Topo
pesquisar

Eutérios

Biologia

Mamíferos Eutérios, com maturação embrionária totalmente no interior da placenta
Mamíferos Eutérios, com maturação embrionária totalmente no interior da placenta
PUBLICIDADE

Os eutérios são seres vivíparos que pertencem à Subclasse Eutheria, um grupo que abrange cerca de 95% dos mamíferos em todo o planeta, reunindo os animais com desenvolvimento embrionário essencialmente na cavidade abdominal, alojados no interior do útero materno, com suporte aos anexos: placenta, saco vitelínico, âmnio, cavidade amniótica e cordão umbilical.

Durante a fase embrionária, o organismo gerado recebe os nutrientes e gás oxigênio para o seu completo desenvolvimento até o momento do nascimento.

Entre as principais Ordens dessa Subclasse, destacam-se as listadas abaixo:

Xenarthra (edentados) → Animais sem dentes ou com reduzido número e tamanho de dentes, porém com garras bem evidentes. Exemplo: Tamanduá, tatu e preguiça.

Lagomorpha (lagomorfos) → Animais portadores de dois pares de dentes incisivos inseridos na maxila, um com posição anterior (mais proeminente) e o outro situado lateralmente a esses (menos proeminente). Exemplo: Coelho e lebre.

Rodentia (roedores) → Animais que possuem dois pares de dentes incisivos inseridos um em cada maxila, crescendo continuamente e adaptados ao hábito de roer alimentos. Exemplo: Porco-espinho, capivara, rato, esquilo e cutia.

Carnívora (carnívoros) → Animais com dentes caninos bem desenvolvidos, típico de animais predadores, adaptados a perfurar e rasgar a carne de suas presas. Exemplo: Leão, hiena, morsa, cão e gato.

Insetívora (insetívoros) → Animais de pequeno porte, com focinho alongado e pontiagudo. Exemplo: Ouriço-cacheiro.

Quiróptera (quirópteros) → Animais voadores, com membros anteriores modificados em asas. Algumas espécies são insetívoras, frutíferas e outras hematófagas. Exemplo: morcegos.

Artiodactyla (artiodactílos) → Animais geralmente herbívoros, com número par de dedos (dois ou quatro) protegidos por casco. Exemplo: boi, porco, camelo e carneiro.

Cetácea (cetáceos) → Animais marinhos com membros anteriores modificados em nadadeiras e os posteriores ausentes. Exemplo: Baleia e golfinho.

Perissodactyla (perissodáctilos) → Animais geralmente herbívoros, com número impar de dedos (um ou três) e caminham sobre o casco. Exemplo: cavalo, zebra e rinoceronte.

Sirenia (sirênios) → Animais aquáticos com membros posteriores reduzidos e modificados em nadadeiras e cauda propulsora bem desenvolvida. Exemplo: peixe-boi.

Proboscídea (probocídeos) → Animais com narina e lábio superior fusionados em forma de tromba e dentes incisivos superiores com maior evidência. Exemplo: elefante.

Primates (primatas) → Animais com mãos e pés contendo cinco dedos distintos e adaptados para apreensão, postura ereta ou semiereta e cabeça formando ângulo reto com o pescoço. Exemplo: chipanzé, gorila, mico e o próprio homem.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. "Eutérios"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/euterios.htm>. Acesso em 15 de dezembro de 2017.

Questão 1

Os mamíferos são divididos em três subclasses, sendo uma delas a Eutheria, que é considerada por alguns autores como uma infraclasse. Os eutérios nascem em um estado já avançado de desenvolvimento e representam cerca de 95% de todos os mamíferos do planeta.

Entre as alternativas a seguir, marque a única que não representa um exemplo de eutério.

a) Gato.

b) Rato.

c) Baleia.

d) Porco-espinho.

e) Canguru.

Ver resposta
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA