Durabilidade de pilhas

Química

PUBLICIDADE

Pilha é uma definição para os geradores químicos de energia elétrica. Com relação à durabilidade de pilhas surge uma dúvida; o que as mantém em funcionamento e o que as faz parar de funcionar?

Com o passar do tempo as pilhas se esgotam e deixam de funcionar, por quê?

As pilhas são produto da diferença de potencial (ddp) mantida por um gerador que é movido pelo fluxo de elétrons de um circuito fechado. Após algum tempo a ddp apresenta um valor insuficiente para sustentar uma corrente elétrica e a pilha é considerada esgotada.

Surgem então as pilhas recarregáveis, onde as semirreações são reversíveis, ou seja, podem ocorrer em sentido oposto às que ocorrem na pilha em uso, desta forma ganham vida longa. Mas atenção, uma pilha só pode ser recarregada quando todas as suas semirreações forem reversíveis. A pilha não recarregável é descartável, nela só ocorre semirreação não reversível.

Mas se uma pilha não é recarregável e parou de funcionar, retire-a de dentro do aparelho para evitar os vazamentos. Estes são decorrentes do rompimento do invólucro de zinco no interior da pilha (polo negativo), o vazamento de uma corrosiva pasta ácida composta de MnO2 (dióxido de manganês) e NH4Cl (cloreto de amônio) danifica os aparelhos eletrônicos.

Evite o descarte de pilhas usadas em lixo comum, se este lixo for lançado na natureza vai ocasionar a contaminação do solo e lençóis d’água. Obedecendo a resolução 257 e 263 do CONAMA, você deve devolvê-las ao fabricante ou realizar o descarte em local apropriado: postos de recolhimento de pilhas de sua cidade.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja mais!
O que fazer com pilhas usadas? 
Pilhas alcalinas

Eletrólise - Físico-Química - Química - Brasil Escola

O que faz uma pilha ter vida longa?
O que faz uma pilha ter vida longa?

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Durabilidade de pilhas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/durabilidade-pilhas.htm. Acesso em 29 de outubro de 2020.