resumo das principais teorias demográficas e fique por dentro dos debates a respeito do crescimento populacional.
Geografia

Xenofobia na Europa

Uma abordagem sobre o problema da xenofobia na Europa, com suas principais causas e características.
Geografia