Genitive case

Inglês

PUBLICIDADE

Na língua inglesa, existe o genitive case para indicar uma relação de posse, familiar, de propósito ou mesmo de origem|1|. O genitive case equivale ao “de” em português, sendo representado na língua inglesa pelo uso do apóstrofo + s em substantivos comuns ou próprios que sejam animados. Normalmente, a relação estabelece-se entre pessoas e/ou coisas.

É muito comum que aprendizes de língua inglesa confundam-se com a estrutura da forma possessiva, por pensarem na lógica da língua portuguesa, cuja posse é expressa pela preposição “de”. Consequentemente, existe a tentativa de traduzir essa relação com a preposição of, que também tem o sentido de “de”. Entretanto, a preposição of possui um emprego diferente do apóstrofo + s. Devido aos possíveis equívocos que a forma possessiva pode gerar, exploraremos neste texto o genitive case e o uso do apóstrofo + s em inglês, diferenciando-o da preposição of.

O genitive case expressa posse em inglês.
O genitive case expressa posse em inglês.

Regras do uso do apóstrofo

Primeiramente, destaca-se que o genitive case indica uma relação de posse. Entretanto, nem sempre a presença de um apóstrofo + s será de fato indicativa dessa relação, pois essa mesma estrutura pode expressar o verbo be ou have contraído com o sujeito em frases afirmativas, demonstrando situações mais informais na língua inglesa.

I. She is = she’s
(ela é, ela está)

II. She has = she’s
(ela tem)

III. Martha’s 20 years old
Martha tem 20 anos (verb to be)

IV. Paul’s a bike
Paul tem uma bicicleta (verb to have)


Assim, os exemplos III e IV indicam que o apóstrofo + s é o verbo principal (be ou have) da oração. Na verdade, essa é uma boa maneira para identificar no contexto se o apóstrofo + s é um verbo ou o genitive case. Para isso, basta buscar na frase o verbo principal, pois o genitive case nunca ocupará essa posição.

Observe os seguintes exemplos:

I. Peter’s a beautiful house.
Peter tem uma casa bonita.

II. Peter’s house is beautiful.
A casa de Peter é bonita.

Veja que no exemplo I, o apóstrofo + s é o verbo principal da frase — verb to have. No exemplo II, o verbo principal é o verb to be, sendo o apóstrofo + s o genitive case. É fácil o reconhecimento porque no genitive case temos dois substantivos (Peter e house), uma vez que expressa a ideia de posse (de = casa de Peter).

Leia mais: Contracted forms: formas abreviadas em inglês

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Regras do uso do apóstrofo + s

Tendo em mente os possíveis usos do apóstrofo + s, exploraremos neste tópico apenas o uso relativo ao genitive case. De maneira mais ampla, podemos dizer que o genitive case expressa uma relação de posse. Não obstante, pode ser usado também para relação familiar, indicar origem ou propósito. Para isso, deve-se colocar o apóstrofo + s + substantivo animado (possuidor) + substantivo (coisa possuída, relação familiar etc.).

Observe nos seguintes exemplos essa estrutura:

I. Chimamanda’s books are great.
Os livros de Chimamanda são excelentes.

II. Isaac Newton’s laws have changed physics.
As leis de Isaac Newton mudaram a física.

III. You will find the women’s toilet on your right.
Você encontrará o banheiro das mulheres à sua direita.

IV. I’m waiting at the dentist’s.
Estou esperando no dentista.

Em alguns casos, podemos usar o apóstrofo + s sozinho, sobretudo quando indica a casa ou loja de alguém|2|, como no exemplo IV, em que ele não precede um outro substantivo (office = consultório).

É importante ressaltar também que o genitive case normalmente só acompanha substantivos animados (Laura’s hair, the cat’s tail, my sister’s car, his friend’s father etc.). No entanto, em alguns casos, pode-se usar o genitive case com substantivos inanimados, por exemplo:

Brazil’s forests or the forests of Brazil.
As florestas do Brasil.

Regras ortográficas do genitive case

A regra principal de ortografia do genitive case é acrescentar o apóstrofo + s logo após o substantivo que possui alguma coisa (possuidor). Quando temos um substantivo que termina em -s, podemos colocar o apóstrofo + s ou apenas o apóstrofo (exemplos I e II). Se duas pessoas compartilham uma mesma coisa (exemplo III), podemos colocar o apóstrofo + s depois da última pessoa, pois se colocamos nas duas, indicaremos que cada uma possui uma coisa (exemplo IV) e não que a compartilham. Veja os exemplos:

I. My friends’ books or my friends’s books.
Os livros dos meus amigos.

II. Monica is Ross’ sister or Monica is Ross’s sister.
Monica é a irmã de Ross.

III. Ross and Monica’s parents.
Os pais de Ross e Monica.

IV. Chandler’s and Monica’s parents came to their wedding.
Os pais de Chandler e os pais de Monica vieram para o casamento deles.

Veja mais: Possessive pronouns: pronomes responsáveis por expressar a ideia de posse

Diferença do genitive case e o uso do of (possessão)

Nos tópicos anteriores, vimos que a relação de posse com substantivos animados deve ser expressa com o uso do genitive case, salvo alguns casos. Para expressar a forma possessiva das coisas ou substantivos inanimados, é mais comum o uso da preposição of (exemplos I, II e III). Há uma exceção quando a coisa remete a alguma atividade humana, neste caso, usamos o genitive case (exemplo IV) ou of |2|. Observe os seguintes exemplos:

I. The roof of my house isn’t high enough.
O telhado da minha casa não é alto suficientemente.

II. Do you know the capital of Goiás?
Você conhece a capital de Goiás?

III. She didn’t like the end of the book.
Ela não gostou do final do livro.

IV. The offices of the building or the building’s offices.
Os escritórios do prédio.

Exercícios resolvidos

Questão 1 (2017 – Marinha/Colégio Naval)

Mark the INCORRECT option according to the genitive case.

A) The door’s car is open.          
B) The world’s population is increasing.          
C) I’m going to Grandma’s.       
D) Which are Fred's and Eric’s cars?     
E) This is my mother-in-law's house.

Solução

Alternativa A, porque temos um substantivo inanimado, logo, o mais adequado seria the door of the car.

Questão 2 (2016 – Aeronáutica)

Mark the option which shows the same meaning as in “a person’s body size or weight”.

A) A person and body size or weight.
B) The body size or weight of a person.
C) Body size and person’s weight.
D) The body’s size or weight of a person.

Solução

Alternativa B, porque também podemos usar a preposição of para indicar posse.

Questão 3 (2015 – Aeronáutica)

Mark the option which shows the same meaning as in “Americans' dependence on family”.

A) The family's dependence on Americans'.
B) The Americans family dependence.
C) The Americans dependence of family's.
D) The dependence of Americans on family.

Solução

Alternativa D, porque também podemos usar a preposição of para indicar posse.

Notas
|1|
MURPHY, R. Essential grammar in use. Martins Fontes: São Paulo, 2003.
|2| EASTWOOD, J. Oxford guide to English grammar. Oxford, 2002.


Por Dra. Patricia Veronica Moreira
Professora de Inglês

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MOREIRA, Patricia Veronica. "Genitive case"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/ingles/genitive-case.htm. Acesso em 26 de outubro de 2020.