Topo
pesquisar

A propaganda e a persuasão

Redação

PUBLICIDADE

Você já dever ter ouvido falar de persuasão, não é mesmo? Vamos relembrar o significado desse termo?

Persuasão vem do verbo persuadir: levar a crer ou a acreditar (Aurélio). Ou seja, é o ato de você tentar convencer o outro a acreditar em você.

A propaganda, como já deve ter percebido, tem por objetivo justamente o que foi exposto na definição acima: tentar convencer o público de alguma coisa.

Por isso, sempre quando vir ou ouvir um anúncio, lembre-se que os publicitários estão usando a linguagem persuasiva para conquistar você, seja através de palavras, de cores, de imagens, etc. E, principalmente, fazê-lo comprar mais e mais!

A fabricação de uma propaganda exige saber:

a) o produto: utilidade, características, qualidades, desvantagens e vantagens.

b) o público: qual é o público-alvo: jovens, adolescentes, adultos, crianças. É importante determiná-lo para saber o tipo de linguagem que deverá ser utilizada.

c) Objetivo: vender sempre é a principal meta. Contudo, pode ser apresentar algo novo, causar impacto, despertar a curiosidade, aumentar a venda ou audiência, etc.

d) Estilo: cores, tamanhos, tipos de objetos, tipo de letra, pano de fundo, etc.

Então, se o professor solicitar um trabalho sobre linguagem persuasiva com o uso da propaganda, já sabe, fique atento ao que foi exposto e bom trabalho!

Curiosidade: A propaganda também é chamada de “merchandising”, que tem origem na palavra inglesa merchandiser que significa “negociante”. Como se vê, até na origem, a propaganda é um tipo de negociação: eu te convenço e você compra.

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VILARINHO, Sabrina. "A propaganda e a persuasão "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/redacao/a-propaganda-persuasao.htm>. Acesso em 23 de julho de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA