Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Lua de Sangue

Curiosidades

O fenômeno da Lua de Sangue ocorre no eclipse total da Superlua.
Lua de Sangue
Lua de Sangue
PUBLICIDADE

O nome pode parecer assustador, mas a Lua de Sangue, ou Lua Sangrenta, é um dos fenômenos astronômicos mais belos que podemos observar a olho nu. Como a lua sangrando pode ser algo belo? Na verdade, Lua de Sangue é só um nome impactante que deram para o fenômeno em que a lua fica avermelhada. Portanto, fiquem tranquilos, a lua não sangra.

O fenômeno é raro e acontece em eclipses da Superlua. O eclipse lunar ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua estão em perfeito alinhamento, e o planeta fica no centro. Em relação ao Sol, a Lua é ocultada pela Terra, ou seja, os raios solares não chegam até o satélite, e a sombra do planeta é projetada na Lua, que “escurece”. Já a superlua ocorre quando o satélite está na sua fase cheia e no ponto mais próximo da Terra, conhecido como perigeu. 

A junção dos dois fenômenos, eclipse lunar e superlua, causa a Lua de Sangue. A cor avermelhada  deve-se a uma relação entre a proximidade da Lua com a atmosfera terrestre e os raios solares. O sol emite luzes de todas as cores, mas quando a Lua está próxima da Terra, apenas as cores de baixa frequência, como o vermelho, são refletidas da atmosfera terrestre para o nosso satélite natural, o que torna a Lua vermelha.

Veja tambémPor que a Lua não cai na Terra?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Quando presenciar

A superlua não é um fenômeno raro e acontece sempre que ela atinge sua fase cheia a menos de 24 horas do perigeu. Quando isso ocorre, vemos uma lua maior e mais brilhante, principalmente quando ela surge no horizonte. Segundo a Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA), as superluas acontecem, em média, uma vez por ano. No entanto, em 2015, o fenômeno ocorreu três vezes. 

A Lua de Sangue, por sua vez, é algo raro de se presenciar, pois depende de o eclipse total lunar ocorrer justamente no período de superlua.

Tanto a Superlua quanto a Lua de Sangue podem ser observadas de qualquer parte do planeta. A única restrição é em relação às nuvens. Se o tempo estiver nublado, dificilmente os fenômenos serão observados. Também não é preciso nenhum tipo de equipamento, mas a Lua fica ainda mais bonita se observada com luneta ou telescópio.

Veja também: Por que vemos a lua durante o dia?


Mitos

Ao longo da história, a Lua de Sangue foi acompanhada de diversos mitos. Algumas religiões acreditam que o acontecimento indica a chegada de um profeta, apocalipse, tragédias, guerras etc. Os astrônomos não acreditam nessas profecias e afirmam que as religiões sempre usaram fenômenos astronômicos para marcar a mudança de uma Era. Sendo presságio ou não, a verdade é que esses fenômenos sempre despertam nossa curiosidade.

Por Adriano Lesme
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LESME, Adriano. "Lua de Sangue"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/lua-sangue.htm. Acesso em 03 de agosto de 2021.

Artigos Relacionados
Você sabia que a cor dos objetos pode mudar dependendo do tipo de luz que os ilumina? Entenda a relação entre a frequência da luz e as cores.
Descubra o que é um eclipse solar, como e porque ele acontece, bem como os seus tipos principais.
Acesse o artigo e aprenda mais sobre os eclipses. Você sabe como eles ocorrem? Confira neste artigo o que são os eclipses e quais são as suas causas. Além disso, aprenda a diferenciar os eclipses solares dos eclipses lunares, totais ou parciais.
Clique aqui para conhecer como e por que ocorrem as fases da Lua. Veja qual é a posição da Lua em relação à Terra e ao Sol em cada fase.
Você conhece a Missão Kepler? Clique aqui para saber mais sobre a operação que tem por objetivo encontrar outros planetas onde possa haver vida.
A 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) está com inscrições abertas até 17 de março. O cadastro é gratuito e pode ser feito pelas próprias escolas (públicas ou particulares). Mostra Brasileira de Foguetes também conta
Você já parou para pensar por que a Lua não cai na Terra? A resposta está na Física! Clique aqui e veja!
Saiba o que foi o Programa Apollo e que importância ele teve no contexto da corrida espacial durante a Guerra Fria.
Clique aqui e entenda como ocorre o fenômeno da Superlua, que somente voltará a acontecer de forma igual em 2034.