Topo
pesquisar

Estrutura da população brasileira

Geografia do Brasil

A estrutura da população brasileira segue os rumos das atividades econômicas.
Renda, sexo e idade são parâmetros de caracterização da população brasileira.
Renda, sexo e idade são parâmetros de caracterização da população brasileira.
PUBLICIDADE

Estrutura por idade, sexo e renda

A estrutura por idade mostra o percentual de jovens, de adultos e idosos, e a estrutura por sexo remete à distribuição da população com percentual de homens e mulheres.

A estrutura da população é representada em forma de pirâmide, que é classificada em base larga da pirâmide, corpo afunilado da pirâmide e o ápice da pirâmide. A base larga da pirâmide corresponde ao número de jovens de um país, são considerados jovens os indivíduos com faixa etária entre 0 e 19 anos, representando aproximadamente 40% da população brasileira. O corpo afunilado da pirâmide corresponde às pessoas com faixa etária entre 20 e 59 anos, representando cerca de 51% da população. O ápice da pirâmide corresponde às pessoas com idade superior a 59 anos, correspondendo a 9% da população.

Nas últimas décadas, houve uma mudança na estrutura etária brasileira decorrente de fatores como queda das taxas de mortalidade e de natalidade, bem como elevação de expectativa de vida, provocando automaticamente um acréscimo no crescimento natural/vegetativo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A população brasileira está estruturada de acordo com os setores de atividades econômicas, ou seja, onde o brasileiro está ganhando seu sustento. Hoje, cerca de 50% das pessoas compõem o PEA (População economicamente ativa), que representa as pessoas que trabalham ou estão à procura de trabalho, e 32% formam a população inativa, pessoas que não estudam, não trabalham e não estão à procura, ou ainda não possuem idade compatível.

A população está dividida segundo seus rendimentos ou renda, nesse contexto, verifica-se um alto grau de desigualdade, provocada pela concentração da renda, própria de países capitalistas, que é caracterizada pela concentração de riqueza nas mãos de poucos, enquanto a maioria vive em condições extremamente excludentes.

A concentração da renda agrava as desigualdades sociais. No Brasil, a parcela da população considerada rica corresponde a 18 milhões de pessoas, enquanto isso como vive os outros 170 milhões de brasileiros?

 

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Estrutura da população brasileira"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/estrutura-populacao-brasileira.htm>. Acesso em 23 de outubro de 2018.

Lista de Exercícios
Questão 1

Pirâmide etária brasileira durante a década de 1980
Pirâmide etária brasileira durante a década de 1980

(Fonte: IBGE, Projeção da População. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/)

A forma da pirâmide etária acima apresentada indica que, na década de 1980, o Brasil

a) apresentava elevados índices de natalidade e mortalidade

b) era composto com uma população predominantemente adulta

c) estava em franco processo de explosão demográfica

d) obteve sucessão nas políticas sanitárias e de controle da mortalidade

e) sofria demasiadamente com os baixos índices de fertilidade

Questão 2

 “A população brasileira cresceu 0,9%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Neste ano, o Brasil tem 201,03 milhões, ou seja, 1,79 milhão a mais do que no ano passado (199,24 milhões).

O crescimento é menor do que o observado entre 2011 e 2012, que havia sido 0,93%. Segundo o pesquisador do IBGE Gabriel Borges, a tendência é que o ritmo de crescimento da população caia até 2042, ano em que a população brasileira para de crescer. “A população vai crescendo, cada vez menos, até 2042, quando começa a diminuir”, disse ele (...)”.

(ABDALA, V. População brasileira cresce 0,9% entre 2012 e 2013. Agência Brasil, 29-08-2013. Disponível em: http://memoria.ebc.com.br).

Uma possível consequência direta da progressiva diminuição do crescimento populacional do Brasil nos próximos anos é:

a) a redução do número de mortes

b) o envelhecimento populacional

c) a ampliação da população economicamente ativa

d) o controle das migrações internas

e) o fim do inchaço habitacional nas metrópoles

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola