Whatsapp

Nicotina

Química

A nicotina é um alcaloide do grupo orgânico das aminas. É encontrada nas folhas de tabaco e é a principal responsável pela dependência do fumo, além de causar prejuízos à saúde.
PUBLICIDADE

A nicotina é um composto orgânico do grupo dos alcaloides, que são aminas heterocíclicas, isto é, que possuem cadeias fechadas (ciclos), contendo um nitrogênio. Sua fórmula estrutural está representada a seguir:

Fórmula estrutural da nicotina

Por ser uma amina, a nicotina tem caráter básico e se apresenta (à temperatura ambiente e na sua forma pura) de um modo líquido oleaginoso e incolor. Porém, em contato com o ar, esse líquido se oxida, ficando pardo-escuro. É solúvel em água e muito solúvel em solventes orgânicos como o éter e o álcool.

Assim, como os demais alcaloides, a nicotina possui gosto amargo e é muito tóxica. Ela se encontra nas plantas de tabaco, a partir das quais se produz o fumo, em uma concentração que varia de 2% a 8%.

Plantação de tabaco

Ela é produzida na queima do cigarro e é a principal causadora da dependência que o fumante apresenta. Isso ocorre porque, ao se tragar o cigarro, a nicotina chega em cerca de 9 segundos ao cérebro e atua sobre o sistema nervoso central, causando uma sensação de bem-estar agradável. No entanto, essa sensação é passageira e quanto mais a pessoa fuma mais o organismo se adapta à droga e o vício aumenta, necessitando de mais doses de nicotina no organismo, ou seja, aumentando-se a quantidade de cigarros consumidos. É por isso que quando alguém tenta parar com o vício, suspendendo repentinamente o consumo de cigarros, ela costuma ter uma síndrome de abstinência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além disso, no momento do consumo, a nicotina também causa no sistema nervoso central uma ação estimulante e, como consequências, há o aumento da pressão arterial, da frequência dos batimentos cardíacos, da frequência respiratória e da atividade motora, além da redução do apetite.

Ao se tragar o cigarro, a nicotina é imediatamente distribuída pelos tecidos e é absorvida pelo pulmão. Em razão disso, são causados inúmeros prejuízos para o organismo, veja alguns:

Efeitos da nicotina sobre o organismo humano

A dose letal média de nicotina para um ser humano situa-se entre 40 mg a 60 mg, sendo que apenas um cigarro já contém cerca de 0,6 mg.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

A nicotina é um dos principais componentes do cigarro e é a grande causadora da dependência do fumo
A nicotina é um dos principais componentes do cigarro e é a grande causadora da dependência do fumo

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Nicotina"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/nicotina.htm. Acesso em 16 de maio de 2021.

Artigos Relacionados
Conheça os malefícios do tabagismo e a importância do Dia Nacional de Combate ao Fumo.
Saiba mais sobre este hormônio liberado em momentos de emoção.
Conheça os alcaloides, uma classe de compostos de aminas muito importantes, pois estão presentes no cotidiano, como é o caso da nicotina, cafeína, morfina e cocaína.
Conheça a composição química do alcatrão (um dos principais componentes do cigarro) e veja também os efeitos de sua absorção.
Aminas, classificação das aminas, propriedades das aminas, amina primária, compostos orgânicos nitrogenados, radicais alquila, dimetilamina, etilamina, trimetilamina, compostos extraídos de vegetais, putrescina, cadaverina, bases orgânicas, sínteses orgân
Cafeína, Anfetamina, Cocaína, Crack, aminas, aumento da atividade do sistema nervoso, redução de apetite, cafeína, intensa depressão, cloridrato, atividade motora, pó de guaraná.
Você sabia que uma seção média dos narguilés expõe o fumante a componentes tóxicos equivalentes a fumar 100 cigarros? Saiba mais sobre isso!
Como funciona o cigarro eletrônico, substâncias tóxicas, nicotina pura, cádmio, arsênio, Câmara de vaporização, diminuir o ato de fumar, cigarro sem tabaco, alternativa para quem quer parar de fumar.
Conheça a constituição química, as aplicações e a história da morfina, um dos medicamentos mais conhecidos no mundo.
Conheça a composição química, usos em tratamentos médicos e os efeitos colaterais do uso de esteroides anabolizantes para aumentar a massa muscular.