Topo
pesquisar

Cavalo

Animais

O cavalo é um mamífero herbívoro não ruminante da família Equidae, mesma família em que encontramos os asnos, zebras e jumentos.
Os cavalos são animais pertencentes à família Equidae.
Os cavalos são animais pertencentes à família Equidae.
PUBLICIDADE

Os cavalos são animais mamíferos que estão agrupados na família Equidae, mesma família dos asnos e das zebras, e no gênero Equus, que também inclui os jumentos. São quadrúpedes herbívoros, ou seja, alimentam-se apenas de vegetal, e não são ruminantes. Em média, os equídeos, quando em liberdade, pastam cerca de dois terços do seu dia. Isso acontece porque eles possuem um estômago pequeno, portanto, alimentam-se aos poucos.

Os cavalos são animais que apresentam várias raças, sendo possível no Brasil encontrar várias delas. São exemplos de raças de cavalos: Crioulo, Mangalarga, Pantaneiro e Brasileiro de Hipismo. Essa última raça foi criada na década de 70 do cruzamento de raças que apresentavam melhor desempenho esportivo.

Em média, os cavalos possuem altura que varia entre 1,40 m e 1,70 m (até a cernelha). Assim, quando o animal apresenta uma altura menor que 1,46 m,é considerado um pônei. Um animal de 1,50 m apresenta um peso médio de 400 km. Vale salientar que o peso desses animais também é variado de acordo com a raça, sendo bem maior em raças musculosas, como é o caso da Quarto de Milha.

O pelo dos cavalos apresenta várias tonalidades, sendo possível observar as colorações castanha, avermelhada, negra e branca. Há ainda raças que apresentam manchas pelo corpo.

O tempo de gestação da égua, quando esta está prenha de um cavalo, dura de 335 a 345 dias, ou seja, cerca de 11 meses. Quando a égua está prenha de um jumento, o tempo é relativamente maior, durando a gestação cerca de 360 a 375 dias. A expectativa de vida do cavalo é de 25 a 30 anos.

Leia também: Cavalo-marinho

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Cavalo selvagem

O cavalo selvagem, conhecido como Cavalo de Przewalski (Equus ferus przewalskii), é menor que os cavalos domésticos, entretanto, possui uma cabeça um pouco maior. Suas crinas são curtas e eretas, sua cauda é longa, com pelos curtos na parte superior, e seus olhos, pequenos. É um animal agressivo que apresenta força e resistência. Essa espécie não é territorial.

Os cavalos selvagens atualmente correm perigo de extinção.
Os cavalos selvagens atualmente correm perigo de extinção.

O cavalo selvagem habita áreas de estepes e semidesertos e é encontrado, geralmente, em bandos, podendo ser visto também vivendo de maneira isolada. Atualmente, ele é classificado na União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) como em perigo de extinção (endangered). No passado, essa espécie já foi classificada como extinta na natureza.

Domesticação dos cavalos

Os cavalos são animais que apresentaram papel importante na história do ser humano, sendo sua domesticação um passo, sem dúvida, importante para a humanidade. Acredita-se que as primeiras domesticações de cavalos aconteceram na Ásia Central por volta do ano 3000 a. C. Vale destacar que há muita divergência quanto ao início da domesticação desses animais entre os autores especialistas no assunto.

É importante lembramos que, quando falamos em domesticação, referimo-nos a um processo que leva um ser vivo selvagem a viver sob o domínio do ser humano. No caso dos cavalos, estes passaram a servir, principalmente, como animais de tração e carga. Além disso, os cavalos também foram usados em batalhas e até mesmo na prática de esportes.

Leia também: Existem doenças que ocorrem tanto em homens quanto em outros animais?

Cavalos domésticos

Os cavalos domésticos (Equus ferus caballus) apresentam algumas características que os diferem dos cavalos selvagens. Entre as principais diferenças, estão o corpo mais delgado e membros mais altos. Além disso, a juba é maior e não é ereta. Nos cavalos selvagens, não se observa a crina longa caindo para a frente, entre as orelhas e a testa do animal.

Os cavalos domésticos são utilizados como animais de tração e carga.
Os cavalos domésticos são utilizados como animais de tração e carga.

Os cavalos domésticos são criados para as mais variadas funções e necessitam de uma série de cuidados. O confinamento de cavalos causa sérios problemas comportamentais nesses animais, sendo o tédio um dos principais motivos para o desenvolvimento desses distúrbios. Além disso, o estresse nesses animais pode ser consequência de alimentação inadequada, dor, espaço pequeno e falta de tranquilidade. Percebe-se, portanto, que criar um cavalo é uma tarefa que exige dedicação e também um grande investimento.

Burro, mula e bardoto

A égua é a fêmea do cavalo, entretanto, essa não se reproduz apenas com esse animal. A égua pode reproduzir-se com o jumento e, nesse caso, temos o nascimento do burro (macho) ou da mula (fêmea). O cavalo também não se reproduz apenas com a égua e pode reproduzir-se com a jumenta, dando origem nesse caso ao bardoto. Nos dois casos, observamos o cruzamento de espécies diferentes, portanto, os animais originados são estéreis.

Importância dos cavalos para o ser humano

O cavalo é um dos animais que mais ajudaram a humanidade em seu desenvolvimento. Esse animal apresentou e apresenta grande importância para os seres humanos. Veja, a seguir, algumas das atividades desempenhadas pelo cavalo que auxiliavam e auxiliam o ser humano no seu dia a dia:

  • Os cavalos são usados como animal de carga.

  • Os cavalos ajudam os seres humanos no manejo de gado.

  • Os cavalos eram usados para auxiliar a movimentação de mecanismos que ajudavam a moer grãos.

  • Os cavalos são usados para atividades esportivas, como salto, hipismo, rodeios e vaquejadas.

  • Os cavalos são usados para a produção de soros. O soro antiofídico, por exemplo, é feito extraindo-se o veneno de serpente e inoculando-o no cavalo. Após a produção de anticorpos, parte do sangue é retirada, e o plasma sanguíneo, processado. As hemácias são devolvidas ao corpo do cavalo.

Os cavalos são também usados para atividades esportivas.
Os cavalos são também usados para atividades esportivas.

Chegada dos cavalos ao Brasil

Os cavalos foram essenciais para o desenvolvimento econômico brasileiro. Eles chegaram ao nosso território no ano de 1549. Tomé de Souza (primeiro governador-geral do Brasil) foi o responsável por ordenar que animais viessem de Cabo Verde para a Bahia. Os cavalos então chegaram, juntamente com bovinos, na Caravela Galga.

Curiosidade: Acredita-se que os ancestrais dos cavalos datam de 55 milhões de anos atrás.
 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Cavalo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/cavalo.htm. Acesso em 19 de julho de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola