Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Marilyn Monroe

Marilyn Monroe foi uma atriz de cinema, símbolo de beleza e um dos maiores ícones do século XX.

Foto de Marilyn Monroe retratada por Andy Warhol vista por um celular.
Marilyn Monroe foi retratada por Andy Warhol. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Marilyn Monroe foi uma atriz, modelo e cantora dos Estados Unidos que ganhou muito destaque nos anos 1950 e início da década de 60. A loira platinada morreu aos 36 anos. Ela se tornou um dos principais ícones do cinema.

Considerada uma das mulheres mais belas de toda a história, a atriz participou de diversos filmes, entre os quais destaca-se O pecado mora ao lado, no qual aparece com o famoso vestido branco esvoaçante.

Também conhecida como um dos maiores símbolos sexuais de todos os tempos, Marilyn Monroe é um grande ícone do século XX e da cultura pop.

Leia também: Carmen Miranda — cantora, atriz e dançarina brasileira reconhecida internacionalmente

Tópicos deste artigo

Vida de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe nasceu no dia 1º de junho de 1926, na cidade de Los Angeles, no estado da Califórnia, Estados Unidos.

Norma Jeane Baker Mortenson era o nome verdadeiro de Marilyn Monroe. Quando se tornou atriz, adotou o nome em homenagem à atriz Marilyn Miller e o sobrenome de solteira de sua mãe: Monroe.

A mãe de Norma, Gladys Baker, já tinha tido dois filhos de um casamento anterior, mas não tinha contato com eles. O nome do pai de Marilyn Monroe nunca foi revelado.

Gladys sofria com problemas psiquiátricos, os quais também atingiram outros membros da família dela. Logo após o nascimento de Norma Jeane, Gladys entregou a filha para uma família adotiva. Estudos revelam que ela não se sentia segura para cuidar de uma criança.

Aos sete anos, Norma voltou a morar com a mãe. No entanto, poucos meses depois, Gladys teve um colapso nervoso e precisou ser internada em uma clínica psiquiátrica. Os médicos avaliaram que ela tinha quadro depressivo crônico e distúrbio mental.

Gladys foi considerada incapacitada para cuidar da filha. Sendo assim, a amiga dela Grace McKee tornou-se tutora legal de Marilyn. Durante o restante da infância e parte da adolescência, a futura atriz morou com Grace em alguns períodos e em outros, em orfanatos.

Marilyn Monroe na adolescência ainda com cabelos castanhos.
Marilyn Monroe na adolescência, quando ainda se chamava Norma Jeane.

Na adolescência, a beleza de Marilyn Monroe começou a chamar a atenção, e ela tornou-se uma jovem vaidosa. Conforme livros biográficos, foi nesse período que ela sofreu assédios e abusos sexuais de homens, inclusive do marido de Grace.

Quando podia, Gladys levava a filha a Hollywood para assistir longa-metragens de comédia. Marilyn Monroe adorava os filmes de Jean Harlow. Essa atriz tornou-se referência para Norma Jean, tanto no visual loiro platinado quanto na decisão de posteriormente tornar-se atriz.

Antes da fama, Marilyn Monroe trabalhou em uma fábrica do setor bélico que produzia drones durante a Segunda Guerra Mundial.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Relações amorosas de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe foi uma atriz muito cortejada e assediada pelos homens por causa da sua beleza estonteante. Ao longo da sua vida, teve diversos namorados e relacionamentos. No total, a atriz teve três casamentos.

Pouco antes de completar 16 anos, a atriz casou-se pela primeira vez. James Dougherty, jovem de 21 anos que morava em seu bairro, foi o escolhido. Estudos sinalizam que ela se casou por receio de ter que voltar ao orfanato. Eles se divorciaram quando Marilyn tinha 20 anos.

O jogador de beisebol Joe DiMaggio foi o segundo marido de Marilyn Monroe. Eles se casaram em 1953. O casamento durou menos de um ano, porque ela não suportou a possessividade e os ciúmes do marido.

Marilyn Monroe e seu segundo marido, o jogador Joe DiMaggio, em 1954.
Marilyn Monroe e seu segundo marido, o jogador Joe DiMaggio, em 1954.

O terceiro marido de Marilyn foi Arthur Miller, escritor e dramaturgo, com quem ficou de 1956 a 1961. Pesquisas apontam que esse foi o homem de quem a atriz mais gostou em sua vida. Nesse casamento, a atriz perdeu um bebê.

Rumores apontam que Marilyn Monroe foi amante do então presidente John F. Kennedy (JFK) e do irmão dele, Robert.

Ao longo de sua vida, a loira platinada envolveu-se com vários homens. Entre os mais famosos, destacam-se o ator Marlon Brando, o diretor de cinema Elia Kazan, o filho de Charles Chaplin e o ex-presidente dos EUA Ronald Reagan.

Marilyn Monroe não teve filhos. Estudos indicam que ela sofreu alguns abortos durante sua vida.

Leia também: Diana Spencer — a biografia da famosa Lady Di

Happy birthday, Mr. President

Um dos episódios mais marcantes da vida de Marilyn Monroe foi quando a atriz cantou Feliz Aniversário para o então presidente JFK no dia 19 de maio de 1962, em uma festa de gala que ocorreu no Madison Square Garden, em Nova York.

Quando Marilyn Monroe cantou “Happy Birthday, Mr. President”, ela usava um vestido justo coberto de strass. A música foi cantada de uma forma sensual e provocativa, aumentando os rumores de que ela estaria tendo um caso com ele.

Morte de Marilyn Monroe

Imagem de Marilyn Monroe em preto e branco no filme “Os homens preferem as loiras”, de 1953.
Marilyn Monroe no filme Os homens preferem as loiras, de 1953.

Marilyn Monroe tornou-se uma atriz reconhecida no final dos anos 1950 e no início da década de 60 nos Estados Unidos e transformou-se em um ícone de beleza. Muitos a admiravam, e os paparazzis a perseguiam com frequência. Essa falta de privacidade teve como consequência o surgimento de um quadro depressivo na atriz.

Pesquisas apontam que a estrela de Hollywood tinha medo de dormir, por isso usava tranquilizantes e soníferos. A atriz chegou a ser diagnosticada com transtorno de ansiedade e depressão e foi considerada viciada em remédios.

Marilyn Monroe foi encontrada morta no dia 5 de agosto de 1962, aos 36 anos, na sua cama, no quarto de sua mansão em Los Angeles. Como no chão encontravam-se embalagens de sedativos e calmantes, acreditou-se que ela morreu de overdose.

Até hoje, o motivo da morte de Marilyn Monroe é considerado um mistério. Enquanto alguns apontam que a atriz morreu, de fato, por overdose, outros acreditam que, na verdade, ela foi assassinada, uma vez que a polícia deixou o caso em aberto.

A morte de Marilyn Monroe gerou algumas teorias da conspiração. A principal delas indica que a atriz foi morta pelo serviço secreto dos EUA por ter tido o suposto relacionamento com JFK. Outra teoria destaca que a loira tinha simpatia pelo comunismo e que, por isso, foi assassinada.

O funeral da atriz foi amplamente divulgado pela mídia mundial. Marilyn Monroe está enterrada no Corredor das Memórias do cemitério Westwood Village Memorial Park, em Los Angeles.

Após a sua morte, Marilyn Monroe passou a ser considerada uma das maiores lendas do cinema, da cultura pop e, ainda, um grande ícone do século XX.

Obra de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe de corpo inteiro, usando um vestido vermelho, no filme “Torrentes da paixão”.
Marilyn Monroe no filme Torrentes da paixão, de 1953.

Aos 18 anos, quando ainda trabalhava em uma fábrica, Marilyn Monroe foi descoberta por um fotógrafo e tornou-se modelo. Passou a integrar a agência de modelos chamada Blue Book e foi capa de várias revistas.

Ao tornar-se modelo, estudos ressaltam que Marilyn se descobriu. Sentia-se feliz e passou a atrair os olhares dos homens ainda mais. Nos anos seguintes, a jovem começou a pintar os cabelos castanhos de loiro platinado e a usar roupas e acessórios que lembravam as pin-ups da época.

Já modelo de sucesso, a loira passou a ter aulas de dança, canto e atuação. Em 1946, teve seu primeiro contrato para atuar em filmes da 20th Century Fox, em Hollywood. Em 1948, assinou contrato com a Columbia.

Inicialmente, Marilyn ganhou papéis cômicos nos quais representava a mulher bonita e burra, que usava maiôs ou roupas sensuais. Mas, com o tempo, produtores de cinema passaram a reconhecer o talento da atriz.

Ao longo dos seus 12 anos de carreira, Marilyn Monroe ficou famosa pela sua participação em vários filmes de Hollywood. Nos seus últimos anos de vida, as produções das quais a atriz participava eram garantia de que atrairiam todo tipo de público.

Confira os principais filmes de Marilyn Monroe:

O segredo das joias – 1950;

A malvada – 1951;

Sempre jovem – 1951;

O inventor da mocidade – 1952;

Os homens preferem as loiras – 1953;

Como agarrar um milionário – 1953;

O pecado mora ao lado – 1955;

Nunca fui santa – 1956;

O príncipe encantado – 1957;

Quanto mais quente melhor – 1959.

Entre os prêmios que Marilyn Monroe recebeu, destaca-se o Globo de Ouro de melhor atriz, em 1960, pelo filme Quanto mais quente melhor. A atriz não chegou a ganhar uma estatueta da premiação Oscar, mas foi apresentadora da sua 23ª edição (Oscar 1951).

A beleza de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe séria com cabelos ondulados e blusa com gola rolê, em 1953.
Marilyn Monroe é considerada uma das mulheres mais belas de todos os tempos. [6]

Marilyn Monroe é considerada um dos maiores ícones de beleza de todos os tempos. Mais do que ser reconhecida como atriz, ela era lembrada pela sua sensualidade e glamour e por atrair a atenção de todos por onde passava.

Pesquisas apontam que, no final da década de 40, Marilyn fez uma cirurgia no nariz e nas maçãs do rosto, no entanto isso nunca foi comprovado. Também nesse período a loira mais conhecida de Hollywood passou a usar uma pinta no rosto.

Outras características físicas da atriz ficaram famosas, tais como sobrancelhas grossas e arqueadas, pele pálida e lábios pintados com batom vermelho brilhante.

Até hoje, Marilyn Monroe também é um ícone da moda por ser representante do New Look, estilo criado pelo estilista Christian Dior que valorizava silhuetas bem marcadas.

Leia também: Frida Kahlo — pintora mexicana que se tornou ícone feminino no mundo das artes

Vestidos icônicos de Marilyn Monroe

As roupas usadas pela atriz chamavam a atenção, mas dois vestidos ficaram mais famosos:

  • Vestido branco: Marilyn Monroe usou o vestido frente única branco esvoaçante no filme O pecado mora ao lado. A cena na qual ela está de pé sobre uma grade do metrô na Avenida Lexington, em Nova York, e o seu vestido se levanta é uma das mais famosas da história de Hollywood.

  • Vestido Happy Birthday Mr. President: o vestido em tons terrosos que Marilyn usou quando cantou parabéns ao presidente Kennedy também é um dos mais icônicos da moda. A peça foi feita sob medida para ficar bem ajustada ao corpo da atriz.

Filmes em homenagem a Marilyn Monroe

Marilyn Monroe com batom vermelho e colar usando vestido tomara que caia branco.
Marilyn Monroe, um ícone da história do cinema. [1]

O que Marilyn Monroe tinha de especial? O belo rosto, o corpo escultural e a sensualidade inata, apontam os diversos livros, filmes e documentários produzidos em homenagem à loira mais famosa do cinema mundial.

Mas a atriz não se resumiu à sua beleza ímpar. A sua vida, especialmente a amorosa, provoca muita curiosidade até hoje. Veja abaixo alguns filmes que homenageiam Marilyn Monroe:

A verdadeira história de Marilyn Monroe – 1996;

Sete dias com Marilyn – 2011;

Com amor, Marilyn – 2012;

A vida secreta de Marilyn Monroe – 2015;

Blonde – 2022;

O mistério de Marilyn Monroe – 2022.

Curiosidades sobre Marilyn Monroe

  • Marilyn Monroe posou nua para calendários em 1949. Ela afirmou ter feito isso apenas porque estava sem dinheiro.

  • Uma das fotos de Marilyn nua estampou a primeira edição da revista Playboy em 1953.

  • Um dos retratos mais famosos de Andy Warhol, pintor representante da pop art, é Marilyn Monroe sorrindo. A imagem é um ícone da cultura pop do século XX.

  • O cantor e compositor Elton John criou a música Candle in the wind em homenagem a Monroe.

  • Somewhere over the rainbow, do filme O mágico de Oz, era a música favorita de Marilyn.

  • Chanel número 5 era o perfume favorito de Marilyn.

  • Marilyn tinha o sonho de produzir um filme sobre Jean Harlow, a atriz loira a cujos filmes assistia com sua mãe quando era criança.

Créditos da imagem

[1] mundissima / Shutterstock

 

Por Silvia Tancredi
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Silvia Tancredi Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "Marilyn Monroe"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/marilyn-monroe.htm. Acesso em 17 de junho de 2024.

De estudante para estudante