Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

2 de novembro — Dia dos Mortos (Día de los Muertos)

A comemoração do Dia dos Mortos pode durar até uma semana no México.

Menina fantasiada para o Dia dos Mortos, no México.
Menina fantasiada para o Dia dos Mortos, no México.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O Dia dos Mortos, ou Día de los Muertos, em espanhol, é uma celebração mexicana em que o costume é visitar cemitérios e túmulos de entes queridos e preparar altares com flores, velas, santos e alimentos. A data é comemorada no dia 2 de novembro, porém as celebrações começam no dia 31 de outubro, próximo das comemorações da Igreja Católica do Dia de Todos os Santos e do Dia dos Finados, respectivamente nos dias 1 e 2 de novembro.

Leia também: Quais são os símbolos do Halloween?

Tópicos deste artigo

Origem do Dia dos Mortos

Apesar de a celebração estar alinhada com o cristianismo, a origem do Dia dos Mortos é muito anterior à chegada dos europeus à América. A festividade é da cultura indígena pré-hispânica, sendo celebrada pelos povos asteca, maia, zapoteca e mixteca.

Durante o período colonial no México, que começou em 1521, houve o que se chama de sincretismo religioso entre as comemorações da cultura indígena com os dias sagrados católicos. Foi nesse momento que o Dia de Todos os Santos e o Dia dos Finados se integraram com a comemoração do Dia dos Mortos.

A crença da tradição fúnebre é que nesse dia as almas dos mortos retornam à Terra para ficar com seus entes queridos. O ritual explicita como os povos daquela cultura lidavam com a morte.

Acredita-se que a forma como a família e amigos lidam com a morte de seus queridos interfere na "vida pós-morte" destes. Por isso, o Dia dos Mortos é um momento de celebração, de contar e relembrar histórias e honrar a memória de quem morreu.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como é comemorado o Dia dos Mortos

A celebração é feita nas casas e nos cemitérios. São feitas oferendas com as comidas e bebidas preferidas dos mortos. São oferecidas frutas, pratos, água e muito mais.

Altares são montados, e as ruas e casas são enfeitadas. Também é comum que pessoas se fantasiem, dancem e cantem pelas ruas das principais cidades do México.

Leia também: Carnaval — a principal festa popular brasileira

Símbolos do Dia dos Mortos

Existem várias formas de comemorar essa data por todo o México. Porém, confira abaixo os cinco principais símbolos do Dia dos Mortos no país.

  • Altares

Altar do Dia dos Mortos
Altar do Dia dos Mortos

Os altares são extremamente tradicionais na celebração do festival. O altar pode ter de dois a sete níveis. Cada nível possui seus elementos específicos. Pelo altar são distribuídas fotos, velas, caveiras de açúcar, frutas, flores, sal e imagens de santos. Objetos de afeto da pessoa também são colocados no altar.

  • Caveiras

Caveiras de doce para comemoração do Dia dos Mortos
Caveiras de doce para comemoração do Dia dos Mortos

As caveiras são os símbolos mais famosos da comemoração mexicana. Elas podem ser feitas de diversos ingredientes, porém as mais famosas são as feitas de açúcar, chamadas de calaveras dulces (caveiras doces).

As caveiras doces são feitas de açúcar, limão e água quente. Elas são decoradas com cores vivas e desenhos de flores.

  • La Catrina

Quadro La Calavera de la Catrina
Quadro La Calavera de la Catrina

É a caveira mexicana mais famosa. Foi inspirada no quadro La Calavera de la Catrina, de José Guadalupe Posada. Sua representação é política e social, simbolizando o esqueleto de uma dama da alta sociedade usando vestido e chapéu elegantes.

A crítica é voltada para a população mais pobre do México, que renegou suas raízes indígenas em prol do estilo de vida europeu. Outra crítica representada pela caveira é que, no final, todos somos iguais diante da morte.

  • Esqueletos

Esqueletos do Dia dos Mortos. [2]
Esqueletos do Dia dos Mortos. [2]

Os esqueletos no Dia dos Mortos estão em todos os lugares! Podem ser encontrados nas casas, ruas e cemitérios. Eles costumam estar enfeitados com roupas, chapéus e acessórios.

A crença é que os esqueletos recepcionam as almas daqueles que vêm visitar seus entes queridos.

  • Flores

Caveira feita com flores cempasúchil
Cempasúchil é a flor do Dia dos Mortos.

As flores são utilizadas para decorar toda a celebração do Dia dos Mortos, dos altares às ruas. Elas representam beleza e a transição da vida.

A flor mais conhecida e utilizada é a cempasúchil, uma flor amarela que lembra o Sol, que de acordo com a tradição asteca, guiava as almas dos mortos.

Dia dos Mortos x Halloween

O tema e a proximidade das datas fazem com que as comemorações do Dia dos Mortos e do Halloween pareçam iguais, porém existem diferenças consideráveis entre ambas.

 Abóbora de Halloween ao lado de caveira do Dia do Mortos.
Há diferenças entre Halloween e Dia dos Mortos.

A principal delas é que o Halloween é de origem europeia, dos festivais pagãos dos celtas. Por outro lado, o Dia dos Mortos mistura elementos indígenas e católicos, latinos.

Outra diferença é a duração de ambas as celebrações. Enquanto o Halloween acontece no dia 31 de outubro, as comemorações do Dia dos Mortos podem durar até uma semana.

Créditos das imagens

[1] OscarGlezt / Shutterstock

[2] ooo.photography / Shutterstock

 

Por Miguel Souza
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Miguel Souza Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Miguel. "2 de novembro — Dia dos Mortos (Día de los Muertos)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/2-de-novembro-dia-dos-mortos.htm. Acesso em 21 de abril de 2024.

De estudante para estudante