Topo
pesquisar

Aminas e Estimulantes

Química

A cafeína é uma amina estimulante
A cafeína é uma amina estimulante
PUBLICIDADE

As aminas são obtidas através da substituição de um ou mais hidrogênio da amônia (NH3) por demais grupos orgânicos. Elas possuem em sua fórmula geral o elemento Nitrogênio, e existem muitos estimulantes que são fórmulas genéricas de aminas, como por exemplo: Cafeína, Anfetamina, Cocaína e Crack.

• As Anfetaminas pertencem a essa classe de compostos, possuem a propriedade de elevar o ânimo de quem a ingere em virtude do aumento da atividade do sistema nervoso, e ainda proporciona uma diminuição da sensação de fadiga e redução de apetite. Devido a essas atribuições ela é usada como estimulante, mas seu uso é regulado, sendo vendidas apenas como prescrição médica, pois provoca dependência.

• Uma amina que possui a propriedade de ser estimulante muito usada em nosso dia a dia é a cafeína, presente no café, no pó de guaraná e ainda em alguns refrigerantes.

• Outra substância que apresenta o grupo amina em sua estrutura é a cocaína, essa droga provém do cloridrato e possui um grande poder estimulante, a substância é extraída de um arbusto mais facilmente encontrado nas encostas dos Andes. O estímulo provocado por seu uso é caracterizado por aumento da atividade motora, euforia, loquacidade seguida de intensa depressão. Assim seu uso vai ficando cada vez mais compulsivo, e evolui de uso ocasional para a dependência em doses crescentes, o que pode levar à morte por overdose.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

• A mistura de cloridrato com bicarbonato de sódio deu origem a uma droga mais barata que a cocaína: o crack. Essa mistura quando aquecida libera vapores de cocaína que são absorvidos rapidamente pelos pulmões, atingindo o cérebro em aproximadamente 15 segundos. Seu uso leva a conseqüências mais intensas do que no caso do cloridrato, chegando à recuperação nula segundo estudiosos, ou seja, é quase impossível um usuário de crack se recuperar.


Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Aminas e Estimulantes"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/quimica/aminas-estimulantes.htm>. Acesso em 16 de novembro de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola