Topo
pesquisar

Ervilha

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

Utilizadas na famosa experiência de Mendel, na qual foram descobertas as leis da herança biológica, a ervilha é uma leguminosa de origem europeia, tendo sido bastante difundida, também, em algumas regiões da Ásia. As ervilhas são retiradas das vagens da espécie Pisum sativum, constituindo um ótimo alimento.

Em relação aos grãos, existem dois tipos. O grão liso, embora seja mais resistente e de fácil amadurecimento, é pequeno e pouco apreciado em relação ao grão rugoso, que possui um tamanho maior e um sabor mais doce.

A ervilha oferece muitos benefícios à saúde, variando conforme a espécie do grão. De uma forma geral, podemos afirmar que os grãos possuem sais minerais, como cálcio, fósforo, ferro, enxofre, potássio e cobre, elementos que são constituintes estruturais dos tecidos corpóreos e reguladores orgânicos que controlam os impulsos nervosos. A leguminosa também possui vitaminas A, importante para a visão e para a formação de ossos; vitaminas do complexo B, que desempenham um papel importante no metabolismo energético; e vitamina C, importante nos processos de cicatrização.

Nos últimos vinte anos, o Brasil reduziu a importação da ervilha de forma significativa (70%). Isso se deve ao esforço feito pela Embrapa no sentido de desenvolver espécies mais resistentes às doenças e mais proveitosas que as espécies importadas.

O período de safra da ervilha vai de junho a agosto. A leguminosa é utilizada na preparação de pratos, como sopas, saladas, carnes, tortas, etc. Em algumas regiões do mundo, os grãos são consumidos juntamente com as vagens.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA