Topo
pesquisar

Oscar

Curiosidades

PUBLICIDADE

O Oscar (The Academy Awards ou The Oscars) é a mais famosa premiação de cinema que existe no mundo. Criado em 1927, teve sua primeira cerimônia em 1929, na cidade de Los Angeles. Essa é a premiação de cinema mais antiga que está em vigor e sua função é premiar as melhores produções cinematográficas.

Atualmente, o Oscar é um evento extremamente reconhecido e o mais importante de todo o cinema mundial. É transmitido para diversos países e assistido por milhões de pessoas em todo o mundo. Em 2019, a audiência do Oscar, nos Estados Unidos, contou com quase 30 milhões de espectadores |1|.

Leia também: Nobel – história e curiosidades sobre um dos prêmios mais famosos do mundo

Quem criou o prêmio Oscar?

Na década de 1920, o cinema norte-americano estava em franca expansão. Nesse período, várias personalidades do cinema reuniram-se e criaram a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – Ampas, em inglês), no ano de 1927. A ideia da criação desse instituição foi dada por Louis B. Mayer, um dos chefes da Metro-Goldwyn-Mayer (empresa norte-americana de produção e distribuição de filmes e programas televisivos), para cuidar da imagem dos estúdios de cinema de Hollywood e resolver problemas trabalhistas.

O Oscar foi oficialmente criado em 1927 e teve sua primeira cerimônia realizada em Los Angeles, em 1929.[1]
O Oscar foi oficialmente criado em 1927 e teve sua primeira cerimônia realizada em Los Angeles, em 1929.[1]

Os membros que formavam a Ampas na época decidiram que era necessário criar um evento que premiasse as melhores produções de cinema de cada ano e, assim, nasceu o Oscar. A primeira cerimônia do Oscar foi realizada em 16 de maio de 1929, em um hotel localizado em Los Angeles. Contou com a presença de 270 pessoas, que pagaram U$5 para poder assistir à cerimônia que premiou as melhores produções de 1927 e 1928.

Acesse também: Crise de 1929, o evento que marcou o mundo e ocorreu no ano da 1ª cerimônia do Oscar

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quem vota para o Oscar?

Os filmes selecionados para concorrer e a escolha dos vencedores do Oscar são determinados pelos membros da Academia, isto é, os membros da Ampas. Na primeira cerimônia do Oscar, as escolhas foram feitas pelos 26 membros da Academia. Atualmente, acredita-se que o número de membros e que possuem direito ao voto seja de cerca de 8500 pessoas |2|.

Vale dizer que apenas duas categorias do Oscar são abertas ao voto de todos os seus membros: Melhor Filme e Melhor Filme Estrangeiro. Nas outras categorias que necessitam de conhecimento técnico para avaliação, só votam aqueles que possuem condição para tal. Assim, na categoria de Melhor Documentário, por exemplo, somente 486 pessoas possuem direito ao voto.

A Academia, até alguns anos atrás, recebia fortes críticas pela falta de diversidade, tanto entre os membros que a formavam quanto entre os indicados ao Oscar. Até 2012, as estatísticas indicavam que 94% dos membros da Academia eram caucasianos, isto é, brancos, e 77% deles eram homens. Além disso, mais de 50% deles tinham idade superior a 60 anos|3|.

Os recentes convites feitos para novos membros da Academia têm sido marcados pela diversidade, uma vez que, na admissão de novos membros em 2017, 39% dos novos membros eram mulheres e 30% eram negros (chamados, no inglês, de “people of colour”)|4|. Há também críticas a respeito da pouca quantidade de negros indicados e escolhidos como vencedores do Oscar.

Oscar 2020

A cerimônia de 2020 está agendada para acontecer no dia 9 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles. Será a 92ª cerimônia do Oscar e não terá um apresentador fixo, assim como foi em 2019. A cerimônia do Oscar 2020 será a primeira, desde 2016, a contar com uma produção brasileira entre os indicados: o documentário Democracia em Vertigem.

Nas três principais categorias do Oscar, os indicados foram:

Melhor Filme
1917 Adoráveis Mulheres
Ford vs Ferrari História de um Casamento
Jojo Rabbit Era uma vez em… Hollywood
Coringa Parasita
O Irlandês  

Melhor Ator Melhor Atriz
Antonio Banderas – Dor e Glória Cynthia Erivo – Harriet
Leonardo DiCaprio – Era uma vez em… Hollywood Scarlett Johansson – História de um Casamento
Adam Driver – História de um Casamento Saoirse Ronan – Adoráveis Mulheres
Joaquin Phoenix – Coringa Charlize Theron – O Escândalo
Jonathan Pryce – Dois Papas Renée Zellweger – Judy – Muito Além do Arco-Íris


A produção brasileira indicada está concorrendo na categoria de Melhor Documentário. Os indicados dessa categoria são:

  • Democracia em Vertigem

  • For Sama

  • Honeyland

  • The cave

  • Indústria Americana

Acesse também: 19 de junho – Dia do Cinema Brasileiro

Indicações brasileiras ao Oscar

A atriz brasileira Fernanda Montenegro foi indicada na categoria de melhor atriz pelo filme “Central do Brasil”, no Oscar de 1999.[2]
A atriz brasileira Fernanda Montenegro foi indicada na categoria de Melhor Atriz pelo filme “Central do Brasil”, no Oscar de 1999.[2]

Democracia em Vertigem não foi a primeira indicação do cinema brasileiro ao Oscar. Produções brasileiras ou mesmo brasileiros já foram indicados anteriormente. Alguns destaques foram:

  • O Pagador de Promessas (1963), O Quatrilho (1996), O que é isso, Companheiro? (1998) e Central do Brasil (1999) são produções brasileiras que foram indicadas na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

  • Cidade de Deus (2004) e O Beijo da Mulher-Aranha (1986) são as produções brasileiras com mais indicações em uma edição de Oscar: quatro indicações cada.

  • Fernando Montenegro disputou o Oscar de 1999 na categoria de Melhor Atriz por sua atuação em Central do Brasil. A vencedora nessa ocasião acabou sendo Gwyneth Paltrow, por sua atuação em Shakespeare Apaixonado.

Além disso, nosso país já teve indicações em categorias como Melhor Diretor, Melhor Filme de Animação, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Documentário, Melhor Canção Original e Melhor Curta-Metragem de Animação.

Vencedores

O Oscar de 2019 premiou atores como Rami Malek e Olivia Colman nas categorias de melhor ator e melhor atriz. Green Book ganhou como melhor filme.[3]
O Oscar de 2019 premiou atores como Rami Malek e Olivia Colman nas categorias de Melhor Ator e Melhor Atriz. Green Book ganhou como Melhor Filme.[3]

Nos últimos cinco anos, os vencedores nas três principais categorias (Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Atriz) foram os seguintes:

  • Melhor Filme:

2015

Birdman

2016

Spotlight

2017

Moonlight

2018

The Shape of Water (A Forma da Água)

2019

Green Book

  • Melhor Ator

2015

Eddie Redmayne

The Theory of Everything (A Teoria de Tudo)

2016

Leonardo DiCaprio

The Revenant (O Regresso)

2017

Casey Affleck

Manchester by the Sea (Manchester à Beira-Mar)

2018

Gary Oldman

Darkest Hour (O Destino de Uma Nação)

2019

Rami Malek

Bohemian Rhapsody

  • Melhor Atriz:

2015

Julianne Moore

Still Alice (Para Sempre Alice)

2016

Brie Larson

Room (O Quarto de Jack)

2017

Emma Stone

La La Land

2018

Frances McDormand

Three Billboard Outside Ebbing, Missouri (Três Anúncios para um Crime)

2019

Olivia Colman

The Favourite (A Favorita)


Notas:

|1| Sem apresentador e mais curto, Oscar 2019 cresce 12% em audiência nos EUA. Para acessar, clique aqui.

|2| How many votes does it take to get an Oscar Nomination in 2020? Para acessar, clique aqui [em inglês].

|3| Who Votes fot the Oscars? Para acessar, clique aqui [em inglês].

|4| How many women are actually voting for the Oscar winners? Para acessar, clique aqui.

Créditos das imagens:

[1] Valeriya Zankovych e Shutterstock

[2] Andre Luiz Moreira e Shutterstock

[3] Tinseltown e Shutterstock

 

Por Daniel Neves
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Oscar"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/oscar.htm. Acesso em 04 de abril de 2020.

”Deus e o Diabo na Terra do Sol” e “Macunaíma”: dois momentos distintos do Cinema Novo
História do Brasil Cinema Novo
Datas Comemorativas Dia do Cinema Brasileiro
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola