Topo
pesquisar

Pré-História no Brasil

Geografia do Brasil

Em escavações na cidade mineira de São Leopoldo, foi encontrado um crânio de mulher, com aproximadamente 11 mil anos, que deu vestígios acerca da Pré-história no Brasil.
PUBLICIDADE

No Brasil, foi encontrado um dos mais importantes itens da arqueologia que ajudaram a compor a pré-história americana. Esse fato aconteceu no início da década de 70, mais precisamente, em 1974, em um sítio arqueológico denominado de Lapa Vermelha, localizado na cidade mineira de Pedro Leopoldo. A responsável pela escavação e pesquisa foi a equipe da arqueóloga Annete Laming-Emperaire. Nas escavações foi encontrado um crânio humano, logo foi comprovado que se tratava de uma pessoa do sexo feminino, chamada pela equipe de Luzia. Após análises do crânio, foi constatado que ela teria morrido há aproximadamente 11 mil anos.

O mais intrigante não era a idade do crânio, e sim sua origem, o Dr. Richard Neave, da Universidade inglesa de Manchester, desenvolveu um trabalho de reconstrução do crânio de Luzia e constatou uma enorme semelhança com os traços negroides.

Esse achado levou a verificar que o continente americano foi ocupado por quatro fluxos migratórios, desse modo, os três últimos eram compostos por populações de origem mongol com características genéticas comuns às tribos indígenas da atualidade.

Em suma, essa descoberta detectou evidências de que antes da ocorrência de fluxos de mongóis houve a migração de não mongóis, ou seja, homens com aspectos extremamente parecidos com os africanos e os aborígines da Austrália.

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo De. "Pré-História no Brasil "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/brasil/prehistoria-no-brasil.htm>. Acesso em 29 de julho de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA